Isto não são manifestantes, são criminosos

0
3391
Que nunca se caia no erro de confundir grevistas, manifestantes, gente que sai à rua em luta pelos seus direitos com os idiotas criminosos que estão neste momento em frente à Assembleia da República a arrancar pedras da calçada e a arremessá-las contra os agentes da polícia.

1 Comentário

  1. Sr. JRD:

    Só queria deixar bem claro que a CGTP, não incita a violência nem a comportamentos extremistas.Quando se fala em luta, fala-se em direito à greve,à manifestação e à reivindicação de direitos. Não se fala em violência e luta armada.

    Não confunda a sua opinião com a realidade

    Acrescento ainda que concordo perfeitamente com este comentário: "Quem atirou pedras e petardos aos policias não foram "pessoas em desespero", foram anarquistas que se infiltram nas manifestações e que devem ser severamente punidos, como foram." Não é a primeira vez ,nem será a ultima, que anarquistas e gente de cara tapada vão as manifestações ,com o único intuito de causar distúrbios,incitando a violência e a comportamentos como os de ontem, que em nada contribuem para o desenvolvimento da sociedade.

    E não,não falo baseando a minha opinião nas imagens da tv. Falo com conhecimento de causa

  2. Compreendo a tua posição e consigo claramente entendê-la, até apoiar, porém, também consigo perceber que existe pessoas que neste momento que vivam com demasiadas dificuldades… acredito que isto que acabaste de retratar seja somente uma consequência da conjuntura em q nós encontramos! O desespero por vezes, faz-nos adotar atitudes das quais não nos orgulhamos!

  3. Das duas uma:
    Ou existe aqui algum problema de cognição ou então o Sr.Arrumadinho está simplesmente a arranjar uma desculpa para tomar uma posição, no mínimo, vergonhosa.
    Visto que não esteve na manifestação, não presenciou os factos. Certo. Tomou conhecimentos pelas notícias. Muito bem. Ora, pelas notícias (e o pelo Sr.Ministro) sabemos que foi um grupo de meio dúzia de indivíduos que recorreram à violência contra a polícia de intervenção. Mas, o que ficamos a saber também, e não muito certos mas estão perto dos 50, são os números de feridos e, pior ainda, as imagens de violência indiscriminada sobre TODA A GENTE! O Sr. Arrumadinho esclareça-nos por favor. Está mesmo a defender a forma de actuação policial neste caso?

  4. Anónimo das 21:48,

    Absolutamente absurdo o seu post. Por duas razões:

    1. O Arrumadinho não só é "pai" de um cão, mas também pai de um menino. E esta hein?????!!!!!
    2. Quem atirou pedras e petardos aos policias não foram "pessoas em desespero", foram anarquistas que se infiltram nas manifestações e que devem ser severamente punidos, como foram. Os "inocentes" apanhados por tabela foram avisados e só não sairam porque não quiseram.

  5. Arrumadinho

    Criminosos??

    Olhe, quando for Pai e não pai dum cão e tiver um filhos e quiser dar de comer e não ter nada na dispensa nem emprego, vai ficar a ser mais um criminoso, ou será que não faria de tudo pra prestar alimentos a um filho ou a uma mulher necessitada????

    Tenho pena QB dos policias( Cumprem ordens) mas na multidão, no meio das imagens, será que não estaria algum militar desfardado?? Aquilo que deu nas imagens, é visivelmente, pessoas em desespero.

    Criminosos é uma palavra demasiadamente forte, se acha que é o que viu é crime, então prepare-se, que nos próximos tempos, vai ficar escandalisado com o que irá surguir.

  6. .olhe senhor,ganhe juizo!Atirar pedras aos policias!???Se rachar um,dão-te um emprego,se rachar dois,perdoam a crise,e fica tudo resolvidinho,maravilha!!É por isso que este país NUNCA mais vai a lado nenhum,porque as pessoas acham que em vez de trabalharem para resolverem a crise,devem antes reclamar por subsidios.E claro que não temos governantes que prestem,não temos ninguém com "tomates" para por ordem na casa e só tem feito asneiras,mas a menos que o senhor seja policia,o sr sim,é que fala de barriga cheia,porque os policias sao das classes mais desprotegidas,destespeitadas e mal pagas,e ainda terem de levar com o ressabiamento dos outros em cima não me parece que ajude muito à festa.

  7. Certo,nap concordo com as provocacoes contra a policia. Mas ainda via prior porque a populacao é encurralada, desesperada,torna se violenta. Mas nunca leio textos seus a condenar a politica criminosa este governo. nunca critica a corrupcao. Parece um ports voz do Passos a dizer so povo para deixar de ser piegas e trabalhar…acha mesmo que she as condicoes de Vida dos Portugueses continuarem a degradarem se, vao continuar a serem mansinhos? Pelo menos agradeça as greves violentissimas que lhe deram seu horario de 8 horas e as suas ferias, que nao foram obtidos com palavrinhas mansas.

  8. Certamente que é a atirar pedras à polícia que o país irá sair da crise.

    Tenho quase a certeza que nos noticiários só entrevistarão aqueles coitadinhos e pacíficos manifestantes afugentados pela polícia, pois já sabemos como é a nossa comunicação social, um cancro social e parcial, uma vergonha nacional idêntica a certos manifestantes que têm o prazer de vandalizar tudo o que é público a mando do parasita Arménio Carlos da CGTP. É o país que temos…

  9. Como se os polícias tivessem alguma culpa. Para quem não sabe, os polícias NÃO podem fazer greve. São obrigados a lá estar e só eles sabem também as dificuldades porque passam.

  10. Anónimo das 18.56

    Quem fez greve e foi tratar de coisas pendentes, como diz, obrigando quem não fez a trabalhar mais é para rir certo? Se não fizeram greve foi porque não quiseram… se não fizeram greve e estavam no local de trabalho só tinham de cumprir com o seu trabalho. Ou estavam a espera de comparecer ao trabalho para ganharem o dia mas não mexerem uma palha porque havia quem tivesse feito greve?

  11. Subscrevo inteiramente. Sou um dos jovens que devido ao "fecho deoportunidades" no meu país, teve de optar por sair para construir uma vida. Espero regressar ao meu país um dia mas ficarei sempre triste com acontecimentos destes que só levam a que Portugal fique com má imagem e que tudo continue na mesma.
    Haja consciência que há culpa de todos os lados: Estado e cidadãos.

  12. É uma vergonha. Assim ainda dão mais despesas ao Estado (mais crise!!!) e estragam o que é público, de todos nós (ainda para mais há falta de calceteiros em Portugal!). Por muito revoltados que estejam (eu também não tenho emprego, com duas licenciaturas no curriculum e não me vêm ali!Culpa têm todos os governantes. Não são só estes.), nada justifica a violência gratuita depois vêm queixar-se que levam no lombo…enfim…). Cambada de idiotas!

  13. Criminosos? Nem acredito no que leio, como é possível pensar isso. Pelos vistos foi também fazer uma vénia à Frau Merkel.
    Ainda vai a tempo de arrumar as suas ideias, ao ser despedido e não ter subsidio de emprego.
    Eu fiz greve e tenho orgulho nisso, podem não me renovar o contrato, mas enquanto posso luto pelos "nossos" direitos, pela "nossa" dignidade.
    Vá para a rua e veja a realidade do país, arrume antes as suas ideias (sempre desconfiei destes blogs arrumadinhos)

  14. Agora era apanhá-los e toca a fazer serviço comunitário e ir calcetar a calçada que estragaram. Muita pachorra tiveram os polícias. Bjs.

  15. Concordo inteiramente com o que dizes. Manifestar não é agredir, mas a população portuguesa acha que tem que fazer o mesmo que a grega e a espanhola. Enfim, as coisas estão a piorar de mês para mês e as próximas manifestações deverão ser ainda piores. Quando se começa a entrar nesta onda é muito mau.

  16. Concordo na integra com tudo o que disse. muitos dos grevistas aproveitam os dias em que fazem greve, para resolverem todos os assuntos que têm pendentes, obrigando aqueles que não aderiram a trabalhar mais…. deveriam fazer um exame de conciência avaliando o seu comportamento. não nos devemos esquecer que a nossa liberdade acaba onde começa a do outro….

  17. O arremesso de pedras foi uma pouca vergonha! Estive a ver na televisão e realmente as pessoas não sabem discernir as medidas do governo,do corpo policial que está a cumprir o seu dever. Acabei de saber que houve carga policial… não me admira…

  18. Concordo plenamente. E mesmo quando a policia avança forçadamente devido ao facto de os atacarem fortemente com pedras e tudo mais, continuam a atirar pedras e a arrancar postes. Parece que ainda não chega.

  19. Ainda nao perceberam que perdem a razão agindo como animais? Eu também sou afectada pela crise. Mas nao fiz greve. E sabem porquê? Porque estimo o trabalho que tenho. E mesmo que nao tivesse, nao era a atirar pedras a policias (que provavelmente estão ali obrigados e queriam era estar do lado dos manifestantes, a reclamar os seus direitos de forma CIVILIZADA) que ia mudar a situação do pais.

  20. Criminosos são os senhores que estão dentro da assembleia! Ser jovem e não ser revolucionário é uma contradição genética!
    Que atinjam os polícias é uma pena,pois o verdadeiro alvo "mora" lá dentro!

  21. falas de barriga cheia secalhar,sabes…as pessoas chegam a um limite, 500 pessoas são despedidas por dia em Portugal! Não defendo a atitude, podemos manifestar-nos pacificamente, mas também é normal que o povo não consiga mais controlar-se…é um facto.

DEIXE UMA RESPOSTA