Os homens, os compromissos, as desculpas de sempre

45
14106

Um dos muitos mails que recebi há dias de uma leitora contava a história de uma paixão daquelas fortes, imediatas, e de uma relação que subiu aos céus à segunda-feira e que na terça terminou. Afinal, ele gostava muito dela, tinha adorado os momentos a dois, mas não tinha vida para ter uma relação, porque trabalhava muito, o tempo era nenhum e, por isso, preferia estar sozinho. Ela estranhou, lutou, e acabou por descobrir (pelo Facebook, o melhor detective dos dias de hoje) que ele, afinal, tinha, sim, outra pessoa, uma namorada. Ela ficou de rastos, nunca mais lhe ligou, mas vive dominada pela raiva e pela dor de o ver ao longe, com outra pessoa.

Este é um daqueles casos em que me dá vontade de bater na pessoa. Não é nela, coitada, que não me fez mal nenhum. É na Mulher, em geral, que cai neste tipo de esparrela. A sério que vocês acreditam mesmo que um homem não quer viver uma grande paixão, unir-se a uma pessoa de quem gosta verdadeiramente, porque tem pouco tempo? Mas que sentido é que isso faz?

A falta de tempo para a relação é a segunda desculpa mais velha do mundo dos homens (depois do “o problema não és tu, sou eu”). Mas pelos vistos a emoção de se estar a viver algo de intenso continua a tolher o discernimento de muita gente.

Os homens, principalmente quando são solteiros, gostam de galdeirice, de viver coisas novas, diferentes, mas também gostam de ter uma pessoa que lhes dê o outro lado, a calma, a estabilidade, o amor garantido, gostam de ter uns braços para onde correr nos dias menos bons, de ter alguém com quem gostam verdadeiramente de estar. E querem ter essa pessoa, com ou sem tempo. O que acontece é que muitos não se contentam em ter essa pessoa, e gostam de andar por aí à caça de emoções que não têm (ou já não têm na relação).

Provavelmente, o que este rapaz quis dizer a esta rapariga foi que não estava preparado para compromissos, que não queria uma relação estável, porque não tinha condições de a fazer feliz. O que ela lhe deveria ter respondido era: “Hã, hã”. Por isso, quando ouvirem da boca de um homem este tipo de frases já sabem que o mais provável é:

1. Foram uma aventura porreira para sexo, mas ele não vos achou assim tanta graça, por isso prefere ir bater a outras portas;
2. Ele tem outra pessoa, e vocês foram apenas um caso. Quando ele viu que vocês começavam a ficar apaixonadas pôs-se a andar de mansinho, para não correr o risco de ter uma louca a fazer-lhe a vida no inferno.

45 Comentários

  1. Eu muito sinceramente, não vejo estas situações faz tempo, ou seja, mais de 7 anos que não tenho sorte nenhuma, aparece sempre alguém pelo meio para estragar tudo, e quando digo tudo, é no sentido de nos estragar a relação, isto é, mais de uma vez ou diria umas 10 ou 12 vezes para ai.

    Sou homem solteiro muito honesto, educado e responsável, mas quando encontro alguém especial tipo aquela pessoa com quem pensamos passar o resto da vida, mas nestas situações as mulheres tem tendência para cair na lábia dos cretinos e mais tarde voltam com pena e remorsos, só que acontece que por vezes já estragaram a sua vida ou relação, ou casaram e tiveram filhos e divórcio, depois aparecem do nada para me estragarem a vida e quando já tinha conseguido superar e partir para outra, volta a acontecer o mesmo sempre a mesma história, às vezes penso que as mulheres são muito burras ou infantis para cair na cantada de qualquer um, desculpem o termo, mas é assim mesmo, já foram várias as vezes que fui rejeitado, após aparecer mais um cretino pelo meio, aparece de tudo, o agressivo, o falso, o mandão, o ilusionista, o mal educado e o porco, até posso contar que uma das mulheres por quem eu estava a ficar apaixonado, decidiu fazer-me cenas de ciúmes com o amigo dela, o resultado foi catastrófico, eu não gostei nada e como comecei a ver outras cenas, deixei rolar e o resultado foi, o amigo agressivo para com ela, ao passo de a obrigar a estar com ele para se afastar de mim, tipo deixar de a ver nos mesmos locais que partilhávamos juntos, até ao ponto de apagar meu número de tlm e de cortar relações comigo.

    Agora grande parte da culpa é das mulheres também, não digo que sejam todas, mas a maioria já passou por esta situação ou ainda vai passar, é a pura realidade, a experiência de vida fez-me ver coisas que muitas mulheres desconhecem, eu até já consigo ver ao longe o perigo de uma futura relação, acho que é uma coisa sobrenatural que não consigo explicar, ou seja, uma coisa nata que já nasceu comigo, sei observar certos comportamentos e atitudes sem nunca estudar qualquer coisa sobre o assunto, a linguagem corporal da pessoa, os gestos, a forma de se vestir, a alimentação, os amigos, o ambiente que a rodeia e tudo o que se possa observar, diz-me sempre algo a respeito de uma pessoa, é como se estivesse alguém a dizer-me ao ouvido, e a minha intuição raramente falha.

    Desculpem as mulheres mas é a realidade, aparece aquela a tentar seduzir uma pessoa, mal sabe que já está a ser observada em relação ao seu comportamento, depois como não acontece nada, assim logo de repente, partem para a ignorância sem saberem, e pioram as coisas, em vez de serem naturais e genuínas quanto ao seu comportamento, falham como á notas de cem euros, outras não nos ligam só porque conduzimos um Mini 1000, mas de repente aparecemos de Mercedes ou BMW e ai volta a ignorância e a soberba de muitas mulheres que só pensam nelas, depois existem aquelas que nada querem, as solteiras as futuras tias, porque pensam que os homens são todos iguais e que não vale a pena o sacrifício de uma relação a dois, depois as derretidas e apaixonadas não correspondidas, que fazem tudo e mais alguma coisa para agradar, chegando ao ponto de perseguição e posse, a possessiva que não aceita ser rejeitada, depois a dupla personalidade e agressiva, a falsa e mal educada, apesar de em certos momentos ou dias ser muito meiga e educada, depois temos a intelectual e convencida, com uma enorme chaminé ao fumar um cigarro de 5 em 5minutos ao ponto de ficar stressada e nervosa se não fuma, podia contar muito mais, mas começa a ficar muito extenso.

  2. Pois é ha dois anos atras qdo li este post fez sentido mas n quis acreditar.. Anos mais tarde recordo-me como li várias vezes este texto e pensei: pois é os homens são uns cobardes e vai na volta sou mais uma otária q acredita.. E não é que tinha razão? Pq n dizem logo que não gostam e nos deixam ir a nossa vida? Porque nos pisam a mostrarem-se felizes com a outra? A nós dói e não é pouco.. A vcs homens deve dar um grande prazer!

  3. Este post veio a calhar. Eu tive a "sorte" de descobrir que ele tem namorada antes de investir nele. Dava-me conversa e todo sorrisos. Pensei que tinha luz verde para avançar. Mas felizmente descobri a tempo! Não percebo o que vai na cabeça destes homens. No meio de 7 biliões de pessoas gostava de encontrar a minha "cara-metade" mas assim é complicado.

  4. "A maior cobardia de um homem é despertar o amor de uma mulher sem ter a intenção de ama-la" Bob Marley

    Para mim, a frase deste grande senhor diz tudo!

    Parabéns pelo blog 😉

  5. Adorei, Mas continuo a achar que há realmente uma boa solução, atirar todos esses especimes para uma ilha onde devido a fome acabem por se comerem uns aos outros.

  6. No que respeita à parte de " A sério que vocês acreditam mesmo que um homem não quer viver uma grande paixão, unir-se a uma pessoa de quem gosta verdadeiramente, porque tem pouco tempo?"…de certa forma, o Ricardo Reis não queria 😉

  7. A tradição já não é o q era.
    Este tema serve e aplica-se no inverso. Não se trata de se ser homem ou mulher. É uma questão de saber gerir emoções e sentimentos.
    Por vezes a diferença entre a verdade e a mentira é um grande nada. O ponto de vista é q difere.
    As mulheres e os homens hoje, argumentam com os mesmos 'bailes'.
    No doubt.

  8. Credo! Realmente, olhando para os exemplos acima, para os que conheço e para mim… há gajas mesmo idiotas! Andámos anos a interiorizar o conto de fadas com o príncipe encantado que nos acorda do sono profundo… e continuamos a dormir à espera… e, enquanto esperamos, vamos aturando "second bests", que nem isso são, por medo ou incapacidade de estarmos sozinhas… e o pior é que parece que, em vez de aprendermos com a idade, desaprendemos! Mas acredito que ainda haja esperança para nós, eternas românticas idiotas 🙂 Jokas

  9. Nem mais!! Uma amiga minha andava aí num dilema amoroso porque o individuo nuns dias só queria estar com ela e passavam momentos fantásticos, noutros (por norma uma hora depois) ignorava-a completamente. E eu perguntei-lhe se ela conseguia perceber porquê ou se lhe tinha perguntado. Resposta da minha amiga: "Eu sei porquê, ele tem medo de se apaixonar e de se magoar!" Babe, isso é aquilo em que tu queres acreditar!!! Ps: E eu sei porque já arranjei a mesma desculpa…

  10. Esta é apenas mais uma "same old story" do não és tu, sou eu, não tenho tempo, não me consigo comprometer, blá blá blá, quem nunca ouviu isso? Eu própria já o disse uma série de vezes e sei porque o disse, e quando o ouvi da boca daquele que eu acreditei estar a começar a construir qualquer coisa de positivo, vi imediatamente onde estava. Resultado o gajo levou uma rebocada. E no meio de tudo o que tinha para dizer e que disse, perguntei afinal que idade é k ele tinha. O discurso parecia o de um miudo de 15 anos, mas ele tem 36 e nem assim aprendem que é melhor serem sinceros. Não se quer garantias de love ever after, mas que sejam coerentes nas palavras e nos actos, e que não nos tentem fazer acreditar que algo mudou do dia para a noite, pk nada muda do dia para noite. Por isso meninas, quando um gajo não nos diz pk desaparece ou deixa de ligar – ESTÁ TUDO DITO!! Deixem-se de procurar uma resposta que, não só não virá (como a querem, uma resposta convincente e sincera) como vos irá magoar ainda mais. Pk os homens não querem sair duma relação/engate a serem os maus do figurino, até pk não vá o diabo tecê-las e lhes voltar a apetecer molhar o bico ou até k vocês contem a metade do universo feminino da localidade e arredores o que ele vos fez.

  11. Tenho uma história bonita, mas dada por uma mulher. "Ah, namorei e tal, coitadinho dele, é duro se souber que gosto de alguém…se calhar mais vale não sermos nada e vamos dando só umas cambalhotas".

    Priceless.

  12. Há homens desonestos e há mulheres desonestas. O que é muito mau.
    Quanto ao resto por mim não há nada melhor que um bom "lobo mau" para uma relação light! Pois é meninos: cuidado com a capuchino vermelho – é que o mundo não é todo vosso! 🙂

  13. Sabes o que acho das relações?

    "Quem não arrisca não petisca!"
    "Quem anda à chuva molha-se!"

    Se te envolves com alguém, sabes que pode ou não dar certo, que podes sair magoada ou encontrares alguém para a vida. Podes chorar no dia seguinte porque ele não te voltou a ligar ou podes chorar passado 1 ano porque a relação terminou.

    O envolvimento, curto ou longo, é sempre um risco. Umas vezes sais magoada, noutras, magoas alguém…
    E quem nunca destroçou um coração que ponha o dedo no ar.

    Neste aspecto os homens são exactamente iguais às mulheres.

  14. E ainda hás-de escreversobre a 3.ª desculpa mais esfarrapada. "Sou casado, mas não amo a minha mulher e o divórcio é apenas uma questão de tempo". É que também me faz muita confusaõ como é que há mulheres que ainda acreditam e aceitam ser a outra uma vida inteira…

  15. Sem querer fazer aqui o papel de advogada do Diabo, acho que atualmente há várias mulheres a fazer a mesma coisa. Coitadinhos deles que não estão habituados a provar do seu próprio veneno, ficam mesmo baralhados!!!
    Não é que se queira mentir deliberadamente… é apenas um tentar atenuar a dor da separação…
    Se como for, fará parte da aprendizagem natural da vida! Quem disse que era fácil?

  16. Devias publicar este texto repetidamente a ver se a malta abre os olhos. É que já perdi a conta às mulheres que vejo "de rastos", mas sem vontade de aprenderem. E com idade e experiência para terem juizo. Dá-me vontade de lhes dar um murro na cabeça!!!!

  17. Namorei com uma abóbora que passado um ano de namoro me deixou com a seguinte justificação: "Amo-te demais".. foi lindo, chorei e tudo! pensar que alguém me deixaria por me amar demais e achar que não seria bom o suficiente. Passado um mês descobri pelo hi5 que ele já namorava há 2meses com uma míuda que conhecera na faculdade em Lisaboa onde estudava..!!

  18. Arrumadinho,
    E não te dá vontade de bater nos homens? A mim dá! Até aceito que se caia na esparrela porque quem se envolve emocionalmente quer acreditar naquela pessoa e o emocional afasta o racional.Agora, o que não aceito é que se tenha namorada /mulher e se ande a dar voltas com outras pessoas usando (e gozando) quem está fora e quem está dentro.
    Como se, qualquer das pessoas não fosse merecedora de respeito e de amor.
    Gostava de ver a reacção masculina se uma mulher se virasse para eles e lhes dissesse foi só sexo , eu até tenho marido / namorado por isso, foi bom enquanto durou!

  19. A do não tenho tempo, o meu trabalho exige muito de mim, e a forma de saírem de firma airosa, mas, ao mesmo tempo querem deixar a porta aberta. Assim, num outro dia com mais tempo, dão outra voltita. E por isso que não dizem a verdade. Assim as mulheres ficam em banho-maria", a espera. E o pior, e que quando eles reaparecem, ficam felizes, porque acham que na sua agenda preenchida arranjaram um tempo para elas. Também já me aconteceu…

  20. Já vivi este filme e também descobri tudo pelo facebook! Dá muita raiva sim e a vontade de lhe partir a cara e os ossinhos todos do corpo é imensa. É uma falta de atitude não assumir o que se faz e dar essas desculpas! Cobardia é a sua maior caraterística

  21. entao e o papel da mulher aqui é de 'fácil' na primeira opção ou de 'louca' na segunda.

    A mim apetece bater ao Homem que sabe perfeitamente aproveitar-se destas situações para marcar o percurso de quem cai na esparrela (que mt provavelmente ele lhe vendeu).

  22. O que eu gostava de perceber era afinal o que distingue as que têm de se contentar com essas tretas e as que os deixam KO. A versão do livro parece-me demasiado inatingível, uma mulher assim existe? Eu pessoalmente não conheço uma que reuna todas aquelas qualidades … sim, podem ser algumas, ainda assim, parece-me que é preciso é ter sorte, em tudo … no timing, na quimica … enfim … Ou então não lhes dar é importância nenhuma se quiserem que se esforcem, as "más" é que a sabem toda …

  23. Nao é bem cair, nós de inicio nao sabemos bem o q poderá vir dali (seja da nova situaçoa seja da pessoa em questao), a desculpa do tempo enfim, mas ha mtas mais do genero, q somos espetaculares mas q nao se querem envolver, q n querem um compromisso, q sairam duma relaçao recentemente etc..claro q normalmente nada disto nos é dito de imediato né..daí a coisa "dar-se".
    Infelismente ja todas nós "caimos" em esparrelas do genero, pq queremos acreditar q é aquele, q agora é q é…mas ó q é é uma grande desilusao. Mtas vezes nós ate sabemos, n queremos é ver, queremos acreditar..
    P.s. – Estou a adorar o teu livro, estou quase no fim, adoro mas adoro mm a tua maneira de escrever, es mto objectivo, mto preciso e um amor em falares "mal" do vosso genero para ajusar o nosso, é de louvar ;). Parabéns!

  24. há muitos motivos para uma pessoa deixar de sair com outra. Seja por não ter tempo, seja por não estar preparado, seja por ter a cabeça demasiado cheia com outras coisas. Se fôssemos todos honestos, não era bem mais fácil??

    Bolas!!

  25. Teka, concordo consigo, acho que se os homens fossem mais frontais ganhavamos todos com isso. Quem já não teve esta experiência ? No meu caso ele tinha um filho e a desculpa foi essa mas arrependeu-se algum tempo depois e quis voltar. Eu já não quis..

    Um filme maravilhoso que ilustra bem este tipo de situações é o ' Ele não está assim tão interessado'.

    Acho mesmo que os melhores conselheiros nesta situação são os homens que percebem logo o que se passa.

    Relativamente à leitora em questão, dado ao curto espaço de tempo que as coisas aconteceram acho que se precipitou e sinceramente… quando a pessoa que está conosco mostra esta falta de interesse o melhor mesmo é esquecer e não lutar. Eu andei meses a lutar literalmente contra uma porta, mandava menssagens a perguntar o porquê de ele, de um dia para o outro deixar de querer estar comigo.. tudo sem resposta. Até o dia que eu desisti e quando já tinha outra pessoa ele voltou a contactar-me ( mudei os contactos todos mas ele descobriu onde eu estava a trabalhar e ligou-me ) .

    Sinceramente meninas, divirtam-se mas não se entreguem de um dia para o outro. Quando um homem quer estar conosco move montanhas, essa é a verdade =)

    Joana

  26. E porque é que têm de ser as mulheres (a quem dá vontade de bater porque cai nesse tipo de esparrela) a perceber que estão a mentir e a ter de ler nas entrelinhas e sei lá mais o quê? Será que os homens não deviam antes portar-se, basicamente, de uma forma decente?

    Pois Arrumatido, este doeu…e ainda são 8 da manhã… 🙁

  27. Tive uma relação assim mas ele não tinha namorada ia tendo… Mas aprendi com o erro. Quem bate com a cabeça uma vez ainda pronto agora duas é ser burra.

  28. "a emoção de se estar a viver algo de intenso continua a tolher o discernimento de muita gente." – disseste tudo!
    Quando se está verdadeiro apaixonado, o lado emocional sobrepões o racional e aí deixamos de ver o óbvio e de ter capacidade de discernimento porque só temos olhos para aquela pessoa e tudo o que queremos é concretizar o nosso sonho… Muita das vezes não passa de uma ilusão…

  29. E a desculpa de 'ah e tal, estive num namoro e x anos e não me sinto preparado, perdi muita coisa, quero aproveitar a vida…' Não parece do mesmo tom? Por vezes conseguimos ser mesmo tontas!
    M.

  30. Essa é a mais pura das verdades. Tive um namorado que vivia a 9Km, dizia que gostava muito de mim e tal e levava semanas sem dar sinal de vida. O namorado de agora, que infelizmente, está a 1600Km dá sinal de vida todos os dias, arranja sempre tempo e está muito mais presente que o outro. E foi com este que percebi o que realmente quer dizer "eu gosto de ti" :))

  31. Sim, confirma-se… a falta de tempo! Foi essa mesma a principal desculpa, só que em vez de uma 2ª e uma 3ª feira, durou mais uns (quantos) anos e a verdade verdadeira também apareceu (uns quantos dias mais tarde), por esse mesmo meio, o FB!
    Mas o problema é que essa desculpa, quando nos chega, vem(quase) sempre depois de o estrago estar feito no coração…

  32. Eu acho que para lidar com as relações humanas não há nada melhor do que a experiência… As pessoas só aprendem depois de baterem com a cabeça… Faz parte da aprendizagem natural da vida….quando adquirem essaexperiência conseguem farejar ao longe um " lobo mau em pele de cordeiro…." ah, e mais uma vez, acho que tu és genial … Serio… Quando for grande quero escrever como tu….

  33. É tão verdade tudo isto que escreveste… já caí numas assim várias vezes, mas lá me curei de vez (acho eu). Um homem quando gosta MESMO de nós nem que esteja na China, nem que esteja pregado a uma Cruz ( salvo seja ), investe em nós, na relação, no sentimento que supostamente existe… se não gosta, ou se tem mulher é mesmo para esquecer, só que nesta fase do "chega para lá" dele é muitas vezes a fase em que nós mulheres estamos mais apaixonadas e mulher apaixonada e depois rejeitada… dá em figuras tristes. Só com algum crescimento pessoal das relações e auto estima saudável se conseguem por vezes evitar/ sair deste tipo de situações. Mas consegue-se! E quando isso acontece sentimo-nos "especiais" e se calhar prontas para amar e ser amadas verdadeiramente por alguém.
    Arrumadinho julgo ter "lido" neste post uma certa crítica a nós mulheres por estas "fraquezas", "parvoíces" o que lhe quiser chamar e não concordo pois nada é linear, deveria se calhar ser, seria mais simples tudo mas não é 🙂

  34. Já leio há algum tempo, e nunca comentei… Mas quando a "carapuça" serve uma pessoa cede! É tão verdade o que acabaste de escrever… Não sei se há quem "caia" nessa história! Acho sim que há quem não queira ver o que tem mesmo diante dos olhos… Porque vai sofrer, porque embora saiba que está a viver uma mentira, tem esperança que não o seja… Enfiar a cabeça na areia é o mal de muitas (e muitos, acredito) de nós (buuuuurros/as)! Porque quando acaba – mais tarde ou mais cedo, acaba – a raiva que se sente não é pelo outro, desonesto, mas por nós mesmos, que permitimos a desonestidade!

  35. Arrumadinho,parabéns pelo teu livro.Quanto ao assunto em debate,o assunto não é linear,vivo um relação estável mas compreendo esse outro lado,ou seja as Mulheres que acreditam nessas histórias dos Homens,porque isso vai surgindo de mansinho…e avaba de mansinho também..o que costumo dizer é nunca se contentem com situçãoes que não vos fazem felizes.Lutem pela vossa felicidade,ela não aprece do nada,temos de a construir….

  36. Nós não acreditamos… Mas às vezes já imaginámos a nossa vida a dois, cheia de momentos cor de rosa e não conseguimos ver a realidade. Mais tarde abrimos os olhos e lá vem a (des)ilusão! Obrigada pelo teu ponto de vista 🙂

  37. Pois eu nunca percebi, porque é que os homens não dizem logo: "olha foste uma aventura porreira para o sexo e ponto final" ou "olha apeteceu-me pular a cerca e nada mais". Seria tão mais fácil. "Nós" (eu)quando não estou interessada em alguém que me faz a côrte, digo logo para o rapaz não se empatar.
    Bom, mas parece que agora vou ficar a saber tudo o que se passa na cabeça dos homens 😉
    Teka

DEIXE UMA RESPOSTA