Sábado de Tartarugas, domingo à chuva com os Run4Fun

8
2296

Custou, mas foi. Teve mesmo de ser.

Este fim-de-semana voltei às corridas, após uma longa ausência, e tive logo duas experiências diferentes, mas ambas muito boas.

Sábado, tal como tinha escrito, fui treinar com o grupo das Tartarugas Solidárias, logo às 8h45, em Monsanto.

Cheguei cedo e já havia por lá algumas tartarugas, com as suas T-shirts azuis. Logo ali, qual soldado feito cavaleiro, deram-me o estatuto de “Tartaruga Honorária”. Ofereceram-me a T-shirt e explicaram-me como iria ser o treino: à volta de 10 km, ritmo ligeiro, quase sempre por trilhos, poucas subidas, pouca lama. Pareceu-me tudo mais ou menos bem, tendo em conta que não treinava há três meses. A parte que me soou melhor foi a do “ninguém fica para trás”.

À partida, éramos uns 20. Liderados pelo Alberto, o guia de serviço, lá entrámos pelo meio da mata de Monsanto. É incrível como é possível correr-se por ali dezenas de dias e descobrir-se sempre trilhos novos. Passámos por paisagens incríveis, fomos até ao Heliporto, mas, claro, apanhámos imensas subidas, alguma lama e muita água. A parte boa foi que nunca choveu.

No final, foram quase 12 quilómetros a um ritmo baixo e soube-me muito bem ter conseguido chegar ao fim sem queixas e sem ter ficado para trás. Quando chegámos aos carros, a Tartaruga Marco Borges ainda nos ofereceu a todos águas e maçãs.

Agora que sou Tartaruga Honorária, garanto que aparecerei sempre que puder porque treinar em grupo é sempre muito mais animado e motivador do que andar sozinho. Quem se quiser juntar, é passar por aqui a saber informações.

Hoje, domingo, às 9h da manhã já estava na zona norte do Parque das Nações para conhecer mais um grupo de corrida e fazer mais um treino acompanhado. Desta vez fui ter com os Run4Fun, conhecidos pelas suas T-shirts laranjas que inundam as provas na zona de Lisboa. Mas este treino teve uma particularidade: chovia a potes. Mas não era aquela chuvinha incómoda, ligeira, não, era mesmo daquela gorda que nos deixa ensopados ao fim de 10 segundos. Fui recebido com grande simpatia pelo Manuel Romano, com quem fui a falar durante os primeiros quilómetros. Explicou-me que os Run4Fun têm vários núcleos e que é possível ir treinar com cada um deles, consoante a nossa disponibilidade. Aqui, o grupo ficou partido relativamente cedo, porque os ritmos e objectivos de cada um eram diferentes. Eu acompanhei-os até final da zona sul, depois deixei-os ir até ao Terreiro do Paço e voltei para a zona Norte. Fiz 8 km, sempre debaixo de chuva fortíssima, mas gostei de ver que mesmo com aquelas condições climatéricas havia centenas de pessoas a correr na Expo. Sinceramente, eu sou dos que preferem correr à chuva e ao frio do que com calor excessivo.

Agora, já estou a ver os sites das Tartarugas e dos Run4Fun para ver se oriento a minha semana de treinos.

8 Comentários

  1. Como percebe da coisa, Euzinha ando a pensar comprar uns ténis para me iniciar na corrida- será mais caminhada, mas com a possibilidade de correr, assim que o corpo aguente- quais os que me recomenda?

    Desculpa lá abusar assim do blog…

DEIXE UMA RESPOSTA