O Ronaldo

0
3399

Dois jogos depois, o Ronaldo continua sem aparecer no Europeu. Ou melhor, só aparece por maus motivos. Tiques de vedeta, pouco esforço, pouca arte, poucas fintas, péssimo sentido de equipa, mau na ajuda aos colegas, falhanços inacreditáveis, exibições medíocres. Mas, apesar do Ronaldo, Portugal, tal como eu esperava, está a portar-se bem. Jogámos de forma adulta e concentrada contra a Alemanha, e só não conseguimos um bom resultado porque tivemos algum azar e fomos aselhas na concretização. Contra a Dinamarca poderíamos ter ganho, nas calmas, por 3-1 ou 4-1. Mas preferimos sofrer até ao fim. Ao contrário do primeiro jogo, tivemos uma exibição pouco inspirada, mas conseguimos um bom resultado.

Continuo a acreditar que nos vamos qualificar. Vou continuar a vestir a camisola a cada jogo e a sofrer por Portugal. Mas espero que o Cristiano Ronaldo se junte a mim e a todos os portugueses neste sofrimento. Porque, pelo que tenho visto até agora, temos todos sofrido muito mais do que ele, e por ele.

1 Comentário

  1. O problema do povo português é exactamente este…só tem garganta!
    Falam, falam, falam e não dizem/fazem NADA!

    Um bem haja a todos!

  2. Afinal não somos pobres… somos uns bois mansos!

    Estava há dias a falar com um amigo meu nova-iorquino que conhece bem Portugal.
    Dizia-lhe eu à boa maneira do "coitadinho" português:
    Sabes, nós portugueses, somos pobres …
    Esta foi a sua resposta:Como podes tu dizer que são pobres, quando são capazes de pagar por um litro de gasolina, mais do triplo do que eu pago?
    Quando se dão ao luxo de pagar tarifas de electricidade e de telemóvel 80 % mais caras do que nos custam a nós nos EUA?
    Como podes tu dizer que são pobres quando pagam comissões bancárias por serviços e por cartas de crédito ao triplo que nós pagamos nos EUA?

    Ou quando podem pagar por um carro que a mim me custa 12.000 US Dólares (8.320 EUROS) e vocês pagam mais de 20.000 EUROS, pelo mesmo carro? Podem dar mais de 11.640 EUROS de presente ao vosso governo do que nós ao nosso….

    Nós é que somos pobres: por exemplo em New York o Governo Estatal, tendo em conta a precária situação financeira dos seus habitantes cobra somente 2 % de IVA, mais 4% que é o imposto Federal, isto é 6%, nada comparado com os 20% dos ricos que vivem em Portugal.
    E contentes com estes 20%, pagam ainda impostos municipais.
    Além disso, são vocês que têm "impostos de luxo" como são os impostos na gasolina e no gás, álcool, cigarros, cerveja, vinhos etc., que faz com que esses produtos cheguem em certos casos até 300 % do valor original, e outros como imposto sobre a renda, impostos nos salários, impostos sobre automóveis novos, sobre bens pessoais, sobre bens das empresas, de circulação automóvel.

    Um Banco privado vai à falência e vocês que não têm nada com isso pagam outro, uma espécie de casino, o vosso Banco Privado quebra, e vocês protegem-no com o dinheiro que enviam para o Estado.

    E vocês pagam ao vosso Governador do Banco de Portugal, um vencimento anual que é quase 3 vezes mais que o do Governador do Banco Federal dos EUA…
    Um país que é capaz de cobrar o Imposto sobre Ganhos por adiantado e Bens pessoais mediante retenções, necessariamente tem de nadar na abundância, porque considera que os negócios da Nação e de todos os seus habitantes sempre terão ganhos apesar dos assaltos, do saque fiscal, da corrupção dos seus governantes e dos seus autarcas. Um país capaz de pagar salários irreais aos seus funcionários de estado e da iniciativa privada.

    Os pobres somos nós, os que vivemos nos USA e que não pagamos impostos sobre a renda se ganhamos menos de 3.000 dólares ao mês por pessoa, isto é mais ou menos os vossos 2.080 €uros. Vocês podem pagar impostos do lixo, sobre o consumo da água, do gás e da electricidade.
    Aí pagam segurança privada nos Bancos, urbanizações, municipais, enquanto nós, como somos pobres nos conformamos com a segurança pública.
    Vocês enviam os filhos para colégios privados, enquanto nós aqui nos EUA as escolas públicas emprestam os livros aos nossos filhos prevendo que não os podemos comprar.Vocês não são pobres, gastam é muito mal o vosso dinheiro.

    Vocês, portugueses, ou são uns estúpidos ou uns bois mansos.

  3. Jesus! O que pra aqui vai!
    Há cada maluquinho! E ainda fala de histerismo. Só dá para rir!
    Ó Arrumadinho aturas cada coisa!lol

  4. "Desculpa, Ricardo!"
    Confirma o que eu disse :)…mania do politicamente correcto…bla bla
    mas………..
    Então a senhora ataca um leitor do nada e ainda por cima tipo histerica…..nem sequer tem o cuidado de garantir que o faz correctamente….
    e depois faz-se de vitima …..
    Mas alguem disse que os filhos não são importantes ?
    O que se disse é que um problema pequeno, tipo uma constipaçao simples de um filho não é desculpa para um jogador não jogar concentrado.
    Na verdade nem sei nem me interessa se foi esse o caso…mas acaba por ser um exemplo.
    E pode nao o seu caso…mas sabe bem que eu tenho razao…..muito boa gente usa os filhos como motivaçao quase doentia para viver…..quantos milhares de mulheres (e homens..) não deixam de casar uma 2ª vez pela suposta obrigaçao dos filhos…..quantas vezes isto não é apenas uma desculpa??? e o mesmo se passa a nivel profissional……
    Fazendo referencia a post acima do Arrumadinho sobre os jogadores ….só falta disserem que as mulheres dos jogadores de futebol deixam "grandes carreiras profissionais" para cuidarem dos filhos 🙂 …só hipocrisia

  5. Caro anónimo,

    Sou mãe, professora há 16 anos, delegada do grupo de Língua Portuguesa, tutora de uma adolescente do ensino especial e coordenadora do plano nacional de leitura.
    Ah…ainda sou dona de casa, porque não tenho dinheiro para pagar a uma empregada, e mulher, sempre que o tempo mo permite.
    O meu filho é o meu bem mais precioso.
    Quando está doente-adoece muitas vezes-, não estou bem na escola. Se falto, reponho as aulas, sem que o meu vencimento me seja reposto. Se não falto, dou aulas de merda.
    Não me venha com tretas porque a frustração é sua e nenhuma mãe que se preze o é porque fica bem ou é moda!

    (já agora, permita-me que lhe diga que sou professora titular, logo todos os cargos-só remunerado o de professora e de delegada-não me são impostos, nem preciso de provar nada a ninguém!
    Amo a minha profissão e os meus alunos, mas o meu filho está SEMPRE em 1º lugar, mesmo que me obrigue a não dormir dias seguidos, para poder cumprir na escola!)

    Como deverá entender, nem lhe responderei mais!

    Desculpa, Ricardo!

  6. @14 de Junho de 2012 19:11

    Volte a ler a frase que citou.
    E ja agora leia os comentarios todos para perceber o que o leitor inicial quis dizer quando comparou trabalho com filhos…….ESTAVA-SE a referir a problemas pequenos com os filhos ……..NAO COISAS GRAVES

    Esta coisa de querer ser super politicamente correcto dá nisto.

    Digo-lhe mais…….são tão estupidas as pessoas que metem o trabalho à frente de problemas graves dos filhos como aquelas que escrevem nas redes socias (blogs, facebook etc) algo do genero … "a minha vida são os meus filhos……vivo para os meus filhos"………..NENHUM pai tem "de se anular" por causa dos filhos……tudo tem equilibrios……..as pessoas que "vivem para os filhos" SAO TAO desiquilibradas como aquelas que desprezam os filhos.

    Parece que está na moda as pessoas quando não têm objectivos de vida profissional virem com a conversa de que vivem para os filhos…..com raras excepcçoes são uma cambada de frustados.

  7. "Nenhum profissional deve pôr o EMPREGO acima de coisas bem mais importantes como a DOENÇA DE UM FILHO."

    LI BEM?!
    A pessoa que comentou não sabe o que é ter filhos e espero, sinceramente, que para bem deles NUNCA saiba.

    Ricardo, é a 1ª vez que comento. Embora com blogue, permite-me que o faça em anónimo, porque há muita gente doente na blogosfera e eu quero paz.
    Como mãe, este comentário chocou-me demasiado para me calar.

  8. Anónimo 14 de Junho de 2012 16:55

    EU REPAREI e por isso mesmo deixei ficar essa informaçao…..o Copy Paste do wikipedia tinha mais texto……deixei ficar a parte relevante.

    Nem me vou dar ao trabalho de procurar uma lista mais actualizada…..pense la um bocado e veja que a lista nao deve ter mudado muito………ou talvez o Eusebio/Pauleta/Figo etc tenham voltado à selecçao e nao saiba…..mais golo menos golo a ordem da lista nao se alterou muito ??

    P.S – quando quiser apontar erros aos outros sem acrescentar nada ao menos seja esperto o suficiente para não fazer figura aind pior……..

    Pensando melhor :

    Faça search pela expressao "Most goals" (section 5.5)

    http://en.wikipedia.org/wiki/Portugal_national_football_team

  9. FYI

    Melhores Marcadores

    Lista dos 11 melhores marcadores da Selecção.

    Actualizado a 9 de Fevereiro de 2010
    Posição Nome Golos Carreira
    1 Pauleta 47

    2 Eusébio 41

    3 Cristiano Ronaldo 32

    4 Luís Figo 32

    5 Nuno Gomes 29

    6 Rui Costa 26

    7 João Vieira Pinto 23

    8 Nené 22

    9 Simão Sabrosa 22

    10 Hélder Postiga 18

    e o homem NAO É PONTA DE LANÇA….

  10. Ponto 1 : curioso a quantidade de gente que durante o ano não liga nada ao futebol, e nestas alturas são doutorados na bola :)…..modas e mania de querer pertencer ao rebanho nas festas.

    POnto 2 : curiosamente com todos os problemas do Ronaldo, o homem com 27 anos consegue estar no TOP dos melhores marcadores de sempre da selecçao

    Ponto 3 : se o pessoal percebesse alguma coisa de futebol sabia que APENAS a presença do Ronaldo em campo faz com que o adversário jogue de forma diferente….e muitas vezes isso faz grande diferença………é daquelas coisas que só se nota a falta quando não se tem….

    Ponto 4: com todos os seus defeitos, posso dizer que o Ronaldo é dos poucos portugueses que orgulha POrtugal…quer por ser um dos melhores jogadores do mundo de sempre (pelo menos no clube…o Messi na selecçao tb pouco faz)…quer por ser um dos jogadores MAIS PROFISSIONAIS E TRABALHADORES DE SEMPRE NESTE DESPORTO……..coisa rara neste tempo de meninos mimados…..

  11. Entendo…
    Mas temos o caso do Carlos Martins… Que foi profissional o suficiente para se afastar e estar com o filho. Além disso, garantidamente que o que aconteceu ali não foi algum problema com o filho ou qualquer outra coisa, foi excesso de confiança, falta de concentração entre outras coisas. O Ronaldo é um excelente jogador, que é,mas é também um miúdo que lhe subiu mil e uma manias à cabeça, o que faz com que ele não esteja a ser, de momento, o jogador que realmente é.
    Obviamente quando disse "Se o filho está doente…" Não me estava a referir a um problema grave de saúde, quando disse isso foi no sentido de uma febre ou dessas doenças mais básicas de crianças (não querendo contudo dizer, claro, que um pai não fique preocupado com um simples arranhão, que fica… Mas acho que consegue(m) entender o contexto) =)

  12. 'Se o filho está doente ou se descobriu outra coisa qualquer, lamento, mas ali dentro, naqueles 90 minutos ninguém tem filhos, ninguém tem contas para pagar ninguém tem outras preocupações, só lhes pedimos 90 minutos, 90 minutos!!!'

    Esta saiu um bocadinho mal. Nenhum profissional deve pôr o EMPREGO acima de coisas bem mais importantes como a DOENÇA DE UM FILHO. De certeza que foi sem intenção mas mesmo assim até me custou ler 😉

  13. O Azeiteiro, aka Linic, devia ir ao banco. Mas pelo meio receber aulas de boa educação e de ser homenzinho.

    E psicoterapia, para aprender a deixar o Messi em paz e compenetrar-se que ser o 2º melhor do mundo é fantástico, assim ele queira.
    Porque isto não é nada.

    E vou abster-me de falar mais sobre este indivíduo, capitão da Selecção (aquele que prefere marcar 10 golos no Euro e não passar dos grupos a ganhar o Euro sem um golo marcado).

    (sim, o mesmo que é capitão e é o primeiro a sair de campo, seja na derrota ou na vitória)

  14. Ao contrário de um dos comentários anteriores não me parece que isto seja inveja do Cristiano Ronaldo. É normal que sejamos mais críticos porque eles estão a jogar por nós, nós sofremos com eles quando eles falham queremos saltar para dentro da televisão quando o árbitro é injusto, é quase como se fossemos nós ou alguém que nos é querido que está ali. E é por isso que quando é um dos nossos que faz asneira, que fez, e, ai não há qualquer desculpa ou justificação, nós somos piores ainda, porque se ele fez o jogo que fez e toda a gente lhe desse palmadinhas nas costas a dizer "Estiveste brilhante" só para não perturbar o menino para o próximo jogo ele vai estar em campo a pintar as unhas e a fugir da bola com medo. É claro e justo, que se façam este tipo de criticas para ver se para a próxima ele se esforça se corre, se ajuda, se passa aos colegas, se não falha de baliza aberta… Se o filho está doente ou se descobriu outra coisa qualquer, lamento, mas ali dentro, naqueles 90 minutos ninguém tem filhos, ninguém tem contas para pagar ninguém tem outras preocupações, só lhes pedimos 90 minutos, 90 minutos!!! Para que se concentrem e dêem o tudo por tudo e sejam Portugal! Lutem por Portugal! Porque naqueles 90 minutos nós estamos a sofrer, estamos a roer as unhas estamos a bater o pé estamos a chutar com eles, estamos a gritar com o árbitro e estamos a festejar com eles! Por isso, seja o Ronaldo, o árbitro, o fiscal de linha ou o apanha bolas, 90 minutos! É só o que nós pedimos, 90 minutos de concentração e rigorosidade. E se só pedimos 90 minutos, é perfeitamente normal que se nesse bocadinho eles estão fora do jogo, física e mentalmente as criticas disparem, não contra a pessoa em si, mas contra o que o jogador foi em campo!

  15. O engraçado é só se falar no Ronaldo, quando aquele tosco do Postiga, que só faz porcaria, é que estraga ali tudo. É exactamente por isto que o Ronaldo depois vai falhando, sabe que tem o mundo todo a cair-lhe em cima. Tem o mundo todo à espera que ele falhe. A pressão toda que tem em cima não o ajuda, com certeza. Deixem o homem em paz!

  16. Eu gosto muito do Ronaldo.Já o vi jogar em Madrid e o estádio fica literalmente em silêncio quando ele pega na bola.Tenho orgulho disso e que seja Português.Mas é no Real Madrid,que ele tem pressão,não é na Selecção.Aí,acho que o que lhe falta,é mesmo isso,pressão.De qualquer forma,também acho que se exige muito dele,é verdade.E todos temos dias bons e dias maus.A ver como se porta daqui para a frente

  17. Eu acho impressionante a maneira como as pessoas lhe atiram pedras. Inveja pura e dura, só pode. Um dia o rapaz é bestial, teve dois jogos menos bons e já é uma besta. Comento não só por causa do post, mas pelo que li pela internet. Não somos bons sempre. Todos temos dias menos felizes, e é por isso que se vai tirar o mérito? Será que ele não tem um filho doente em casa? Será que não descobriu alguma coisa que o deixou mais em baixo e por isso as coisas não estão estupendas? Francamente, até mete dó o que escrevem. Mas pronto, se fizer um grande golo no próximo jogo já vai ser bestial again! Oh povinho Maria vai com as outras…

  18. ai arrumadinho..não podes tocar no menino..que cai tudo em cima de ti!
    não disseste mentira nenhuma!
    ninguém está a julga-lo apenas a ser realista!
    que se saiba é ele próprio que fomenta a rivalidade de melhor do mundo por isso temos todo o direito de querer dele o que os argentinos têm do Messi (3 golos contra o Brasil)
    Deixem-se de coisas..e sejamos todos frontais..o CR7 tá muito abaixo do seu potencial..e já não é a 1ra vez que assim é na selecção..
    jogue há bola como sabe e já ninguém o chateia!

  19. LOL Muito Bom!! "Dias maus todos temos" Pois sim, mas com o que ele ganha e com o que está a representar que tenha dias maus nos treinos ou nas folgas. Estes jogos são decisivos não são para estarem "ai hoje não me sinto bem porque o risco do cabelo não ficou bem feito". O Ronaldo não jogou nada ponto final! Se fosse outro qualquer a conversa era a mesma. Ele não faz má figura porque quer mas o que é certo é que não se esforça para fazer boa.
    Assino em baixo Arrumadinho!

  20. Deixem o Ronaldo em paz, sff! Btw…porque não se juntam para uma campanha contra a presença dele na Selecção?!?

  21. Porque o Ronaldo quando falha um golo, ou qualquer remate, a primeira coisa que faz é pensar: "Boa! Já lixei os portugueses todos outra vez.Deixa-me cá rir na cara dos idiotas"?
    Deve ser. Aposto até que ele faz "má figura" só porque quer. Porque afinal é ótimo para a carreira dele. Dá-lhe fama e prestigio.

    Falar é tão fácil, Arrumadinho.

    João G.

  22. Ai… acho que não vimos o mesmo jogo. Discordo completamente. Acho que jogámos bem, muito bem. A concretização foi melhor, quando comparada com o jogo anterior, mas ainda pode melhorar, e muito. O Ronaldo, na minha opinião, não esteve mal, assistiu muitos lances e teve algum azar e carradas de dinamarqueses em cima. Mas será sempre alvo de comentários depreciativos "preso por ter cão e preso por não ter"… ou porque rematou e não passou a bola a ninguém ou porque passou a bola e então não marcou golos. Acho que os portugueses em geral deviam ser um pouco menos críticos… ou, pelo menos, mais contrutivos nas críticas e não sempre a deitar "abaixo".

  23. Não é bem assim em relação ao Ronaldo. Acho que dias maus todos temos, somos capazes é de não ter uma quantidade de pessoas que era suposto apoiarem-te,a deitarem-te abaixo. Sempre disse e continuou a dizer: o Ronaldo nunca subiria na vida se dependesse do apoio do país dele. No jogo contra a Alemnha o Varela fez praticamente a mesma coisa e não se ouviu nem um piu sobre ele!

  24. De cabeça quente escrevem-se alarvidades. Tendo sido às 23h05, não encontro justificação, caro Arrumadinho. Certamente que o Cristiano Ronaldo não sofre menos do que nós quando as coisas lhe correm mal. Ele sabe o que pensam os portugueses daquelas duas perdidas escandalosas até para um jogador mediano e ainda deve ter as orelhas a escaldar. O homem ganha bem, mas ninguém gosta que lhe chamem filho da %$#&.
    A parte boa no meio de tudo isto é que, finalmente, ficou comprovado que há Portugal para além de Ronaldo.

  25. Finalmente alguém que tem a mesma opinião que eu! Hoje fui super atacada por dois colegas por achar que o Ronaldo não tinha feito nada pela equipa hoje! Onde está o míudo que a jogar com todas as forças no Euro 2004?! Hoje nada mais parece que um fedelho mimado!

  26. O Ronaldo pela selecção nem parece o melhor do mundo mas o que interessa é que a equipa não é só ele e estamos no bom caminho para passar à próxima fase! 😀

  27. Esperemos que ele se aplique no próximo jogo. E que não cometa os erros do jogo de hoje, e não me refiro às oportunidades de golo que não conseguiu concretizar… mas às defesas que não fez! limitou-se a deixar passar o adversário e a ver o golo acontecer.

  28. ainda bem que existem jogadores que jogam por amor á camisola…
    este Cr7 anda a meter nojo em campo, e para quem é o melhor jogador do mundo, ainda nao percebo como e deixa muito a desejar?! Mas eu n percebo de futebol.

  29. Não podia estar mais de acordo. Hoje, pela primeira vez vi um jogo do Europeu e fiquei mesmo desiludida com ele. Não que perceba muito sobre o assunto, mas a prestação dele ficou muito aquém das expectativas.

  30. Não concordo nada com o teu comentários, acho que o problema do Ronaldo neste momento é ansiedade e a pressão que tem sobre ele. Mas acredito que no próximo jogo não irá falhar. FORÇA PORTUGAL!

  31. Exactamente o que eu achei! Mas não, cai-me tudo em cima quando o comento. O Ronaldo teve "azar". Sim, não se dar ao trabalhar de efectuar marcação ou correr um bocadinho é um grande azar. Para o resto da equipa e para nós.
    Mas pode ser que se junte aos colegas Pepe, Nani e outros que brilharam hoje e se decida que também vale jogar pela Selecção, não são só os clubes internacionais que merecem o esforço!
    Portugal, sempre!

DEIXE UMA RESPOSTA