Pardais, bocas e felicidade

0
3232

Ontem à noite houve jantarada com os colegas da revista. Comeram-se passarinhos fritos (eram mesmo pardais, e estavam deliciosos) e depois foram-se beber copos ali para a zona dos três novos espaços do Cais do Sodré, a Pensão Amor, que abriu ontem, A Velha Senhora e o Povo.

10 frases a reter de uma noite de muitas gargalhadas e algumas revelações.

1. “O tubarão tem tomatinhos?”
2. “Não gosto de ir à vindima. Tens de andar toda torta”
3. “Tenho uma boca suja”. “Tens é uma boca podre”
4. “As calças do pijama do meu avô começaram a arder”.
5. “Este gajo é uma seca, está sempre feliz”.
6. “Ele nem vai dar por ela” (frase dita por N.V. enquanto enfiava um dedo pela mousse de chocolate adentro de M.A., que tinha ido fumar um cigarro)
7. “As putas estão mais activas entre as 21h30 e as 22h”
8. “Eu conheço bem aquilo (as putas do técnico)”.
9. “A Lola morreu num contentor em Loures”
10. “Eu sou profundamente infeliz”.

Outras ideias soltas:

– Fui eleito como a pessoa mais feliz da revista. Mas isso também me valeu o rótulo de “o mais secante”, porque tudo me corre bem na vida, logo, não tenho grandes dramas nem problemas existenciais para partilhar.
– O M.A. diz que os grandes momentos de alegria que tem na vida são aqueles em que o Benfica marca um golo.
– O A.G., que é de ascendência polaca, vem do Barreiro, onde nasceu, mas afinal é de Portimão (e não tem pronuncia, logo, não diz “ox mêx amigues”).
– A N.V. descobriu que gosta de comer pardais.

1 Comentário

  1. ahahaha
    ja n me lembrava de me rir sozinha a ler um post 😀
    obrigada, estava a precisar!
    e ainda deu pra me lembrar mt deste verão onde estive imenso c uns amigos em que, sem nos darmos conta, não paramos de dizer calinadas…
    ahahaha

  2. Parto-me a rir com as histórias das putas do Técnico, sejam lá elas quais forem (as histórias, entenda-se).

    No Solar do Cadete existem uns bifinhos na grelha de comer e chorar por mais. E depois dali para o Irish para deitar abaixo umas pints é só rebolar uns metros.

  3. Muito bom…os serão com os colegas de trabalho são assim do melhor que há…
    Os serão aqui do pessoal é recheado de tesourinhos(pertencemos a uma empresa de construção civil…acho que não é preciso dizer mais nada…)e passamos o tempo a ouvir a homenzarrada a contar os ultimos piropos do mais usados na arte da construção civil, são do genero: " O teu pai deve ser dono de um talho…és cá uma fevra!" ou " Pareces um extintor…já me apagavas o fogo!"…espetacular!!!

  4. Loool! O que parecia apenas uma merda descrição de um jantar de luxo acabou por me convidar para essa reunião que me fez rir…muito! x) Adorei o registo! :DD Bom fim-de-semana, quero mais histórias destas, faxabôr!

  5. Não resisto a comentar o seguinte: mesmo na brincadeira e entre amigos, é constrangedor falar-se de graus de felicidade, como que medidores da felicidade alheia, quem é o mais ou menos feliz.

DEIXE UMA RESPOSTA