In the Mood For Love? #4

0
6111

Eva D.

“A Eva gosta de cupcakes do Chiado. E nós gostamos da Eva, porque é impossível não se gostar quem gosta de cupcakes e do Chiado.

Ela gosta de andar pelas ruas, de ver montras com as amigas, de conversar sobre aquelas coisas que as mulheres conversam quando se juntam a comer cupcakes no Chiado. São os momentos em que a Eva tenta esquecer o telemóvel irritante que não pára de a chatear com os mil e um assuntos da pequena empresa que criou, e que a obrigam a tomar decisões a toda a hora. Para desanuviar, gosta de pegar na mão da filha, de 12 anos, na trela da cadela, a Pipoca, e de ir caminhar pela praia. Se depois disso puder ir beber um chocolate quente, ou comer uma barra de chocolate, ou qualquer coisa que tenha a ver com chocolate, então, o dia está ganho. Perfeito, só se acabar numa sessão de cinema ou numa primeira fila na plateia do teatro.

A Eva gosta de se rir. E quando se ri é ainda mais bonita. Os papéis dizem que ela tem 40 anos, as fotos dizem que não tem nada, dizem que a Eva tem idade para amar e ser amada. E é isso que vai acontecer.”

eva-duarte3

eva-duarte4

Quem estiver, como a Eva, In The Mood For Love, e quiser partilhar um chocolate quente no Chiado com ela, então, envie-me um mail para oarrumadinho@gmail.com (no subject escrevam ITMFL Eva D.)

1 Comentário

  1. Mas o que sabe aprciar uma LX destas?
    Sabes tanto apreciar como escrever rubrica com acento.
    Ela tem um ar simpático e divertido e é muito bonita, sua cega.
    E nem reparaste no cabelo sedoso nem nos olhos amorosos. Só reparaste de acentuar a rubrica.
    Deixa-te lá de bitaites que de beleza feminina és uma completa nulidade

  2. A Eva tem um ar mesmo simpático e divertido! 🙂

    E gosta de cupcakes e chocolate quente… Espero que encontre um amor docinho para lhe aquecer o coração! 🙂

    (esta rúbrica está a despertar o meu lado lamechas)

  3. Talvez o meu post INMFL predilecto até aqui. Muito fofo, e sem sombra de vulgaridade, cm de resto os outros todos. Meninas, meninos, a praia é segura;) Mas lembrem-se q depois o crivo (e os cuidados), é vosso.

  4. Anónima,

    Não sou anão. Ao longe e de noite, chegam a confundir-me com o Júlio Isidro.

    Podes sempre identificar-te e ires lá deixar uma posta.
    Ou podemos continuar esta conversa por aqui. Afinal de contas, também é o sítio certo.

    Tens bom gosto anónima.

    Dia #4 do Diário na Ásia, aqui: http://simaoescuta.blogspot.com

    E apaixonem-se por mim. Ou peçam tremoços à entrada.

  5. E eu adoro o POC!!! Sou menina e vejo muitas vezes o teu "tasco"… Qualquer dia convido-te para vermos um jogo do Sporting 🙂 ou para apanharmos umas ondinhas 🙂

  6. Inês,
    estás à vontade 🙂
    Eu estou muito bem servida. Obrigada.
    Por isso não me candidato aqui à coisa. Eu adoro as palavras bonitas do arrumadinho. Eles faria de mim uma mulher perfeita 😉

  7. A Regina tire o cavalinho da chuva, porque se pensa que vem aqui para salivar ao Chicolaiev está muito enganadinha, fique a menina a saber que eu vi-o primeiro e por isso se ele quiser dar a facadinha é só comigo e com mais ninguém.
    O que não falta é pasto por aí, sua grande invejosa duma figa.
    Chicolaiev, meu bonitão, estou mesmo a falar a sério. Sou um gaja com 24 anos da mais pura beleza, muito elegante, culta e situação financeira estável. Só te quero mesmo a ti porque me apaixonei pela tua beleza de palavras e de imagem.
    Vou mandar-te mail, AMO-TE! AMO-TE! AMO-TE!

    Inês, tua eterna apaixonada

  8. O melhor disto tudo são as apresentações escritas pelo arrumadinho, porque elas apresentam o lado bom, bonito e romântico. O lado negro, o menos bom, o(a)s candidatos que se esforcem por conhecer e por entender!

    É tão agradável vermos só o lado belo da vida…

    Gosto muito dos comentários masculinos, sobretudo os do Chicolaiev, neste e noutros posts.

  9. Anónimo disse…
    Chico,

    "Li há pouco". Do verbo haver.

    E um "comment" é um comentário. Custa assim tanto?

    —————————-

    Não custa! Vou esforçar-me por escrever unicamente português.

    Os erros fazem parte da vida de qualquer um. Os ortográficos também! E eu sou como "qualquer um".

    (Não serve de "desculpa", mas sempre fui das Ciências e não das Letras.)

  10. Nem todos temos Facebook.
    Eu tenho feito questão de não o ter, depois do ter cancelado há uns tempos.

    Mas sem Facebook, a malta não descobre o meu tasco. Qualquer dia tenho de abrir uma conta.

    Passando à frente, gostei da teoria do Chicolaiev. Eu não tenho uma empresa criada, mas não estou mal. Mas também solteiro. Por isso, ou esta teoria aplica-se a mulheres ou já caiu por terra.

    Arrumadinho,

    Se calhar fazias um texto sobre mim, para eu colocar no tasco. Acho que com essa virtude a teclar, até as mulheres passavam a lá ir…

    Dia #4 do Diário na Ásia:

    http://simaoescuta.blogspot.com

  11. Não quero muito fazer de "Advogado do Diabo" mas…os homens tem tanta culpa como as mulheres!

    Teoricamente somos menos…bastante menos que as mulheres… vivemos menos anos… e ainda levamos com imensos "Não's" durante a vida! Alguém tem que ficar sozinho!!

    É verdade que alguns homens "dormem" e perdem oportunidades unicas. É também verdade que algumas mulheres não deixam os homens aproveitar as oportunidades.
    A mania de querer ser "muito dificil", quando na verdade muitas vezes até se quer aproveitar a oportunidade, deita muitas vezes um momento unico na vida pelo cano a baixo!

  12. Teoria:

    Li à pouco um comment que "só tinha aqui "sugestões" de pessoas bem sucedidas, ricas e com carreiras de sucesso".

    É provavel que as pessoas ocupem uma boa parte da sua vida com essas tarefas e ocupações. Sendo que os "não tão bem sucedidos" tem mais tempo para encontrar o amor na sua vida!

    Não faz das pessoas melhores ou piores o sucesso e prioridades… apenas lhes permite ter mais ou menos oportunidades. Mais ou menos preocupações. Mais ou menos cuidados.

    Parece-me uma boa teoria!

    (eu fico do lado dos "pobres")

  13. Mas que bonita é a Eva… de facto, tem idade para amar e ser amada. Quando comecei a ler, pensei que estivéssemos a falar de uma menina, pelas montras, pelas conversas de amiga, sei lá, por tudo. Portanto, a Eva é jovial. Gostei… boa sorte!

DEIXE UMA RESPOSTA