Karma

39
6538

Quando estive em Salvador da Baia a assistir ao Portugal-Alemanha fui humilhado vezes sem conta pelos brasileiros. Eu, e todos os portugueses que com eles se cruzavam. “Portugal tomou pau!”, “Cristiano Ronaldoooooo vai tomar no cuuuu” foram alguns dos brindes que ouvi enquando ia a caminho do autocarro, depois do jogo, com o cachecol ao pescoço e a camisola da seleção vestida. Levei demasiadas palmadinhas nas costas em tom de gozo.

Já dentro do estádio, milhares de brasileiros nos deram olés, celebraram a goleada alemã.

No dia seguinte, a maioria dos jornais brincava, em tom de gozo, com a nossa derrota, e, sobretudo, com Ronaldo.

Ainda assim, hoje estava pelo Brasil. Queria que vencessem a Alemanha. Mas era um desejo com requintes de malvadez, confesso. Ambicionava, secretamente, que chegassem à final e fossem derrotados pela Argentina, o arqui-inimigo dos brasileiros.

Não foi isso que aconteceu, mas o que aconteceu foi ainda mais chocante e humilhante.

Agora, é a nossa vez, caros irmãos. Sei que não é bonito gozar quando os outros estão a sofrer, mas há uma diferença: eu estive lá em Salvador, eu senti as vossas palmadinhas e piadinhas no pelo e na pele.

But karma is a bitch and what comes around…

39 Comentários

  1. “Só aceito críticas de quem tenha ganhado pelo menos uma copa.”? Mesmo depois de vocês terem feito aquela capa de jornal? Se não querem ser julgados, não julguem os outros…

  2. Eu também estava no Brasil nessa altura e também torcia para que eles ganhassem… mas essa derrota teve um gostinho especial.
    Talvez para a próxima já não gozem com o nosso Ronaldo. A capa do Folha de São Paulo gerou polémica http://www1.folha.uol.com.br/paineldoleitor/2014/06/1472160-leitores-criticam-chamada-que-chama-cristiano-ronaldo-de-playboy.shtml

  3. Não se preocupe Maria, também passei por muito racismo e muita xenofobia quando em 2006 fui viver para o Brasil. Está certo? Claro que não. Morri por causa disso? Não me parece. O que me cansa é a constante vitimização de alguns brasileiros em relação a Portugal.
    Admita, a imprensa brasileira lidou de forma absolutamente desnecessária a saída de Portugal do Mundial. E por isso, ainda nos sentimos um bocadinho no direito de brincar com a saída do Brasil.

  4. Ias viver do blog, pões publicidade e não vens cá. Se fosses esperto percebias que como não escreves as pessoas deixam de cá vir e são menos essas a ler os textos comerciais e anúncios.

  5. Ontem, por momentos, pensei que tinha sido o Brasil a ganhar. Afinal, estavam apenas felizes pelo facto de a Argentina ter sido derrotada. Mesmo que tenham sido massacrados em dois jogos seguidos.

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

  6. Vê lá se metes a tua mulher na ordem…agora deu-lhe para denegrir seguradoras!

    Então não és tu que lhe pagas as contas? Ou vai o guito todo para as sapatilhas?

    Acorda moço!

  7. Estou a viver há quase 1 ano no Brasil e foi das maiores desilusões que tive com o povo brasileiro. Já cá tinha estado algumas vezes em férias e sempre adorei o país e o seu povo. Mas agora que vivo aqui, é que os conheço na realidade…qual país irmão qual carapuça, uma cambada de mentirosos e invejosos que como não conseguem ser melhor que nós em nada, não perdem uma oportunidade de nos chamar burros e de nos tentar humilhar. Desde o 1º dia a minha torcida foi sempre contra o Brasil, só queria que eles levassem os mesmos 4 da Alemanha…afinal levaram mais 3…Alegria Geral!!!

  8. Quando Portugal perdeu com a Alemanha os portugueses foram muito gozado no Brasil, tal como os espanhóis tinham sido muito gozados em Portugal quando perderam aquele primeiro jogo com a Holanda (até o Ricardo fez piada no facebook do blog, se bem me lembro).

    What goes around, comes around, de facto.

  9. Arrumadinho por acaso não é essa a ideia que eu tenho dos brasileiros. Aliás acho que há maiores fãs do CR7 no Brasil do que propriamente em Portugal. Mas de qualquer forma apanha-se de tudo! Eu também estava a torcer pelo Brasil. Tanto que quando Portugal perdeu eu disse logo que a partir desse momento estaria a torcer pelo Brasil. São os nossos ‘Irmões’, falam a mesma língua e também gostava que no meio de tanta revolta pelos gastos que o mundial acarretou, os brasileiros tivessem alguma alegria. Sei que não substitui os hospitais e escolas que a população exige mas enfim, eles vivem o futebol com tanta intensidade… Muitos brasileiros também estavam a torcer por Portugal que eu sei. Outra coisa, eu queria mesmo que a Argentina perdesse. Se achas que o Brasil gozou com Portugal então nem imaginas o que a Argentina gostou que o CR7 perdesse 4-0. Aquele Messi enerva-me cada vez mais com a sua arrogância e depois faz sempre aquele ar de carneiro mal-morto. E tive muita pena que ganhassem à Holanda pois gostava que jogassem com o Brasil e que o Brasil no fim ainda ganhasse o terceiro lugar. Mas pronto, são gostos 🙂

  10. Não me parece que a derrota do Brasil ontem traga algum “viva a Portugal”… Santa paciência. Esta horrível mentezinha do português irrita-me solenemente (e sou portuguesa leia-se) parece que se envaidecem e se vangloriam com a desgraça alheia. Acho terrível este tipo de comentários. Dá-me vergonha de ser deste pais. O Brasil perdeu dolorosamente quase na final, e fez-me muita pena ver, por exemplo, o meu David Luiz que tanto deu ao benfica naquele estado. Nós perdemos numa fase de grupos e com um Ronaldo (melhor do mundo) a jogar. Eles perderam numa fase muito á frente e sem o craque deles. Perece-me que não há comparação certo? O Ricardo diz que o gozaram, acredito. Tal como o Ricardo diz, não se deve levar a serio o gozo dos outros, pois cá está o Ricardo a gozar também, e o pior… a sentir-se como português, recompensado pela desgraça deles, mesmo que o faça notar apenas nas entrelinhas.

  11. Eu não gosto do CR, nunca gostei pela arrogância, soberba. Mas não tenho nem tive nada contra a seleção portuguesa. Muitos brasileiros torceram para Portugal, encheram o facebook de mensagens de apoios e fotos. Não vi nada disto da parte dos portugueses…Vi foi o contrário, chamarem as brasileiras de p…, gozarem e tive pessoas as partilharem posts atrás de outros a ridicularizar-nos. Mas como dizem no Brasil, o recalque bate nas cinco estrelas da nossa camisa e volta em caspa para o Cristiano Ronaldo. Só aceito críticas de quem tenha ganhado pelo menos uma copa.

  12. Indeed. O mais chocante, para mim, é ver capas de jornais como aquela “Folha de São Paulo que mostra neste post. Acho de uma falta de profissionalismo incrível.

    Mas ontem também torci pelo Brasil. Para mim é bem pior ter que”aguentar” a mania da superioridade que os alemães têm; é que a mania é de tal ordem que é difícil qualifica-la. E eu vivo na Alemanha, sei do que estou a falar!

  13. Realmente é triste as piadinhas vindas dos brasileiros contra a nossa Selecção! Mas, pronto.. não precisamos gozar com eles agora! Eles já foram o suficiente humilhados ehehe 😀 Até me deu ‘pena’…

  14. Achei sempre graça quando os nossos comentadores diziam baboseiras do género “os adeptos brasileiros a torcer por Portugal”, “país irmão apoia-nos” e outras parvoíces. A maior parte dos brasileiros não gosta de nós, minha gente! Lógico que torceram pela Alemanha, que gozaram connosco! Mas Deus castiga… E que castigo! 🙂
    Aposto que agora já ninguém se lembra dos nossos “modestos” 4-0…

  15. è por isso que luto imenso para não julgar os outros (difícil!!!)…pode cair-me na pele o mesmo…mas diga-se a alemanha foi fortíssima e o brasil não teve argumentos…eu até gostei do massacre…mas sou fã da mannchaft!!

  16. Enquanto para Portugal foi humilhante este Mundial, lembro-me muito melhor da dor que foi perder o Euro em casa em 2004. E foi numa final, só 2-1.
    Num país que está em revolta muito por causa do Mundial e por causa da FIFA, que pessoas extremamente zangadas, onde já se verificaram distúrbios e actos de violência depois do jogo… Não me posso regozijar. É literalmente um país em sofrimento. Não vi caras tristes no público, vi caras desesperadas e completamente desanimadas. O futebol nunca resolve problemas, ganhar o Mundial ou chegar à final não ia fazer esquecer o facto do seu governo ter aceitado gastar milhões e milhões em estádios que não vão ser mais utilizados (num país de 3º mundo), mas… Acho que assim é muito pior.
    Sim, a atitude deles não foi a melhor connosco. Mas não acredito em “an eye for an eye”.

  17. Sei o que isso é, estive 6 meses de intercâmbio no Brasil, na cidade de Salvador. No dia em que Portugal jogou contra Alemanha o meu feed de notícias estava cheio de expressões como “Chocolate Alemão no fonte Nova” Vamos Alemanha” “Essa selecção de Ronaldo não presta”!

    A verdade é que a língua materna deles não é alemão é português, a verdade é que ouvi e calei, mas agora, agora, agora tive que me rir, rir de quem riu e gozou connosco! Rir porque só levámos 4 😀

  18. A sério? Sempre pensei que os Zucas vissem Portugal como o país irmão e tivessem sofrido com a nossa derrota contra a Alemanha. Eu ontem efetivamente quase chorei com aquela goleada! Mas oh well… assim sendo, “toma toma toma!…”!

  19. Aconteceu-me a mesma coisa aquí em Lisboa quando a Espanha foi derrotada pela Holanda, piadinhas, palmadinhas nas costas e muito mais… Assim que fiquem calados que vocês nao são melhores que os brasileiros.

    O karma é perigoso 🙂

  20. Há é uma grande diferença entre os portugueses e os brasileiros. Quando Portugal perdeu todos os portugueses criticaram o país e a selecção. O Brasil perdeu e, em vez de criticar, os brasileiros apoiam-se e dizem com muito orgulho que sao brasileiros. Gozam com a situaçao, sim é verdade, mas sempre a apoiar o país. Mais patriotismo não fazia mal aos portugueses que só sabem criticar

  21. O Brasil levou 7, sim, é verdade! Mas ao menos chegamos ao top 4 e não nos gabamos de ter o melhor jogador do mundo e nem passamos dos oitavos! O que os portugueses esquecem-se é que todos os brasileiros que chegam a Portugal são recebidos da pior maneira, têm que ouvir todos os dias alguém a dizer “volta para o teu pais”, “os brasileiros são uma merda “, e acredita que, esses mesmo brasileiros são os primeiros a apoiar Portugal e a dizer maravilhas deste país que os recebeu. Agora, como emigrante gostava que nenhum português passasse por aquilo que passei e ainda passo porque sou brasileira e tenho que ouvir todos os dias “bocas” desse tipo. É triste quando nós amamos um país, temos exactamente os mesmos direitos que os portugueses nascidos cá (sim, tenho nacionalidade portuguesa pois minha mãe é portuguesa) mas mesmo assim vejo a discriminação e o racismo todos os dias.

DEIXE UMA RESPOSTA