Jantar In The Mood For Love (ponto de situação II)

0
3046

Bom, vamos lá ver, então, se avançamos com esta iniciativa. Mas de forma ligeiramente diferente.

Até ao momento, houve apenas quatro ou cinco inscrições masculinas para o jantar, sendo que há três vezes mais mulheres interessadas em ir. De qualquer forma, e mesmo havendo uma desproporção grande entre homens e mulheres (que será ligeiramente corrigida), acho que seria interessante fazermos o jantar, para falarmos todos um bocadinho sobre relações, para dizermos mal da nossa vida passada, falarmos de amores e desamores, percebermos que há histórias idênticas às nossas, conhecermos pessoas interessantes, sejam homens ou mulheres, com coisas giras para partilhar. Eu lá estarei, a minha mulher também, para vos conhecer, para nos divertirmos todos, para falarmos de parvoíces e coisas sérias, para brincarmos e comermos bem.

Tal como aconteceu com o jantar de A Pipoca Mais Doce com os leitores, a organização será da Table&Friends, que irá tratar do local, dos pagamentos, da data, etc.

Pedia apenas a todos os que se inscreveram que me reforcem a confirmação, nestes novos moldes, para eu poder enviar o vosso contacto para a Table&Friends. Se houver homens interessados em juntar-se, sejam bem-vindos, ainda há vagas. Se houver mulheres que queiram pré-inscrever-se, na eventualidade de não aparecerem mais homens, também o podem fazer, para já para o meu mail (oarrumadinho@gmail.com), colocando no subject Jantar ITMFL.

Muito em breve comunico data, hora e local. Será em Lisboa, à partida no dia 14 de Feveiro (sim, dia dos namorados!), por volta das 21h, num local onde estaremos todos à vontade para podermos falar e fazer barulho.

Vou dando notícias.

1 Comentário

  1. Não morreu. Mas neste momento é-me impossível consultar a extensa lista de gente que me enviou links, já que tenho de terminar dois projectos importantes durante este mês, e que me estão a consumir muito tempo. Mas, assim que tenha disponibilidade, avançarei com isso.

  2. "Sair o tiro pela culatra" significa que nos magoamos quando tinhamos como objectivo magoar alguém. O objectivo deste jantar – e basta ler o primeiro post sobre o assunto – era juntar um grupo de gente solteira, que idealmente seria em número idêntico de homens e mulher, para uma noite de risos, brincadeira, divertimento, para um jantar em que nos pudessemos conhecer, conversar. Isto vai acontecer. Em vez de ter 10 mulheres e 10 homens vai ter uns 7 homens e umas 15 mulheres. E então? Em que é que isso torna a iniciativa num falhanço? Porque é que há gente que só se preocupa, satisfaz e deseja o falhanço dos outros? O jantar vai acontecer, vai correr lindamente, vamo-nos todos divertir, e ninguém se vai arrepender – tem sido sempre assim, de cada vez que me encontro em iniciativas com leitores. Por isso, não estou mesmo a ver onde é que há aqui tiros a sair por culatras, que não na mente de algumas pessoas um pouco estranhas.

  3. Eu penso que nao tenha nada a ver com a "caça" propriamente dita! Eu por exemplo sendo solteiro não penso dessa maneira, acho uma ideia interessante , dado a possibilidade de juntar e conhecer as pessoas que aqui vêem aqui ler, opiniar,criticar e porque não desabafar!
    Mas cá está , isto é a minha opinião ! E só não inscrevo-me porque é me de todo impossivel nessa data comparecer , talvez para uma próxima oportunidade.

  4. Realmente as pessoas sao tao frustradas e tristes com a sua vidinha… Eu sinto pena de pessoas assim , seres que se sentem inferiores. Ricardo continue, adoro ler o que escreve assim como as suas iniciativas. Angela

  5. Acho que a razão pela qual não tens tantas inscrições de homens é porque normalmente o homem solteiro gosta de sentir a sensação da "caça", coisa que foi completamente removida deste jantar, passando a ser simplesmente um ato de apresentação, sem qualquer espécie de luta, digamos assim.

    E isso pode deixar muitos homens inibidos, como se vê. De qualquer maneira é uma iniciativa que tem a sua piada.

DEIXE UMA RESPOSTA