Teen weekend I (Arraial)

0
3254

Este está a ser o fim-de-semana mais próximo daqueles que vivia nos meus tempos de puto. Começou com festa na sexta à noite, continuou quase logo de seguida com uma corrida no sábado de manhã, teve direito a sesta e jogos de Playstation à tarde e continuou com festa de Verão e concertos pela noite dentro.

Cheguei a casa a cheirar a tabaco, cansado e com aquele cansaço que nem sono dá. Mas vamos lá por partes. Mas não vão ter assim tudo à bruta, só de uma vez. Vamos começar pelo Arraial.

Então, sexta-feira, depois de um dia interminável de trabalho, lá fui dar um saltinho ao Arraial da Time Out. Uma vez mais, encontraram um espaço fantástico (os jardins do Museu de Arte Antiga), o ambiente estava muito próximo daquilo que a revista é – cool, descontraído, divertido – e só não me diverti mais porque estava mesmo de rastos (tinha acordado às 7 da manhã para ir correr, para preparar a Corrida Pela Selecção) e à noite já quase não conseguia arrastar os pés.

Só foi pena não ter conseguido comer grande coisa. As sardinhas chegavam e voavam logo para os pratos dos muitos que estavam ali na primeira fila à espera e depois era mais uma série de tempo na esperança de que assassem mais. Desisti de todas as filas e só me safei mesmo com um hamburguer, bem saboroso, por sinal (ou então era fome).

A grande experiência da noite terá mesmo sido a minha tentativa (mais uma) de gostar de uma nova bebida alcoólica. Desta vez provei uma Somersby, qualquer coisa entra a cidra e a cerveja. Bebe-se, não é mau, mas tem aquele travozinho da cerveja que se instala ali na garganta e impede que a experiência seja mesmo agradável. Ainda não foi desta que me convenceram. Mas ao menos as pessoas que olhavam para mim com um copo na mão achavam que estava a beber cerveja e não tive de ouvir aquelas bocas do estilo “Coca-Cola? Faz-te homem, pá”.

Daqui a pouco um post sobre o resto do Weekend – a Corrida e o Rock in Rio.

Pronto, assim já tenho um ar de homenzinho (mas não, não é cerveja)

1 Comentário

  1. Acho realmente triste que ainda hoje haja estes preconceitos contra pessoas que não bebem bebidas alcoolicas!
    Eu posso beber uma sangria mt de vez em qd se me apetecer mas nunca fui nem sou de beber!
    Infelizmente já ouvi mts comentários acerca disso, mas penso que é bom não sermos todos iguais, é essa diferença que nos torna especiais!
    Fico mt feliz por haver pessoas como o arrumadinho a provar que se pode ser um homem urbano, moderno, actual e interessante sem ter de beber alcool!

  2. Tenho um irmão que vai fazer 31 anos e toda a sua vida ouviu e vai continuar a ouvir esses comentários da Coca-Cola. O rapaz não gosta de nenhuma bebida alcoólica, só bebe Coca-Cola ou Ice Tea 🙂
    Enfim, às pessoas que fazem esse tipo de comentários só temos de ignorar…

  3. 'Adoro arraiais! Pena que aqui pelo Norte não haja grande tradição…'

    Ahahahahahah este comentário fez-me rir! Deve ser de quem não sai de casa 😮

  4. Esta mania que as pessoas têm que só quem bebe cerveja e afins,é que faz neste caso os homens,machos é Mentalidade das Cavernas!! Ainda hoje ouvi que cada vez chegam mais jovens alcoolizados ás urgências,basta ver a queima das fitas etc:etc:! que tristeza! Felizmente que há Homens como o Arrumadinho,que passam ao lado.Parabéns!

  5. Ai essas unhas! O homem cá de casa também tem o péssimo hábito de as roer! Blerghhh!!! Como é que tipos com tão bom ar, tanta pinta e que ligam tanto à aparência roem as unhas?! Como?!?!

DEIXE UMA RESPOSTA