Pronto, o post por que tanto esperavam

0
3522

Ontem lá fomos a Alvalade. Mas a minha aventura começou antes.

Como trabalho em frente ao Estádio da Luz, optei por ir a pé até Alvalade. Não é longe, 15 minutos, no máximo, está-se lá. Meti-me por uns caminhos esquisitos, mas lá fui ter a Telheiras. Cruzei-me com um amigo que já não via há um ano (lá ia ele, num carro, vestido à Sporting) e lá cheguei ao recinto do estádio, onde estava uma multidão parada, com um cordão policial à frente. Ninguém passava. Ainda havia elementos da claque do Benfica a circular por ali e a polícia resolveu isolar os sportinguistas, para não haver misturas. Um agente lá me disse que só podia deixar passar benfiquistas. Meio a medo, comecei a furar pela multidão e cheguei-me à frente. Lá disse, baixinho, ao polícia:

– Eu sou do Benfica. Posso passar?
– Então prove que é do Benfica…

Lá abri a carteira para sacar o cartão de sócio mas não o tinha comigo. Tirei-o da carteira quando fui para o Brasil e não voltei a utilizá-lo.

– Olhe, eu esqueci-me do cartão, mas acha que se eu não fosse benfiquista ia estar aqui a dizer que o era, no meio destes sportinguistas todos?

O polícia riu-se, chamou um colega e o outro agente lá me acompanhou até à outra ponta, onde estava a minha mulher à minha espera. Fomos até ao camarote, eu cheio de esperança e confiança, como sempre, ela já a prever um novo 7-1 (se o jogo fosse na Luz contra o Recreio de Águeda ela também estaria à espera de uma derrota do Benfica).

Quanto ao jogo, acho que começámos bem, agressivos e a sair rápido para o contra-ataque. Mas o Sporting equilibrou bem a equipa e só abanou mesmo nesses primeiros 10 minutos. O resto do jogo foi deles. Defenderam muito bem (o Elias fez um jogão), foram agressivos a pressionar, jogaram bem no contra-ataque e só não marcaram mais três ou quatro porque o Artur foi enorme.

Perdemos bem, o resultado mais justo até teria sido um 2-0 ou 3-0, o Jesus teve a 32ª ou 33ª prova de que o Emerson é dos piores jogadores que já passaram pelo Benfica (e já estamos naquela fase em que a teimosia pode custar mesmo o lugar ao Jesus, tão escandalosa ela é – estilo Roberto, no ano passado). Se o Benfica quer ser campeão não pode jogar a medo em Alvalade. Tem de assumir o jogo, ser inteligente, fazer mais e melhor do que fez. Ainda assim, o campeonato não está entregue. Depende é cada vez menos de nós. Acredito que se o FC Porto cair na Madeira tudo volta a estar aberto. Quanto ao Sporting, parabéns pela vitória, que lhe garante 2 pontos de vantagem em relação ao Marítimo na luta pela fuga ao 5.º lugar.

Ser benfiquista a sério também é isto: acreditar, sempre.

Força Benfica.

1 Comentário

  1. Assim que vi o titulo do post pensei: La vem mais texto faccioso…mas n!

    Gostei da honestidade e sobriedade com que analisaste o jogo de 2a-feira!

    Deves ser o primeiro benfiquista que ouço a dizer que perderam bem…tudo bem que aquele lance do 1o minuto era penalti…mas n foi marcado…

    O jesus e outros benfiquistas diziam: e "se" fosse marcado nos isto e aquilo, e "se" arbitro n apitasse penalti do luisao sobre o Ricky…
    "Se" a minha avo tivesse "tomates", era meu avo…

    Com esta me despeço.

    Grato pela atençao.

    Com os melhores cumprimentos,

    Leitor atento

  2. arrumadinho confesso que estava com receio deste post tendo em conta os comentários dos benfiquistas em resumos televisivos e afins após o jogo…

    saudações leoninas

  3. Eu já não acredito em Jesus! É demasiado teimoso e orgulhoso nas borradas que faz.

    Um benfiquista a sério tb se preocupa com o futuro do clube, para mim começava já a procurar um novo treinador.

    Viva o Benfica.

  4. Benfiquista que se preze, tem de sofrer até ao fim. Eu também ainda acredito. Até porque o Porto tem de ir à Madeira e também tem de jogar contra o Sporting. Mas se o Benfica faz 4 jogos como o de ontem não há cá milagre que nos salve!

  5. Não sendo o espaço mais indicado, mas como benfiquista sempre presente que sou, incluíndo ontem, no meio dos adeptos (e não claque), devo dizer que não acredito. Mais, se por milagre, que não de Jesus, fossemos campeões, nem sei se teria "pica" para festejar.

    Esta época e a anterior são absolutamente vergonhosas para o nosso Clube.

    Com esta Direcção e este treinador, nunca vamos lá. Aparece um título aqui e ali, mas não mais voltaremos a ser Benfica. Isto é o benfiquinha. Não me revejo.

    E resta dizer que, já depois do jogo, alguns adeptos atearam fogo na bancada. Insurgi-me, gritei, insultei, disse que éramos diferentes, que não é assim que se resolvem as coisas, que era uma vergonha. Outros se juntaram ao protesto e a coisa terminou logo, com a intervenção rápida dos bombeiros.

    Mas não deixei de ser insultado por uns 3 selvagens que disseram "deves preferir que seja o nosso estádio a arder".

    E pronto, nestas alturas penso se vale a pena continuar. Mas continuo.

  6. Olá Ricardo!
    Gosto mesmo muito do seu blog e da forma como escreve!
    E Benfica claro…hoje e sempre!Custa me a compreender muito sinceramente a felicidade absoluta, quase idiota, do Sporting ao ganhar apenas mais um jogo!
    Sandra

  7. Eu Acredito mas com o Jesus e o Emerson já não acredito em nada. Com O Cap no banco e ele nao faz nada?
    Ja la vai o tempo de mudar
    faz uma visita ao meu cantinho de charme. Adoro o teu blog

  8. Eu estava ao lado do Ricardo também a tentar passar para o outro lado e confirmo este episódio pré-jogo e vi o seu certo receio em afirmar o seu Benfiquismo, tentei até desmistificar dizendo-lhe que nós benfiquistas não devemos ter qualquer tipo de receio (mas sim, os lagartos eram muitos..demasiados..). No entanto, enverguei com muito orgulho o meu cachecol encarnado antes e mesmo no fim do jogo.
    Quanto a acreditar até ao fim, pode ser que o "Pintinho Piu" 🙂 Mas, julgo que o campeonato está entregue!

    Vera

  9. Eu estava ao seu lado a tentar passar para o outro lado também e assisti quando o Ricardo disse que era do Benfica (a medo). Até lhe disse que nós Benfiquistas temos que mostrar quem somos sem receio, eu própria enverguei com muito orgulho antes e depois do jogo o meu cachecol encarnado. Quanto a acreditar….pode ser que o Pintinho piu 🙂

    Vera

  10. Apesar de termos sido prejudicados pela arbitragem, por aquilo que (não) fizemos o resultado foi justo. Não demonstrámos atitude e estivemos a anos luz do jogo que fizemos contra o Chelsea. Um clube como o Benfica que quer ser campeão, não pode perder uma vantagem que chegámos a ter de 5 pontos, assim tão facilmente… E o treinador já deu o que tinha a dar (no primeiro ano apenas). Precisamos de um líder que não permita deixar acontecer o que aconteceu esta época.
    Benfica, sempre! 🙂

  11. Um gajo acreditar, até acredita… Mas já só acredito um bocadinho assim pequenino!

    PS: Ontem vi um atropelamento e fuga perto da 2ª circular por volta das 20h16m e não vi ninguem fazer nada!!!

  12. Grande aventura para chegar ao estádio.
    Só uma correção: Não é Recreativo, é Recreio Desportivo de Águeda. E sim, já recebemos o Benfica em 1984 e perdemos (4-1). Apesar da derrota, foi um dia histórico para Águeda (diz o meu pai).

    Em relação ao benfica, eu também acredito.

  13. É mesmo isso: ser do Benfica é acreditar até ao fim! Eu acredito hoje, amanhã e sempre!
    E, para mim, ser um verdadeiro adepto é isto mesmo: saber criticar quando é preciso sem andar aos gritos que nem animais enjaulados e à pedrada a tudo o que mexe!

    Maura

  14. é verdade essa ultima parte… acreditar até ao fim, foi assim ontem apesar do jogo que foi… e será sempre, acreditar até ao fim.
    Força SLB!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA