Lá em casa, podia ser assim (à atenção dos autores de Precisamos de Falar)

0
3181

Aproveito para deixar uma dica para uma tira dos senhores do Precisamos de Falar:

Eu – Onde queres ir jantar?
Ela – A qualquer sítio.

Eu – O que é que te apetece comer? Italiano, japonês, tapas?
Ela – Qualquer coisa, escolhe tu.

Eu – Mas queres ir para a zona do Chiado, para mais perto de casa?
Ela – É-me indiferente.

Eu – Então vamos ao La Finestra.
Ela – Ah, italiano não. E é longe.

1 Comentário

  1. Não queremos tomar a decisão, queremos concordar com a decisão. Mas no fundo, somos sempre nós a decidir. O que nós queremos mesmo é não ter de escolher e que acertem à primeira!

    Connosco é igual!

  2. E o defeito é de quem? Teu, pois claro. Neste caso, é mais importante o que ela não diz do que aquilo que diz. Ou seja:

    1- "A qualquer sítio" = Desde que seja um sítio que eu goste
    2 – "Qualquer coisa, escolhe tu" = menos italiano, por favor!
    3 – "É-me indiferente" = desde que seja perto de onde estamos

    Tão simples, não é?

    PS: Lá em casa é igual…

    oquesepassaquandosepassa.blogspot.com

DEIXE UMA RESPOSTA