I’m running in the rain

0
1712

Amanhã é a Corrida do Tejo. Depois de várias semanas a ir aos treinos de sábado, e de me ter preparado razoavelmente durante um mês, estraguei tudo nos últimos cinco dias, em que não corri. É óptimo parar dois dias antes da prova, descansar bem, recuperar totalmente, mas não foi isso que fiz, parei cinco, e isso já é prejudicial. Ou seja, foram por água abaixo as minhas ténues esperanças de conseguir bater o meu recorde aos 10 km, que é, oficialmente, de 40m49s, mas tenho uma marca não registada de 39m47s, que prefiro não contabilizar. Ainda por cima, parece que amanhã vai chover o dia inteiro, o que é mau para correr, mas bom para justificar um fraco desempenho.

A esposa é que anda aqui em pânico, porque nunca correu 10 km e, no último treino, foi apanhada pela dor de burro logo no aquecimento e ficou desmoralizada. Ela só quer chegar à meta – e vai chegar -, mas o pior é que eu terei de estar lá uma meia-hora à espera dela, muito provavelmente à chuva. Se calhar faço como na Corrida da Selecção – depois de cortar a meta volto para trás a ver se a encontro e venho com ela até à meta.

Bom, vamos lá ver como corre.

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA