Dia de esqui

0
2820

Nos tempos de solteiro, era certinho que todos os anos fazia umas férias de neve. Nuns anos ia para Andorra, noutros para a Serra Nevada. Fui com amigos da faculdade, amigos do trabalho, com irmãos, e foram semanas sempre memoráveis. No ano antes de me casar ainda consegui ir até à Serra Nevada, apesar dos receios da então candidata a esposa de que eu esbarrasse propositadamente numa sueca mamalhuda (infelizmente, nunca aconteceu).

Depois casei-me e pronto, acabou-se a neve. Os dias de férias são demasiado curtos para tantos passeios, que tirar uma semana para ir à neve tornou-se impossível. As minhas botas (curiosamente, presente da esposa, que ironia) já estão a ganhar pó há quase três anos, os fatos de neve devem andar perdidos pela arrecadação, enfim, uma tristeza. Mas tudo isto para dizer que, amanhã, acaba-se o enguiço: vou esquiar.

Quando anunciei isto cá em casa, há minutos, a minha mulher arrebitou logo as orelhas.

– Esquiar como? E onde? E com quem? Mas não está a nevar! Estás a gozar”.
– De manhã, vou apanhar um avião para Granada, vou passar o dia a esquiar na Serra Nevada, e volto ao final do dia.

Ela ia tendo um colapso.

– Mas isso é trabalho? Mas vais e vens no mesmo dia? E vais com quem? E como? Estás a gozar.
– Sim, estou. Vou mesmo só até ao Amadora Ski&Skate parque.

E é verdade. E um pouco triste. Mas, ainda assim, deve dar para desenferrujar.

1 Comentário

  1. Não gosto de neve e ainda bem que o meu marido também não (depois de partir uma costela a malhar em snowboard). Sugiro o parque de neve do Xanadú, Madrid. Parece-me uma porcaria mas está sempre cheio, algo bom deve ter.

  2. Eu tenho o problema oposto, adorava experimentar mas o meu fofinho não gosta de coisas radicais… Montanhas-russas, rapel, carroceis de feiras populares, zero. O máximo que ele conseguiu este ano foi paintball e umas diversões na disneyland paris (mas nada de montanhas-russas!). Ainda tenho esperança de experimentar esse mundo que é a neve, a ver se não morro estúpida 😀

  3. Eu tenho a felicidade de adorar esta prática, qdo conheci o meu marido nunca tinha praticado,no começo achei chato, resolvi fazer uma aula com um prof de ski, apanhei.lhe o jeito e agora ñ passo sem… e o marido agradece!!!

  4. Boa sugestão!
    Vou mandar o maridão louco por ski à Amadora.
    Ele conta quase a mesma história. Em solteiro ia(mos) sempre uma semana para Andorra. Depois de casados ainda fomos uma vez, depois foi ele só uns fim de semana com amigos para Serra Nevada, enquanto eu ficava cá, Grávida! Ao fim de 3 filhos, só no ano passado conseguimos ir todos até à Serra da Estrela, mas ainda não foi desta que retomamos(ou) o ski.
    Fica a sugestão da Amadora para matar saudades!
    vidademulheraos40.blogspot.com (http://vidademulheraos40.blogspot.com/)

  5. Também fiz ski na Sierra Nevada durante 20 anos,e em Andorra e na Suiça durante 7 anos ( e não sou velha simplesmente comecei a skiar aos 8 anos) porém, antes de casar, levei o meu namorado e ensinei-o para depois me poder acompanhar senão arriscava a nunca conseguir ir se ele não gostasse também!No entanto, como nos últimos 3 anos não pude ir devido ao facto de ter uma criança pequena, mas como sinto muito a falta desse "ambiente", também já fui espreitar esse parque na Amadora que realmente, só de olhar, já é uma desilusão!

  6. Pois eu tenho o mesmo problema cá em casa, não suporto neve. Experimentei uma vez e achei horrivel. Eu sei que sou eu que não sou normal, porque pelos vistos sou a única. Mas nunca se pôs o problema dele não fazer o que gosta e todos os anos lá vai com as miudas que também são loucas por neve, até Chamonix, 10 dias a escorregar no gelo.

DEIXE UMA RESPOSTA