Foi por isso que quis casar-me contigo

134
15965

Até a noite já quase dormia quando ela me enviou uma mensagem a perguntar: “Ainda estou a tentar perceber como é que quiseste namorar comigo”.

Se lhe explicar tudo num SMS dificilmente conseguirei ir trabalhar. Aliás, acho mesmo que os telemóveis devem ter um qualquer limite de caracteres que me impede de escrever tudo o que sinto. Por isso, em vez de me pôr a carregar em teclazinhas irritantes e pequenas prefiro martelar no meu teclado.

Quis, e quero, namorar contigo…

porque me fascinas
porque me prendes
porque me fazes rir
porque és culta
porque me surpreendes
porque gostas de mim
porque às vezes és miúda
porque às vezes és adulta
porque me ensinas coisas
porque me fazes querer ir mais além
porque me entusiasmas
porque és apaixonada
porque te entregas
porque és uma impaciente divertida
porque escreves tão bem
porque queres viver a vida com intensidade
porque és desafiante
porque tens pinta
porque gostas de brunchs junto ao Tejo
porque queres conhecer o mundo comigo
porque dás uma alcunha ao teu carro
porque gostas de sonhar
porque és imperfeita, mas pouco
porque te revoltas
porque és ternurenta
porque tens um corpo deslumbrante
porque amas o “In the Mood for love”
porque vibras com o Benfica
porque gostas de adormecer nos meus braços
porque és lutadora
porque fazes 50 coisas ao mesmo tempo
porque queres ir comigo escolher candeeiros
porque aceitas que eu seja arrumadinho em excesso
porque dormes com uma zebra de peluche
porque já me percebes, até nos silêncios
porque me deixas ansioso quando não estás
porque gostas de dançar
porque gostas de passar um dia na cama
porque és linda
porque te adoro
porque estou apaixonado por ti.

É por isto que eu quero namorar contigo.

E foi por isto, e muito mais, que quis casar contigo.

 

134 Comentários

  1. À Matilde médica,
    Entendo agora porque é que padece tanta gente nos nossos hospitais. Os médicos estão todos a comentar blogs cor de rosa.
    Aposto que, enquanto gasta rios de teclado a responder a comentários, está algures alguém a esticar o pernil no corredor desse hospital onde exerce.
    Tanto tempo em mãos…

  2. Ah! Que surpresa tão agradável! Sabe que preparava-me para me deitar quando, por mero acaso, dei por aqui uma olhadinha e, maravilhei-me.
    Um beijo e um abraço para mim!? Muito obrigada!
    Para si, menino ou menina, um também com muita simpatia e um abraço.
    Boa-noite e que a noite lhe seja agradável.

    Matilde.

  3. Matilde,

    Um beijo enorme de boa noite… Ah, e um abraço.
    Isto se o meu português for suficientemente perceptível para si.

    M.Y.

  4. Mimada sou, não se enganou. Sou mimada desde que nasci e continuo a ser mimada tanto pelo papá, que pela mamã nem tanto 🙂 como pelo meu Príncipe que me Adora.
    Insultá-la!!?? Oh querida Rute, ainda não reparou que espalho encanto a rodos?
    Noblesse Oblige, linda.

    PS. Já lhe respondi lá em cima.

  5. bem ou eu sou mm muita toto ou idiota de todo….so uma questao: pipoca mais doce e arrumadinho? voces sao casados????lololol e eu a ler vos todos os dias e so agora percebi a pala das botas hunter
    lololol
    nao tou a fazer figura de ursa nao? sao casadinhos? se sim optimo pk mm sem vos conhecer ja fazem parte aki da familia;)
    bjinhos

  6. Despedaçou-me a alma. Nem sabe como lamento o tê-la através da minha humilde dissertação sobre mim, feito despertar tão belos e profundos sentimentos de condolências sobre a minha insignificante pessoa. Estou debulhada em lágrimas. Quase me afogo nelas. Snifff Snifff…:(((
    Sublime e inefável Dona Maria.
    Mas, querida Dona Maria; confrange-se-me o coração, mas não está na minha mão aliviar-lhe tanto sofrimento. Sou mesmo muito bonita e atraente, culta, rica e muiiiiito feliz.
    Sim! Sei que é uma infelicidade a minha posição mas, que quer? Nem todas podemos ser abençoadas por rapar o tachinho em detrimento do restaurante ***** , termo-nos de contentar com umas humildes sandálias, (a modos como as do pescador), em detrimento dos saltos altos louboutin, nem todas podemos, oh! Infelicidade ingrata tão dolorosa; cozinhar as couvinhas para o macho exigente ao invés de ter uma cozinheira efectiva como tem a minha desprezível pessoa, que ainda por cima como se já não fosse suficiente tamanha desdita ser bonita, elegante a espalhar radiosidade por este mundo, ainda tem para completar semelhante infelicidade, um Príncipe encantado que a adora, que se maravilha com ela, que lhe abre a porta do carro, que lhe puxa a cadeira, que lhe ajeita com mimos, a roupa na cama, que a devora de beijos e lhe diz que ela é linda e lhe traz o pequeno-almoço à caminha.
    Pronto, Querida Dona Maria; não tenha mais peninha de mim que nada consegue minorar a minha infelicidade.
    Nasci para sofrer e já me conformei com a minha triste sorte. Nem todas podem ser felizes como a Dona Maria a lavar a sua roupinha numa celha, não é, querida?
    Vou chorar mais um bocadinho a minha triste desdita.
    Snifff snifff. Buaaaaaaaaa´!!!

  7. eu compreendo porque namoras e casas te com ela..

    Não compreendo é o que ela viu em ti;-)

    Sabes fiquei com a esperança de voltar a amar…….obrigado
    erva doce

  8. Matilde dear, how about a nice big hot steaming cup of SHUT THE FUCK UP?

    Normalmente sou uma paz de alma que quando lê comentários ridículos ignora, mas a Matilde ultrapassa claramente os limites e conseguiu atingir-me o nervo. Mas sabe que mais…de si, querida, tenho PENA. E esta é a maior e última importância que lhe darei. Não contribuirei mais para essa sua ridícula necessidade de atenção.

    (Arrumadinho, peço desculpa se de alguma forma fomentei esta pobre criatura a continuar a comentar o seu blog. Fica aqui a promessa que não o farei novamente! E já agora, muitos parabéns pelo blogue e pela sua ligação fantástica com a Pipoca! Gosto muito do blogue dos dois! 😀 Maria*)

  9. AHAHAHAHAHAH Querida Matilde, esqueceu-se de referir que para além de linda, rica, nova, perfeita e blá blá blá também é HUMILDE! -.-' (Que curiosamente rima com Matilde…já viu? Impecável! Agora sim, a sua lista está completa!)

  10. Arrumadinho: muito bonito. Gostei de ler. Palavras a transbordarem amor sem o evocar. Muito bonito mesmo.

    Certos comentários depreciativos servem apenas para aumentar o nr. de visitas, e de comentários também, alimentando polémicas, picando este e aquele, quem sabe propositadamente ou não… a mim, nesta noite de insónias, serviram para me entreter uns bons minutos, que não julgo perdidos 🙂

  11. TIAGUINHO.
    Com certeza não vai, ou dar laivos disso, menosprezar a minha inteligência, pois não?
    TIAGUINHO, esta gaja sugere-lhe que
    deixe isso para as gajas, que, pelo mais que evidente aqui exposto, coitadas das desvalidades; tirando o look e a fashion pouco mais se lhes tira daquelas cabecinhas.
    QI à parte, com elas posso bem e arrumo-as para escanteio num ápice. Com o TIAGUINHO, e pela sua simpatia, acha que merece a pena?
    🙂
    Agora tenho mesmo de ir fazer ó-ó.
    Tenha também uma noite agradável.
    🙂

  12. Matilde: não se esgote. Nem no vocabulário, nem em pensamento. Eu já me ri com os seus textos e os seus conteúdos. Está ressabiada a menina e comcerteza vai responder a este comentário. Isso divirta-nos LOL… TIAGUINHO

  13. Matilde: não se esgote. Nem no vocabulário, nem em pensamento. Eu já me ri com os seus textos e os seus conteúdos. Está ressabiada a menina e comcerteza vai responder a este comentário. Isso divirta-nos LOL… TIAGUINHO

  14. Para este sublime Anónimo, que pelo teor de ressabiamento explícito estou mais inclinada que seja uma prendada Anónima.
    Pela Teresa não sei, por mim sei perfeitamente quem sou, por onde ando e o que faço.
    Não conheço o Arrumadinho nem a Pipoca, tão-pouco sabia da existência deles e quer acredite ou não, caí aqui absolutamente por acaso. Vim trazida por uns ventos laterais, empurrada daqui, puxada para ali, ora imergindo além e, pasme-se mundo. Sem saber muito bem como, heis-me emergida aqui.
    Acaso, viu?
    Não pensava, confesso, espalhar tanto o meu encanto e esplendor; mas ressabiadas vazias de conteúdo como você, e outras, que tiveram a desfaçatez de se meterem comigo, compeliram-me a que tivesse de as meter nos seus devidos lugares.
    Esse que por direito próprio vos pertece. O da vulgaridade.

  15. a teresa e a matilde devem ser a pipoca e o arrumadinho a comentarem com nomes falsos. VIVA A AUDIÊNCIA. já agora como é que um marido consegue fotografar todos os dias a mulher para o "hoje deu-me para isto"…não há saco. "môr….tira-me so mais uma….espera a carinha tem de estar de lado e a carteira sobre o solto….boquinha sensual e flashhhh, bigada, és um quido. AMO-TE.

  16. cara teresa: lemos porque existem outros post que talvez podem interessas. mas assim como o arrumadinho expos a sua vida, nos tambem podemos expor a nossa opinião, que pode ser bem diferente da do autor? certo? entao o arrumadinho pode achar bonito tudo isto e eu so por ler e visitar o blog tenho de concordar' não posso alertar o arrumadinho que existem tambem mulheres e homens que acham a declaração escusada? cara teresa em que mundo vive…se eu não posso criticar porque se dá também ao trabalho de criticar os comentários dos anónimos?

    deixe lá estar que o arrumadinho por cada visita e por cada comentário vai ganhando uns trocos. Isto não lhe abala o coração.

  17. Olá Sara, ainda bem que percebeu. Afinal nem todas são cabecinhas de galinha como a esmagadora maioria feminina que borboleteia por tudo que incandesce.
    Compreendeu a Sara e compreendeu o Arrumadinho, que, a não ser assim, há que tempos já me tinha vassourado daqui para fora. 🙂
    E muito ao contrário das cabecinhas d'alho chocho aqui residentes que se insurgem por o Arrumadinho ter feito esta demonstração pública de amor à sua mulher, que, coitadas, não sabem mais e reprovam o post justamente por ele ser público; eu acho uma coisa linda num homem que verdadeiramente ama a sua mulher. Se ama e o declara publicamente, correndo os riscos inerentes, sequelas, quiçá irreversíveis provocadas pelas ignaras mentes femininas que aqui se manifestam em profusão, esse homem é um valente, um cavaleiro pugnado contra o mundo pela sua Dama.
    Mas, coitadas; tirando o look e a fashion, é uma dor d'alma vê-las ficarem-se mesmo por aí.
    Só nisto brinquei, porque no resto é tudo verdade. Sou quem sou e como sou, amo e sou amada pelo meu Príncipe adorado que nos fins-de-semana me leva o café à cama e me desperta com beijos.

    beijinho para si
    🙂

  18. A Matilde está a fazer este post!!! Ahah Demais! Isto porque o post propriamente dito não me impressionou nada. De resto como não impressiona nada quando a matéria é "o casal", que, não raras vezes, me parece ridículo. Mas Matilde, independentemente, de ser o que realmente diz ser, já me valeu umas boas risadas!! Mas o povo está todo emocionado e nem se apercebe! Muito bom!

  19. já agora….esqueci-me de acrescentar no comentário anterior quem são as leitoras que andam aqui a exigir o AMO-TE. Talvez as excite. Assim é compreensivel.

  20. Arrumadinho: com este post fiquei a perceber que anda por ai muita mulher necessitada de afectos. Sou mulher e ao ler este post fiquei sem jeito por achar que perdeu o encanto ao partilhá-lo com centenas de pessoas. Pelo menos comigo. Acho que sim…que pode gostar da sua mulher…que sim…pode-nos dizer…e principalmente dize-lo a ela….mas não seria esta uma mensagem só mesmo para ela…porque tanta necessidade de exposição. perdeu o seu encanto.enfim é a minha opinião.Não gostei de o ler. Se calhar por tambem ter alguem…que tambem me dedica palavras e por achar que por egoismos são so para mim. assim fazem mais sentido. mas o que mais me desagradou foi ver a "gancia" de tanta mulher ao ler o seu post. como se de uma golfada de ar se tratasse. Caramba o que andam a fazer as mulher e os homems deste pais. mulheres exijam aos vossos homens palavrinhas jeitosas…não se contentem com posts. Homens mexam-se….

  21. Antes de mais parabéns pelo post!

    Fico triste em ler todos estes comentários, e aqui vai um conselho: Se querem ser respeitados, dêem se ao respeito primeiro.

    Todos temos direito à liberdade de expressão, e somos livres de dar as nossas opiniões, mas acho que o conseguimos fazer sem faltar ao respeito a ninguém.

    Este post devia ser para nos relembrar o porquê de amar- mos os nossos respectivos/as companheiros/as, e em vez disso perdem tempo a criticar as opiniões alheias, perder tempo com algo sem qualquer importância, enquanto esse tempo podia ser passado a amar.

    Porque no fundo não é esse o tema deste post? AMAR.

  22. Podem ser "palavras banais" (words are noting but words), mas se ditas com sentimento são as mais bonitas 🙂
    Adorei a declaração/constatação 🙂
    Quanto ao resto, get a life.
    Beijocas

  23. Caro Anónimo M.Y.
    Quando se critica ou se corrige alguém, deve-se primeito ter o devido cuidado de, pelo menos como mínimo exigível, saber-se expressar na língua em que se o faz.
    O seu português não é de molde a que o compreenda.

    Passe bem.

  24. Para a Lily's Rags.
    Esta senhora, que não personagem, diz assim a essa criatura farrapeira:
    Saiba a querida que não me impressiona a sua fashion, que a menina pensa ser o máximo, e se algum interesse me merece é pelo ridículo a que se expõe. Conheço muitas do seu género, pobres coitadas vulgares, cujas fúteis cabecinhas pensam que se valorizam com palavras e posts ridículos como o seu. Tenho tanta peninha de si que estou aqui debulhada em lágrimas.
    Mas eu compreendo-a querida, Oh se compreendo! Faz uma visitinha a um blog de notoriedade, comenta de acordo com o que pressupõe ser do agrado do proprietário, como aliás, outra coisa não podiam fazer uns miolinhos de galináceo, na esperança de ser notada e admirada.
    Seria hilariante se não fosse comiserativo, sabia?
    Sou aquilo que disse ser, e se nalguma coisa exagerei for ter pecado por comedimento.
    Sou tão bonita e atraente que às vezes, quase sempre, quando tenho que participar em festas ou eventos culturais; e outros, até nem me arranjo muito bem nem me maquilho convenientemente só para não melindrar as outras. Aliás, fui tão favorecida pela natureza que nem me maquilho quase nada, pois até penso ser um pecado e não vá Deus castigar-me.
    A classe, minha querida, quando se nasce com ela é imutável. Sabia?
    Por que se admira de eu ter um pai rico? Tenho e o papá dá-me tudo. Tem mal?
    Ah! Preocupe-se com o seu QI e deixe o meu descansadinho, que, graças a Deus, não sou carenciada. Já o seu, pois, vê-se pela bonita samarra que enverga, que a querida chama pomposamente de colete Zara, que só lhe faltam as ovelhinhas para parecer a pastorinha da serra.

    Passe bem.

    Isabel.
    Respondendo à tua pergunta, não sou uma insensível ao flagelo da humanidade. Contribuo, querida; muito mesmo.
    Com algum dinheiro e muito com o meu trabalho voluntário onde ele é necessário.
    Sabes onde passo as minhas férias? Exactamente, linda. Onde a desgraça e miséria prolifera.
    Se não fores uma fútil vazia como a Lily's Outfil, deves saber onde.

  25. LLLLLOOOOOOOOLLLLLL

    Em primeiro lugar este texto é razoável. Para quem está apaixonado/a é sempre bom ler estas coisas acerca de nós, as mulheres adoram saber o porquê de gostarem de nós!

    Em segundo lugar, por favor, não digam que isto é Fernando Pessoa, nem me acredito que o próprio Arrumadinho compara este poema aos poemas de FP! Por favor!!! Este é um texto que todos nós sabemos escrever (espero eu!) o que conta aqui são os sentimentos…

    Em terceiro lugar, a personagem Matilde é ESPECTACULAR!!! "Sou mesmo rica, muito muito bonita.. o papá dá-me tudo.. e vcs tb têm de me dizer que tenho razão senão vou chamar o papá!" looooooooool

    M.Y.

  26. Então Matilde?!Não queres partilhar um pedacinho desse dinheiro aqui com o pessoal? Pela quantidade de vezes que dizes que és rica…

    Um texto escrito por alguém apaixonado… Parabéns!

  27. Toda esta personagem "Matilde" é alguém a gozar lol porque ninguém com um palmo de testa diz "sou bonita, nova, linda e o meu papá da-me tudo". WTF? loool isto é tão mau e estúpido que nem sei por que ponta pegar. Se fosse médica era, no mínimo, inteligente e com a cabeça em ordem. Todo o comentário não tem qualquer ponta de lógica daí ver-se logo que é alguém a gozar porque ninguém diz à boca cheia "o meu papa paga-me tudo" ahahahah
    Mas serviu para uma boa gargalhada agora de manhã na redacção.
    MUUUUUUUUUITO BOM!!!

  28. Toda esta personagem "Matilde" é alguém a gozar lol porque ninguém com um palmo de testa diz "sou bonita, nova, linda e o meu papá da-me tudo". WTF? loool isto é tão mau e estúpido que nem sei por que ponta pegar. Se fosse médica era, no mínimo, inteligente e com a cabeça em ordem. Todo o comentário não tem qualquer ponta de lógica daí ver-se logo que é alguém a gozar porque ninguém diz à boca cheia "o meu papa paga-me tudo" ahahahah
    Mas serviu para uma boa gargalhada agora de manhã na redacção.
    MUUUUUUUUUITO BOM!!!

  29. Toda esta personagem "Matilde" é alguém a gozar lol porque ninguém com um palmo de testa diz "sou bonita, nova, linda e o meu papá da-me tudo". WTF? loool isto é tão mau e estúpido que nem sei por que ponta pegar. Se fosse médica era, no mínimo, inteligente e com a cabeça em ordem. Todo o comentário não tem qualquer ponta de lógica daí ver-se logo que é alguém a gozar porque ninguém diz à boca cheia "o meu papa paga-me tudo" ahahahah
    Mas serviu para uma boa gargalhada agora de manhã na redacção.
    MUUUUUUUUUITO BOM!!!

  30. Toda esta personagem "Matilde" é alguém a gozar lol porque ninguém com um palmo de testa diz "sou bonita, nova, linda e o meu papá da-me tudo". WTF? loool isto é tão mau e estúpido que nem sei por que ponta pegar. Se fosse médica era, no mínimo, inteligente e com a cabeça em ordem. Todo o comentário não tem qualquer ponta de lógica daí ver-se logo que é alguém a gozar porque ninguém diz à boca cheia "o meu papa paga-me tudo" ahahahah
    Mas serviu para uma boa gargalhada agora de manhã na redacção.
    MUUUUUUUUUITO BOM!!!

  31. Teresa; não interfere nada, claro.
    Mas tive de dizer isso porque é verdade. Sou mesmo muito bonita e licenciada, sou médica, só não sou muito rica porque trabalho há pouco tempo, mas sou rica na mesma porque o papá não nega nada à sua menina. Viu?
    Disse isto porque vim aqui pôr um comentário ao Arrumadinho, ele respondeu-me com educação, mas vieram logo todas as meninas amigas a criticarem a minha opinião, a dizerem que,- Ah! Coisa e tal, não se pode colocar um post de amor para a mulher que vêm logo as ressabiadas cheias de inveja a criticar"
    ~Por acaso sou loira, mas não sou…loirinha para não ver que estavam a falar de mim.
    Se calhar é mentira, é?
    Por isso é que disse quem era para ficarem a saber que não sou nenhuma desvalida da sorte com uma mão à frente e outra atrás.
    E volto a repetir, que é para ficarem bem elucidadas, se não acreditarem o problema é vosso, azarucho; que sou muito bonita, atraente, médica, 33anos, muito bem casada e o meu pai é rico e dá-me tudo.
    Passem bem.

  32. @Matilde,quando diz que é nova,bonita ,licenciada e rica,pergunto em que é que isso interfere com os sentimentos?????? E não se esqueça de uma coisa,Nova,não vai ser Sempre!!!

  33. Mtº.BOA NOITE!!!
    Ontem, á noite, feita a leitura do texto, fiquei paralisada de emoção,procurando, ansiosamente, uma ou mais palavras que pudessem descrever a amálgama de ideias em turbilhão.
    Ex.surpreendente, magnífico, sentido, etc.

    Hoje,à noite, depois de algumas leituras do texto,em busca de detalhes, que me pudessem melhor conduzir.
    Espreitei os comentários e senti desconforto e nudez ao ler
    tantas e vastas opiniões de desconhecidos.
    Difícil é e será sempre escrever ou ler, virtualmente, na 1ª.Pessoa (eu). Timides, ou quiçá dificuldade em partilhar intimidades.
    BeijK.

  34. Olá Arrumadinho:)

    É a primeira vez que comento um post seu apesar se seguir o blog. A verdade é que deve ficar orgulhoso de fazerem as pessoas reflectirem sobre o que é o amor…Parabéns!!Porquê dizer "amo-te" se todos os seus "porquês" representam exactamente isso!:)

    Aproveitem os blogs para criticar/reflectir de forma critica e construtiva, não percam tempo a "estragar" o momento!

    Mais uma vez Parabéns:)

    beijinhos

  35. Lindo, O Amor é LIIIINDO!!!! Parabéns por se terem encontrado!!!!

    ÀS Invejosas de Merda do costume: Roam-se de Inveja suas lambisgoias de meia tigela que se tivessem uma vida própria, não tinham tanta energia a desejar mal ao próximo! Era dar-lhes com um gato morto nos olhos, até ele miar!!!!

    Mulas!!!

  36. Ó Matilde, sinceramente esse seu comentário dirigido a mim…não percebi. Mas eu alguma vez me referi a si? Ou por acaso chamei nomes a alguém? Quando eu me refiro às más-linguas estou-me a referir a vários comentários de vários posts de Arrumadinho e garanto-lhe que nem sequer me referi ao seu. A não ser que tenha havido outra Teresa a comentar este post. Acho que a Matilde foi muito indelicada sem motivos, ainda para mais quem se diz licenciada. Ah… e rica!Bom para si.Também sou licenciada, não sou rica nem linda mas sou muito feliz. Sinceramente não sei porquê esse seu último comentário! Nunca me referi aos seus comentários! E ainda me chamou desvairada ou lá o que foi. Juro que não percebi a sua reacção.

  37. "Para si e para outras desclassificadas como você, tenho-lhe a dizer que: Primeiro sou nova, bonita, licenciada e rica."

    LOL. enfim!

    *palavras fantásticas as suas, Arrumadinho.

  38. Mulheres deste Portugal vocês namoram/casaram com quem? Se este 'tanto' é algo com que algumas de vocês sonham deixem-me dizer-vos que se contentam com muito pouco. Por amor da santa.

  39. Que gentinha fraca… mas é mesmo preciso dizer amo-te para que esta linda declaração se torne válida? Aposto, vários dedinhos, que a maior parte das resabiadas que sentiram falta dessa palavra nunca a ouviram de forma verdadeira.

  40. Onde é que a Teresa vê ou lê inveja ou ressabiamento, e ainda, maldizer? Também um descarregar meu de frustrações camufladas?
    Limitei-me a opinar sobre o que subjectivei das palavras do Arrumadinho. E não fui com certeza malcriada nem menos educada porque a respposta que recebi do proprietário do blog não foi indelicada nem menos correcta.
    Para si e para outras desclassificadas como você, tenho-lhe a dizer que: Primeiro sou nova, bonita, licenciada e rica.
    Segundo sou casada com quem amo, sou feliz e realizada.
    E para terminar, tenho ainda a dizer-lhe que: Quando alguém conversando comigo, usa e abusa do pronome pessoal "EU" na primeira pessoa desfiando um rosário de sagradas virtudes, essa pessoa não me merece grande crédito. Que é o seu caso e de outras desvalidas como você.
    Entendeu!?
    Passe bem.

  41. O Ramalhete,

    Certo. Mas o amor também é isso, é permanecermos crianças eternamente.

    Dito por um gajo que achava O Arrumadinho um blogue um bocado efeminado…

    Não chorei, até porque tinha coisas para fazer, mas sei constatar que foi bonito e que qualquer mulher adora.

    Matilde,

    Amo-te é o resumo de todas as frases juntas. Estar ou não estar…é quase o mesmo.

    http://simaoescuta.blogspot.com

  42. Deixem lá a Ana, agora ela não pode dar a sua opinião. Se não for da mesma, já não serve. Santa paciência.

    PS: Vim cá, porque ouvi dizer que havia um novo Fernando Pessoa..

  43. Ah…e os Ena Pá 2000 têm uma música maravilhosa que costumam cantar às que se auto-intitulam de "Lady"….AHAHAHAHAH (Peço desculpa, Arrumadinho! Não quis deixar de partilhar a maravilhosa gargalhada que dei com a associação mental que me ocorreu..)

  44. Ahahahah Não há palavras para descrever os comentários das pessoínhas invejosas e ressabiadas… só posso mesmo ter pena e rir-me..porque dar importância já era de mais. MENOS IMPORTÂNCIA, MARIA! MUITO MENOS! XD

    Arrumadinho..PARABÉNS! Vocês os dois para além de serem super giros e inteligentes, ainda se encontraram um ao outro! Brutal! E para isso não há mesmo palavras…só posso ficar extremamente feliz por vocês 😀

  45. @leitora que insiste no amo-te.
    O Homem que mais vezes disse que me amava, andava com outra ao mesmo tempo. Words.
    (tá muito bonita a sua declaração, e se lhe apeteceu partilhar é porque não tem vergonha dos sentimentos nem nada a esconder)
    Credo há povo muito ressabiado.

  46. Cara Ana,
    Não querendo entrar em rivalidades inúteis e despropositadas por causa de palavras mal interpretadas, não tem qualquer direito de menosprezar aquilo que as outras pessoas dizem que sentem. Se pensa que é mais que alguém por achar, pelo menos pelo que disse, que não há ninguém melhor que Pessoa, deixe que lhe diga que que então eu também sou mais do que alguém, porque a meu ver é provavelmente o melhor escritor de sempre, não poeta, porque Pessoa não foi só poeta.

    Reveja bem os comentários que faz àquilo que as outras pessoas dizem, porque a comentada aqui não sou eu, mas o post do Arrumadinho. 🙂

    Fique bem.

  47. Muito sinceramente as pessoas levam muito a sério a palavra "amo-te". Cada um dá o sentido que quer, mas há uma frase bastante interessante e talvez das que mais me tocou até hoje. "Eu amo-te mas já não gosto de ti". E uma coisa é certa, o primeiro é incondicional, o segundo não.

  48. Romântico… Só fico parva com certos comentários que aqui leio! Deve haver muita gente infeliz para se dar sempre ao trabalho de maldizer! Se não gosto porque lêem sempre o blogue?Perdem tempo com má-língua!Se é piroso? Talvez… mas acho tão bonito quando alguém perde uns minutos para se declarar à pessoa que ama!E viva o Amor! Parabéns Arrumadinho!(é a 1ª vez que comento simplesmente porque me irrita esses anónimos que para aqui vêem destilar ódio!…)

  49. Arrumadinho.
    Não sei. Acredito que casasse com ela por amor. Não tenho motivos nem o direito de duvidar do que diz.
    Mas de tanto que disse sobre os sentimentos sobre a sua mulher, não disse uma única vez que a amava.
    Não pense que é o despeito ou inveja que me faz falar assim. Sou casada e sou feliz, mas não alinhava muito se o meu marido, quando namorado, me viesse com essa conversa.
    O que me levava ao céu…e leva, é ele dizer-me, sentidadamente, que me ama e que nos meus olhos se afoga.

  50. Eu só lhe pedia que não levasse muito a sério quando lhe dizem que depois da poesia de Pessoa, só os "poemas" do arrumadinho… menos, meninas… muito menos.

    Ana.

  51. Matilde. Acho que foi a única pessoa que não percebeu o post. Os amo-te dizem-se todos os dias, pelo menos cá em casa. Isto são algumas das muitas razões que me fazem amar a minha mulher – se não a amasse não me teria casado com ela, não acha?

  52. Belíssimo por demais e, arrisco dizer, belo também.
    Partilhar a sua intimidade assim, sem medo do elogio fácil e em catadupa, de coração tão rasgado e perene de amor, deixa qualquer uma como eu à beira do cataclismo emocional.
    E sim, Fernando Pessoa é pouco para descrever a emoção que me proporcionou com o detalhe do Brunch à beira tejo, ou da zebra no leito. Lindooooooo

  53. Nem uma vez disse: Porque te amo.

    Porque isso do és linda, porque te adoro, estou apaixonado, és a maior, a melhor, e blá blá blá é tudo conversa da treta, banal, corriqueira, sempre igual. Gasta de tanto ser ouvida

  54. Um homem que sabe escrever é outra pinta… Arrumadinho, gosto muito da abordagem que faz dos temas. Vê-se que não tem medo de parecer "maricas", como temem alguns homens, ao expor sentimentos ou pensamentos sobre moda, relacionamentos, desporto. O que não percebem é que nós, mulheres, procuramos é isto! Sem mais.

  55. O Amor é liiiinnnnnnddddoooooooooooo!
    E tu és daqueles homens como há poucos que não têm medo de exprimir e mostrar o que sentem! Parabéns!

    Maura

  56. É possivel dar-me o nome e o local do sitio junto ao Tejo onde fazem os brunchs, gostava de poder levar as minhas princesas num Domingo. Obrigado

  57. Este post tenho que comentar…fabuloso esse sentimento, fabulosa essa capacidade de pôr no papel esse sentimento.Ainda bem que existem homens assim, e mulheres ainda capazes de despertar o que de melhor os homens têm!Muito obrigada!

  58. Nice. Obrigada, Arrumadinho, não sendo estas palavras para mim sei que o meu marido usá-las-ia para descrever o amor que me tem (só que não é lá muito bom a expressar-se).

    Três anos dos 700 que ainda vos falta juntos, não é? O início do caminho é longo mas vai melhorando, melhorando.

  59. Assim não dá. Vou ter que deixar de vir a este blog, pk vou querer um rapaz que me saiba surpreender, acarinhar, falar, escrever, mostrar e amar desta forma…pura, simples e perfeita 🙂

  60. Eu queria só perguntar se há mais homens disponíveis no sítio de onde veio este… É que eu queria um para mim, e não andam por aí à solta na rua! =/

    Be happy, Arrumadinho e Pipoca =)
    Merecem-se tão bem!

    Sweet*

  61. Foi provavelmente das coisas mais simples e bonitas que li até hoje! Desde que me lembre só Fernando Pessoa me tinha feito vir lágrimas aos olhos por conseguir colocar em palavras aquilo que muito poucos conseguem sequer pôr em sentimentos. Oxalá ela continue a ser tudo aquilo que te apaixona (e com crteza tu a ela). Oxalá sejam sempre felizes!

  62. Magnifico. E quantas e quantas Mulheres merecem ouvir/ler isso,e nunca tem essa oportunidade porque os respectivos nao o fazem por diversos motivos. Que assim continue para voces sempre

  63. 1ª vez que comento e 1ª vez que choro a ler um post seu.
    Muito bonito, obrigada por partilhar. Tenho a certeza que a Pipoca deitou mais uma lágrimazita a relembrar o texto.

DEIXE UMA RESPOSTA