Rui Pedro

8
4364

O caso do desaparecimento do Rui Pedro sempre mexeu muito comigo.

A forma como a mãe, Filomena, tem resistido a este drama, como se tem tentado manter de pé, impressiona-me imenso.

Hoje, o Rui Pedro faria 27 anos.

Ana Padrão, Paulo Pires e a própria Filomena protagonizam um vídeo que não deixa ninguém indiferente, sobretudo quem tem filhos.

8 Comentários

  1. Não, não é. Se assim fosse já estava preso dada a sentença, mas essa sentença ainda não transitou em julgado. Enquanto não transitar… nunca se sabe o que vai acontecer…

  2. Acho que não se consegue imaginar a dor desta mãe. Ninguém consegue imaginar a dor sequer. Acho mesmo que deve ser pior que a morte de um filho, porque a dúvida corroi por dentro. Contudo também acho que este é o caso mais mediatico, que continua a correr tinta enquanto tantos outros nem o nome sabemos e no entanto as “outras” mãe partilham essa dor e não têm ajudas, nem de divulgação como esta teve. Também acho lamentavel a dor desta mãe, principalmente no sentido que me dá a crer que negligenciou o crescimento de uma outra filha com a “obsessao” de encontrar outro filho!

  3. Parte o coração a dor desta mãe. Nem consigo sequer imaginar o inferno que tem sido a vida dela e a da família. Muita força Filomena!

  4. Sou da mesma terra dele. Andei na mesma escola que ele, apesar de uns anos mais velha… ainda hoje é dificil passar pela D. Filomena e olhar para aqueles olhinhos…

    Quis o destino que conhecesse também, agora, o filho do principal suspeito (e o próprio) e quando olho para aquele miudo, penso que também é, ele próprio uma vitima. O que vai ser dele se o pai for preso? Como lida aquela criança (hoje com 11/12 anos) com tudo isto?

    Não tenho palavras…

  5. Várias pessoas têm divulgado este vídeo hoje e, apesar de saber ao que vou, é sempre assustador cruzar-me com algo sobre este tema sensível. É impossível, apesar de nunca lá chegar, tentar perceber o que passa pela cabeça desta mãe que tem lutado como sendo a mulher mais forte do mundo. Não imagino maior dor do que um pai não saber nada sobre um filho e ter de viver num mar de dúvidas.

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

DEIXE UMA RESPOSTA