The Following

0
8270

Desde o fim da última temporada do “Dexter” que me tenho sentido um pouco órfão de grandes séries. Resta-me o “The Walking Dead” — é o meu único vício — e tento acompanhar quase tudo o que vai saindo, só para ver se me prendem. Há algumas coisas muito boas — “Modern Family”, “Girls”, “Community”, “Shameless”, “Breaking Bad”, “Boardwalk Empire”, “It’s Always Sunny in Philadelphia”, “The Americans”, “Game of Thrones”, entre outras — mas nenhuma me prende, me faz querer chegar a casa e correr para a frente da televisão.

Há duas semanas, antes de ir para o Brasil, entusiasmei-me com um policial que tem qualquer coisa de “Dexter”, de “Hannibal Lecter” e de “The Killing”. Chama-se “The Following”, tem como protagonista o Kevin Bacon, e conta a história de um serial killer apaixonado pela obra de Edgar Allen Poe que, a partir da cadeia, controla uma seita de outros serial killers que o vêem como um herói e que estão dispostos a ser marionetas dele na execução de um grandioso e sangrento plano. Kevin Bacon é o detective que, em tempos, prendeu o serial killer, que, logo no primeiro episódio, escapa da cadeia. A personagem de Bacon, um polícia fora do activo com problemas de álcool e de socialização, é requisitado pelo FBI para tentar recapturar o assassino, já que ninguém como o detective responsável pela detenção o conhece tão bem. Quando ele é preso e a história parece ter terminado percebemos que só está a começar: a prisão do serial killer estava programada e era apenas o primeiro capítulo de um livro real que ele vai escrevendo, como se fosse uma versão actual — e ao mesmo tempo uma personagem — de uma obra de Poe.

Ao sétimo episódio continuo agarrado à série, a trama é evolutiva, vamos percebendo a dimensão e as ramificações da seita à medida que a história vai avançando, Kevin Bacon está excelente, a personagem do serial killer muito bem conseguida e a série tem tudo para se tornar num produto de culto. É só não se perder em situações inverosímeis ou demasiado vistas. Por agora, estão no bom caminho.

1 Comentário

  1. Como eu compreendo. Também fico a espera do próximo episódio, mas apenas por simpatia.
    Já me disseram para não olhar para os erros do FBI, mas começa a tornar-se impossível. O último episódio Claire está em custódia preventiva e os agentes do FBI nem usam colete a prova de bala, e o último agente vivo coloca-se atrás de uma porta de madeira perante dois homens a segurar 2 "Uzis".
    No cerco a casa quando Jacob sai na 1ª vez são lhe colocadas umas 8 "miras" e depois só entram 2, visto que os 2 que entraram pelas traseiras eram da seita e tinham morto 2 SWAT que estavam no lado este. Onde foram parar os outros ? E para não falar que não representaram o papel dos SWAT, pois se virem os documentários sobre estes esquadrões vão ver que não é fácil abate-los como a série nos quer mostrar. E tudo indica que vá continuar a ser igual, já que pretendem mais 15 episódios. Já nem consigo imaginar como vão tornar FBI, CIA e NSA mais burros..

  2. Órfão de séries como eu estava tinha de experimentar The Following. Apesar de ser uma série que me faz querer sempre ver o próximo episódio, e de eu em geral gostar bastante deste género, acho que é um excelente argumento desperdiçado com demasiadas cenas impossíveis, em que o FBI é demasiado estúpido e os seguidores fazem o que bem lhes apetece sem ninguém lhes pôr o dedo. A cena do cerco à casa foi a gota no copo de água. Spoilers: O miúdo escapa, ok, é apanhado por um casal de seniores simpáticos que sabem que ele está desaparecido e deixam-no ir de novo com a maria rapaz? E depois não se trancam em casa? A miúda raptada escapa da casa e em vez de se meter no meio do mato foge para o celeiro? As forças policiais, incluindo SWAT, fazem um cerco à casa e a maria rapaz consegue sair com o miúdo sem ser vista? E, logo a seguir, outra agente policial com lavagem cerebral ajuda-os a escapar e dá um tiro ao polícia, fazendo-o desmaiar, e ele sabe o caminho por onde eles fugiram? Isto é só um apanhado do último episódio, ainda fresquinho por o ter visto recentemente. Mas não deve ter havido um episódio em que eu não tenha feito meia dúzia de facepalms à conta de tanta estupidez. E não, eu não sou de implicar com estas coisas.

  3. Eu estou viciada na série, sempre a aguardar um novo episódio 🙂
    Nunca te vi aqui a falar do Shamless não gostas? O Inglês é muito bom o Americano divino.

  4. blá blá blá whiskas saquetas?!
    Caí aqui de pára-quedas e agora tenho água na boca, onde é que está o “the following”?
    Já vi a programação da fox crime e nada!!!
    Eu também era fanática pelo Dexter e pela descrição feita vou ficar agarradinha a este, se me fizerem o obséquio de dizer onde passa, please.
    Muito obrigada 😉

  5. também adoro shameless (embora me sinta sozinha nisso lol). the following também comecei a ver e tenho adorado. não sei como será a continuação, mas se continuar assim…excelente!

  6. A minha série preferida até agora foi Fringe, acabou há pouco tempo. É do mesmo realizador de Lost e acho que acontece mais ou menos a mesma coisa, perde interesse na 3ª temporada. No entanto, e enquanto Lost foi uma completa desilusão até ao fim, a partir da 4ª temporada os episódios voltam a prender. Eu adorei!
    Outras séries: Downton Abbey, Band of Brothers, The Big Bang Theory, Sons of Anarchy e Californication.
    Vou ver The Following, espero que me agrade.
    Beijinhos

  7. Inicialmente fez-me lembrar o prison break, pois ele faz um papel super parecido de um polícia que esteve anos a preseguir um serial killer e tinha vários problemas sociais e de alcool, mas continuando a ver esqueci-me completamente do prison break e deixou-me rendida. Hoje adormeci as 2 da manha pois n consegui parar de ver, tive que ver os 3 episodios que me faltavam seguidos 🙂

    BTW comecei a ver Arrow e gostei! Tens que exprimentar!

  8. Californication é um máximo!! é um bocado dificil de começar mas é de chorar a rir e já vai na sexta série. Quem conhece adora!

  9. Eu tb já vi o 7 episódio! Hj saiu o 8… Ta mto bem conseguida a serie… Espero k n comece a cansar… Experimenta ver a serie deception… Tb é policial e tb prende! Revenge n gostas? Scandal?

  10. Nao sei se quando fala do Shameless está a falar do ingles ou do americano. Se ainda nao conhece o shameless americano, aconselho-o a esperimentar, é simplesmente genial e com actores fantasticos. Acho q poderá deixa-lo viciado, a mim deixou-me. Cumps N.

  11. Experimenta ver House of Cards, a americana.

    Os dois primeiros episódios foram realizados pelo David Fincher e está qualquer coisa de genial.

    É daquelas séries completas: argumento, realização, interpretações, tudo em muito bom.

DEIXE UMA RESPOSTA