O iscspiano que há em mim

32
6040

Tenho saudades dos meus tempos do ISCSP. Dos amigos, das maluquices, das idas para os treinos de futebol no carro cromo do Rocha, das manhãs passadas no café, das festas, as maravilhosas festas que deixavam a sala F a cheirar a cerveja durante 3 dias, das gargalhadas no recinto central, das conversas de gajo/puto sobre gajas, de ter 20 anos.

Tenho saudades do que havia entre nós, do Hugo, do Zé, da Clara, do Rocha, do Cego, do Necas, da “Mónicazia”. Da partilha de apontamentos entre as frequência, das estratégias para cabular, da forma como gozávamos com as marronas (uma delas é, hoje, vice-presidente do PSD, pimbas!), da adrenalina do dia em que saíam as notas, da comida ranhosa do bar, do CREM (Comité Revolucionário dos Estudantes Marxistas), dos planos para o futuro, das noitadas em casa da Clara a cantar, dos jantares no Jau em que voava frango e se partiam pratos.

Há dias recebi uma proposta de entrevista de um jornal online do ISCSP, o Desacordo.

Queriam falar comigo a propósito do livro. Admiraram-se quando eu lhes disse que era um iscspiano. E era. E sou. E serei sempre.

Foram anos muito bons.

E eu tenho saudades deles.

32 Comentários

  1. Pronto… eu que nunca comento nada (não é porque não tenha nada a dizer mas porque pronto! o que tenho a dizer não interessa a muita gente, salvaguardando-se o meu pai, o gato da vizinha, alguns poucos amigos e a mumy às vezes 😉 que ela já nem me pode ouvir e eu própria claro) tenho a dizer que eu também sou iscspiana, e assim já percebo de onde reconheço a sua cara! Tenho a dizer-lhe que ainda limpei o chão do raio da sala F (nem me lembrava do nome da sala) depois das festas, nessa altura um pesadelo, hoje em dia com os anos passados um verdadeiro sonho. E aprendi a fazer aquela boa mas boa boa sangria que passava do bidon para o estômago dos festeiros passando directamente – umas horas depois – para o chão da sala F, do jardim, das casas de banho, da entrada, etc etc etc. Vou já a correr ver a entrevista que deu! Mas possas mudaram o nome do jornal na minha altura era o ISCO onde orgulhosamente escrevi umas coisas assim de qualidade questionável! Obrigada pelo reavivar de lembranças! Patrícia

  2. eu também sou iscspiana. ou essa coisa esquisita que só os iscisisipianos são. (nunca ninguém soletrava isto bem, só nós)
    foram tempos em que sai de Cascais e conheci o lado urbano da vida e as festas do ISCSP, eram tão boas que o DJ do meu casamento foi o das festas…!
    não conhecia o jornal, vou ler.
    e os matraquilhos??? que maravilha!

  3. É engraçado como tanta gente da nossa geração se refere a jantares da juventude em que "voava frango". Pessoalmente também tive um em que voaram asas de frango de um 2º andar… bons velhos tempos!

  4. É verdade, o nosso palácio Burnay era um mundo completamente à parte no que diz respeito a espírito universitário… E olha que eu, como sabes, fiz metade cá em baixo e metade lá em cima, no "hospital"… Curiosamente, os iscspianos são como os portugueses, há sempre um em cada esquina, onde quer que vás! 😉 Tu andaste com a vice-presidente do PSD na fac, eu "levei" com o presidente da JSD… Arre!!!!

  5. Como eu te percebo Arrumadinho. Eu não andei no ISCPS, andei noutra faculdade mas o sentimento é o mesmo, e eu só acabei o ano passado. Os tempos de faculdade são, sem dúvida, os melhores.

  6. Também fuiii ISCSPiana ahahaha! Também tenho algumas saudades mas acho que não vivi a coisa da mesma forma. Talvez por ser uma faculdade de mulheres, vivi muito mais as intrigas e as queixinhas e o "ai que ela falta às aulas e agora vem pedir apontamentos". Conheci bons amigos para a vida, claro, e passámos belas noites e tardes e dias e tutti do que descreveste.
    E tenho muitas saudades também … aiaiaiaiaiaaiiiiiii vida de trabalhador é dura 😛

    Beijinho

  7. Também fuiii ISCSPiana ahahaha! Também tenho algumas saudades mas acho que não vivi a coisa da mesma forma. Talvez por ser uma faculdade de mulheres, vivi muito mais as intrigas e as queixinhas e o "ai que ela falta às aulas e agora vem pedir apontamentos". Conheci bons amigos para a vida, claro, e passámos belas noites e tardes e dias e tutti do que descreveste.
    E tenho muitas saudades também … aiaiaiaiaiaaiiiiiii vida de trabalhador é dura 😛

    Beijinho

  8. Também fuiii ISCSPiana ahahaha! Também tenho algumas saudades mas acho que não vivi a coisa da mesma forma. Talvez por ser uma faculdade de mulheres, vivi muito mais as intrigas e as queixinhas e o "ai que ela falta às aulas e agora vem pedir apontamentos". Conheci bons amigos para a vida, claro, e passámos belas noites e tardes e dias e tutti do que descreveste.
    E tenho muitas saudades também … aiaiaiaiaiaaiiiiiii vida de trabalhador é dura 😛

    Beijinho

  9. Pera lá…! Tu és do ISCSP??? Sim e já tou a tutorar porque, a meu braços desconhecido 8 salvo seja!!). De que safra? Eu de 80/84 Comunicação Social.
    Temos um grupo que se encontra com alguma frequência para relembrar o velho palácio ( sim, nós ainda somos filhos do palácio!!)
    Ó Deus que emoção!
    Mané Inês ( agora Niza Ribeiro mas isso são outros quinhentos). aqui fica o meu mail pessoal fixed14@hotmail.com.

    CARAMBA MAIS UM ISCSPIANO!!!

  10. Oh, Márcia. Tens mesmo de me enviar essa foto. Não tenho quase nada desse mês que passei na Covilhã. Envia-me por mail, quando puderes. 🙂

    Ana Rita, claro que tenho saudades tuas. E da Vera. E do Sandro. E do Sérgio. E de quase toda aquela malta. Mas se os fosse a dizer a todos, ui, teria de publicar um livro. 🙂

  11. como não tens saudades minhas tb?! LOL mas, vá, já foi bom não me incluires no grupo das marronas!! foram bons tempos realmente!! bjs

  12. ó pá… porque primeiro era (e ainda sou!) "fã" da "pipoca mais doce" depois, eis que começo a ler o teu blog (:)) e, já-não- me-recordo-como, um belo dia havia uma foto tua num post e "plim!" fez-se luz na minha cabeça: "eu conheço esta cara! este ricardo foi caloiro comigo em 94/95 na UBI!!!"E é que não era mesmo ele???!!!Fomos caloiros na mesma turma. Nunca mais soube notícias tuas, lembrava-me que tinhas na altura pedido transferência para Lx – e agora, que acompanho muito o blog do "arrumadinho" e a tua página no facebook tenho algures, uma foto do nosso "baptismo" ubiano para digitalizar (sim, ainda é das antigas, em papel :)) e enviar-te. Um dia destes, e se não te importares envio, prometo! :)Parabéns pelo livro, pelo percurso e tudo, e tudo!:) a UBI tem destas coisas também: a malta fica com recordações muito boas e saudadinhas das boas daqueles tempos e aquele primeiro ano na covilhã foi de facto marcante e eu acho que não há criatura que tenha sido "praxada" comigo da qual eu não me recorde! 🙂

  13. AHAH Não resisto a comentar! Verdade, verdadinha!! 🙂

    P.S. – Deduzindo que te licenciaste na Junqueira, o bar da Ajuda é BEM BOM!!! ahah Já o refeitório da UTL… Enfim!

  14. Olá,há tanto tempo que sigo o seu blogue e comento. Só não sabia que tinha frequentado o ISCSP tal como eu… Agora acho que já sei o porquê do seu rosto nao me ser completamente estranho.

    Mas para mim só se é ISCPIANO quando se andou no palácio Burnay e pelo que constato pelas suas palavras também andou lá! Que saudades, os melhores dias da minha vida sem duvida! E as festas, ai aquelas festas,que quando as aulas começavam às 8.30 com aquela cadeira horrível de Ciências Sociais, naquela sala a cheirar a cerveja…

    Agora ainda gosto mais de si (ti)! Posso perguntar quais foram os anos em que andou por lá?

    Eu de 1992 a 1996/97, em Política Social…

  15. Que saudades desse tempo… E pensar que na altura eu queria que o tempo andasse rápido….. Se eu soubesse o que sei hoje…. O tempo volta pra trás…. Sou um bocado ( bocadao) nostálgica, eu sei …..

  16. Como antigo aluno, mediante, a descrição"ISCSP", "marrona", "vice-presidente do PSD", Nilza Sena? Será?

    João Pedro.

  17. Pois eu ainda sou, se assim se pode dizer, um iscspiano no activo, porque ainda estou no 2º ano do curso. Mas concordo com o que diz, uma vez iscspiano, para sempre iscspiano 😀

    Vítor Marques

  18. Por norma acompanho o blogue, mas não costumo comentar. Hoje não podia deixar de o fazer, pois também fui iscspiana (mais recente, mas fui). Acabei o curso há 3 anos mas iscspiana acho que serei para sempre. 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA