As demissões de Portas, Soares e Cristas (ou o início do fim)

38
5641

Ontem falei de demissão de Gaspar, hoje falo das outras que se seguiram, de Paulo Portas, Pedro Mota Soares e Assunção Cristas, os ministros do CDS, que, com esta posição, põem fim à coligação governativa e, inevitavelmente, ao Governo.

Paulo Portas é um dos políticos mais hábeis, espertos e inteligentes em Portugal. E isto, mesmo parecendo, não é um elogio. Porque para se ser um político hábil, esperto e inteligente é preciso saber fazer muito jogo sujo, ser muito populista, demagogo e falso, porque a política tem muito de tudo isto. Em sentido inverso, e para que se perceba, Manuela Ferreira Leite é das políticas mais inábeis, menos inteligentes e menos espertas a fazer política, o que, claro, é um elogio, porque a vejo como uma mulher honesta que tem problemas em mentir e jogar baixo.

Portas entrou para esta coligação de Governo, precisamente, por ser um político esperto e com um instinto de sobrevivência tão apurado quanto o de Santana Lopes. Ele soube ajudar a derrubar o Governo de Sócrates, soube preparar o terreno junto de Passos Coelho e soube escolher a hora em que deveria atacar. Da mesma forma que, agora, sabe exactamente qual é o timing certo para saltar do barco (ao melhor estilo ratazana), quando este anda à deriva e em risco de afundar, fazendo passar a ideia que o faz porque discorda do rumo definido pelo capitão, querendo exibir essa imagem cá para fora, a de um homem sério que está ao lado do povo, que se identifica com as causas populares e as reivindicações vindas da rua. Portas sabe que esta decisão de retirar o CDS da coligação irá, inevitavelmente, levar a eleições antecipadas, a que Portas se candidatará, acredito, como parceiro de coligação do PS, hasteando a bandeira do salvador da pátria, do homem que se demitiu em desacordo com as política do anterior governo, como o homem que fez cair o tirano Passos Coelho, sacudindo todas as responsabilidades na coligação governativa, que as tem, como é óbvio.

Recordo que Paulo Portas e António José Seguro estiveram no Clube de Bilderberg, uma reunião secreta de três dias que se realizou há um mês perto de Londres, e que juntou políticos, diplomatas e empresários influentes de todo o mundo. De Portugal, estiveram apenas eles, Durão e Balsemão. Não tenho dúvidas de que muito do que se está a passar hoje foi definido por esses dias, e que Portas tem andado a preparar terreno, a falar com Seguro, a tentar encontrar forma de sair disto por cima, de vestir a pele de salvador para, nas eleições, não ser castigado.

E o timing definido por Portas é perfeito. Esteve dois anos com Passos, sai dois anos antes de terminar o mandato. Consegue dizer que tentou tudo para salvar o País, mas que não o conseguiu por culpa do parceiro. Quer ser o polícia bom, deixando para o PSD o ónus do polícia mau. Quer salvaguardar os seus interesses, os interesses do seu partido, quer assegurar mais quatro anos de Governo, mesmo que isso deixe Portugal numa situação de enorme fragilidade política, social, económica. Isso interessará pouco, já que Portas (e Seguro) irão, como é óbvio, pegar onde todos pegam: “Encontrámos o País na miséria, por isso, não nos podem exigir tudo agora, é preciso tempo”.

Portas sabe que, como as coisas estão, se aguentasse mais dois anos no Governo seria castigado nas eleições, sabe que o CDS praticamente deixaria de existir em termos de expressão eleitoral, teria resultados a rondar os 4 ou 5 por cento. Assim, aparecendo como o herói do povo que pôs fim ao Governo tirano, e tendo como adversários eleitorais um Passos moribundo, um inenarrável António José Seguro, um Bloco sem líder e um Jerónimo de Sousa igual a si mesmo, Portas tem tudo para conseguir um resultado histórico para o seu CDS. E acredito que conseguirá. De uma coisa é certa: ele sabe, como ninguém, liderar o partido, gerir as marés de forma a ultrapassar todas as tempestades. Mas e o País? Isso é o menos, desde que ele possa continuar na liderança e assegurando as pastas para os seus.

Daqui a pouco um post sobre o que aí vem, o que nos espera.

38 Comentários

  1. "hoje falo das outras que se seguiram, de Paulo Portas, Pedro Mota Soares e Assunção Cristas, os ministros do CDS"??? Vamos lá ver… só o Portas se demitiu e vamos lá fazer um texto para actualizar esta anormalidade que foii escrita!!!

  2. Em 98 na expo, estava eu na maratona fotográfica, num dos pontos de encontro, a pensar para mim!!! Agora que Portugal está a evoluir, vou ter um futuro porreiro e ganhar muito dinheiro… Vem o PS com o pobre coitado do Guterres, cortar as fitas e a inaugurar tudo o que o Cavaco construiu. O Durão e o Santana que estão pouco mais de um ano e vem o Sócrates e acaba de estragar o que o Guterres não conseguiu!!! Em 2012 e 2013 está lá o otario do Paços Coelho, que a única coisa que pode fazer pelo País, é que pagar as dívidas que o PS deixou… Como dizia o nosso amigo Guterres 🙂 é só fazer as contas. Convém é fazer bem e sem erros. Adorei a tua crítica e vamos levantar Portugal com a realidade. Abraço. Bruno bd

  3. MUITO BEM VISTO!!
    Ainda dizem que alguns querem se aproveitar deste momento. Não. As pessoas é que têm "amnésia" ou algo parecido. Pois não foi ATACANDO a oposição Socrista (já de si vulnerável e fragilizada como nunca) PROMETENDO agir de forma OPOSTA que Coelho chegou ao poder? E uma vez lá, fez exatamente aquilo que condenava no opositor. LOGO AÍ mostrou do que é feito.

  4. Bom, por esta altura já se sabe que a estratégia era outra: voltar como ministro da economia – sem se saber bem quem ficará então com o cargo de Ministro dos Negócios Estrangeiros e sem se saber quem vai responder pelo incidente com o avião do prisidente da Bolívia.

    Lá vai o cavaco voltar a dar posse a outros ministros… embora que um ao menos, seja o mesmo.

    A mim parece-me que a ideia de fazer uma coligação com o partido da oposição não teria muito por onde se pegar pois por esta altura acho que o papel de "polícia bom" não iria convencer a oposição. Mas como é política e os interesses gerais se elevam, até pode ser. Afinal, não foi o que este governo fez?

    Têm também lá o Cavaco, que os salvaguarda, mesmo não tendo sido avisado da "DEMISSÃO IRREVOGÁVEL" de Paulo submarino Portas.

  5. Pode ser verdade, mas à partida é um post especulativo, um pouco à semelhança dos títulos e noticias que vão aparecendo nos jornais. Ninguém faz ideia da pressão e desgaste que este tipo tem mas sobretudo estes são comentários superficiais, intuitivos, e também um pouco ignorantes. O povo gosta apenas de ter opiniões um pouco sobre tudo mesmo que sejam apenas estéreis banalidades. Fá-los sentir também bem…e importantes.

  6. Discordo totalmente do teor do texto…Acho que a estratégia poderia funcionar se fosse a 1ª vez que Paulo Portas tivesse a tivesse adoptado.
    Agora, já fez o que fez com Manuel Monteiro, depois com Marcelo Rebelo de Sousa, mais tarde com Santana Lopes e agora com Pedro Passos Coelho.
    Como dizia ontem Miguel Sousa Tavares, Paulo Portas já provou que não é tipo de pessoa a quem se pode dar boleia.
    Claro que Portas acha que é muito esperto. Demitiu-se antes do fim de semana do Congresso. Este fim de semana vai ter todo o mediatismo para contar a sua versão dos factos, se vitimizar, dizer que teve sentido de estado e que tinha de parar com esta política de austeridade.
    Mas sinceramente acho que não vai conseguir enganar os Portugueses mais uma vez.
    Acho que Portas politicamente acabou…mas veremos.
    Se conseguir dar a volta por cima, mais uma vez se provará que temos os políticos que merecemos.

  7. Paulo Portas e do ponto de vista politico brilhante…e isso infelizmente para nos!
    Apesar de nao ser defensora do actual governo e de nao me rever na ideologia partidaria, tenho a nocao que as eleicoes antecipadas nao sao o melhor para o Pais neste momento.
    As pessoas ficarao felizes e na ignorancia de que algo ira mudar…a verdade e que muito pouco ira alterar-se pois o problema resume-se a um facto sem argumento: nao ha dinheiro!!
    Tambem eu estaria mais esperancosa se na lideranca da oposicao visse Antonio Costa…infelizmente ainda teremos de esperar mais uns anos para tal pois tambem ele nao deve estar disponivel para se queimar logo no inicio da partida.

  8. "Passos Coelho chegou a este ponto porque, além de ser incompetente, é um enorme mentiroso. Ganhou as eleições a dizer às pessoas que não eram precisos sacrifícios, já que as dificuldades se deviam à má governação de Sócrates. Começou aí a alienar a genuína confiança que as pessoas precisam de ter nos governantes – e minou as condições para pactuar com os outros partidos as melhores escolhas em momentos difíceis, quando ignorava olimpicamente todas as opiniões diferentes da de Gaspar" – Machina Speculatrix

  9. Acho engraçado ninguém comentar ou referir aquilo que mais me ultrajou nos últimos dois dias e que foi o que, aparentemente, conduziu à demissão de Portas: a nomeação para Ministra das Finanças de uma mulher com um historial (ainda por provar sim) de corrupção! O governo tem de ser constituído por pessoas íntegras e de carácter já que tem uma responsabilidade enorme nas mãos, com a agravante de que esta senhora terá também os dinheiros públicos nas mãos. Não podemos permitir pessoas no governo que têm, desculpem a expressão, o rabo preso em negócios obscuros e esquemas de corrupção como aconteceu com Sócrates, Relvas e agora esta senhora.

    Se eu estivesse no governo, a tentar re-erguer este país e o meu primeiro-ministro fizesse esta nomeação para ministro das finanças, garanto-vos que também abandonava o barco! Apesar de saber que as consequências serão desastrosas.

    Desejo seriamente que este governo não caia, que prossiga sem o CDS, pelas consequências que isso terá para o país (o Seguro será a nossa extrema unção porque este povinho não sabe votar em mais ninguém além do típico ciclo de PS – PSD)mas não condeno a atitude de Paulo Portas.

  10. Só não concordo com a parte do Bloco sem líder. Percebo que seja por causa da liderança a dois que tira protagonismo a ambos mas se há quem fale e muito bem são os elementos do Bloco. Semedo, Catarina Martins e Ana Drago, sempre que falam, falam bem. Tocam no ponto que têm de tocar, são claros e pragmáticos. Principalmente Martins e Drago mereciam muito mais crédito e tempo de antena.

  11. E digam me lá uma coisa… Coligação quer dizer a dois? Pq é que o passos governa sozinho? Sem pedir ou sequer levar em consideração o portas? Pois se nao precisa dele ele foi se embora … O passos diz a quem quer ouvir que consegue sozinho… Agora esta como ele sempre quis estar sozinho….

  12. Aqui há uns anos Fernando Gomes (Ex. Presidente da Camara Municipal do Porto) após uma mal sucedida incursão pelo Governo tentou voltar às antigas funções de autarca que entretanto tinha abandonado para rumar a Lisboa. Acontece que os eleitores nunca lhe perdoaram essa manobra habilidosa castigando-o nas urnas e com isto permitindo o aparecimento de um dos únicos bons políticos nacionais, Rui Rio. Recordo esta breve história por comparação com esta traição de Paulo Portas e recordando que a memória das pessoas, ao contrário do que se quer julgar, não é curta. A meu ver Paulo Portas deu um verdadeiro tiro no pé contribuindo para o inicio do seu desaparecimento político. Da minha parte nunca lhe perdoarei esta atitude. Um verdadeiro nojo de gente.

  13. Concordo. Eu, apesar de descrente nos politicos mas simpatizante do CDS, confirmo que enquanto o Portas lá estiver, o meu voto não hão-de ter, por isso, se todos pensarem o mesmo, diria que foi um tiro no pé a demissão do senhor em causa.
    Estou farta de "ratos" de esgoto…

  14. sem ofender a mãe desta ratazana, que é uma grande senhora, que perdeu um filho muito inteligente, e que não gosta da politica deste(dito publicamente) e que nem deve ter muito orgulho nele

  15. Somos todos responsáveis pelo estado do país, pelos governantes que temos. Quem é que nunca se deixou corromper, quando está em causa o nosso interesse. Há muito que penso que nas próximas eleições, e parece que vão ser antes do que eu esperava, todos devíamos ir votar e em branco, mostrando assim que estes políticos não nos interessam. Onde estão os homens de bem e que nos possam liderar para fora deste buraco?

  16. O Paulo Portas e um louco que andou a enganar Portugal durante estes anos todos. Inteligente e habil? Deve estar a gozar concerteza. Agora vamos todos pagar pelas suas ilusoes de poder.

  17. Falares sobre a reunião do clube Bilderberg só mostra como sabes do que falas e o quão perspicaz és. Esse 'clube' tem ditado quem nos governa. Quem lá está presente, mais tarde ou mais cedo, acaba a ter uma posição importante neste País. Muito me assusta pensar que José Antonio Seguro lá tenha estado. E eu não sou uma pessoa dada a teorias da conspiração mas é só ir ver quem esteve presente em reuniões passadas…

  18. Mais uma vez, concordo plenamente com tudo o que aqui foi escrito! O país para o Portas e muitos mais não passa de uma carcaça velha e eles são os abutres a rondar para ver quem fica com os restos…e por consequência acabam com o pouco que já resta do nosso querido Portugal!!

  19. Mais uma vez, concordo plenamente com tudo o que aqui foi escrito! O país para o Portas e muitos mais não passa de uma carcaça velha e eles são os abutres a rondar para ver quem fica com os restos…e por consequência acabam com o pouco que já resta do nosso querido Portugal!!

  20. Este post define tão bem o tipo de políticos que temos e as jogadas de bastidores que deveria ser lido por todos os portugueses, especialmente os que têm memória curta e que acredito que votem no CDS nas eleições antecipadas (mais que certas) que aí vêm.

  21. Não é a primeira vez que Portas tira um tapete e derruba um líder, já o fez a Marcelo. Um verdadeiro oportunista sem escrúpulos e mais interessado em manter o poder que nos destinos de um país moribundo. O que fez é de uma irresponsabilidade atroz. Deitar ao ar 2 anos de sacrifícios e o perigo eminente de um 2º resgate.
    E o povo pensa o quê? Com que dinheiro é que o Seguro pagará os famigerados RSI, subsídios e salários quando já não houver dinheiro. Os juros da divida pública já subiram em todos os prazos. O psi 20 desceu. E nós a ver… até ver.

  22. Eu só me pergunto: onde estão as mães destes "srs. políticos"?! É que nesta hora elas deveriam estar a dar-lhes umas valentes chineladas no rabiosque – não que isto seja prática pedagógica que eu pratique ou simpatize, mas no tempo em que estes "srs." eram putos era uma prática recorrente para pôr na linha os putos que se portavam mal, muiiiiiito mal.
    Há alguma "mãe" que se chegue à frente?!

  23. Excelente post! Acrescento que Portas sai, convenientemente, sem apresentar a tão necessária quanto impopular reforma do estado, que claramente deitaria por terra a tal imagem do policia bom que tanto trabalho lhe deu a construir.

  24. um comentário brevíssimo, motivado apenas por indignação e tristeza de ver assim o nosso país entregue aos lobos: com o meu voto, Paulo Portas não vai a lado nenhum. Só espero que muita gente pense o mesmo.

  25. Paulo Portas é uma raposa velha, que já tem muitos anos disto, já viu muitos governos cair e, apesar das suas ameaças de saída, volta sempre a casa.
    Ele é, basicamente, o herói dos mais velhos, dos populistas, dos que acreditam ainda nesta sociedade marcada pela religião, pela fé, pelo poder do trabalho, especialmente braçal.
    Não faço ideia se irá tentar uma coligação com Seguro, é o mais certo. No lugar dele, não o faria, porque a acção dele só o fez ganhar pontos, pontos esses que provavelmente nunca teve até agora nesta dimensão.
    É a oportunidade dele.
    Seguro é um fantoche, um homem sem pinga de pulso, incapaz de liderar o país.
    Na nossa história política mais recente, esta foi a altura em que foi mais fácil fazer oposição. É também a altura em que pior oposição se fez.
    O mal é que as pessoas deixaram de acreditar. Deixando de acreditar em qualquer liderança possível, somos uma bomba temporizada. Embora um povo calmo, que deixa que lhe vão ao bolso se lhe acenarem com o "mal menor/isto agora vai recuperar em pouco tempo", vão que nem carneirinhos.
    Infelizmente, as coisas não continuarão a tomar esse rumo ad eternum. Continuando a este ritmo, não auspicio bons dias.
    Abandonar o barco a esta altura é exactamente o mesmo que dizer: somos carne para canhão e eu não quero ter nada a ver com isto, quando for tudo para o espaço.

  26. Não me admira que Portas já esteja a acautelar o futuro junto do PS que irá precisar do CDS para formar o próximo Governo. Paulo Portas é um homem que adora o poder. E se tivesse coragem, tinha tomado esta decisão há muito tempo. Sobretudo quando disse que os portugueses não aguentavam mais apertos, acabando por autorizar os mesmos.

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

  27. Infelizmente tens razão, ele faz tudo isto para tentar sair por cima e ter lugar num próximo governo.
    Convém porém referir que quem deu o mote para que Paulo Portas pudesse sair e sacudir a água do capote foi o Vítor Gaspar com a carta que dirigiu ao PM (mais um acto de irresponsabilidade). Para todos os efeitos, Paulo Portas poderá agora dizer que a instabilidade, falta de união e desgoverno já estavam instalados com base na carta deixada pelo Ministro das Finanças (que era "apenas" o principal ministro a seguir ao PM).
    Outra coisa que não se percebe é como Passos Coelho e Paulo Portas não falaram sobre a escolha de Maria Luís como nova ministra das Finanças! E se falaram, será que Paulo Portas deixou explicito que se demitiria e abria uma crise política caso a escolha de Passos fosse essa? Duvido! De certeza que não! O que só me permite chegar a uma conclusão, são todos uns irresponsáveis que só querem a cadeira do poder e estão-se a lixar para o País! E este facto não abrange apenas Passos Coelho e Paulo Portas mas todos os lideres dos partidos da oposição! Caso contrário, se se preocupassem realmente com o País e os cidadãos, punham as divergências políticas de lado e tentavam chegar a um consenso para salvar o País e os portugueses da grave situação política/económica/social em que estamos a mergulhar…
    E o PR Cavaco Silva com a sua inação e ineficiência revela-se um dos piores PR de sempre. Foi uma péssima escolha como PR, principalmente no momento em que precisávamos de alguém à altura que zelasse pelo interesse de Portugal e dos portugueses!

  28. Mas espere lá, o que você pensa é o que milhões de Portugueses também pensam sobre o cromo em questão, mesmo assim acha que ele vai conseguir um resultado histórico??? sabe o único aspeto positivo que toda esta cambada de politicos inuteis que temos tido ao longo dos anos nos trouxe foi que as pessoas passaram a estar mais interessadas pelo que se passa embora cada vez mais "desacreditadas" dada a imbecilidade e impunidade a que assistimos. Por isso acredito mesmo que pelo menos nas urnas alguns vão ser severamente castigados (embora haja sempre aquele que só conseguem ver o que lhe vai na frente e vota na cor e não nas ideias)

  29. caramba, pá, excelente post, a sério, dos melhores mesmo que tens feito (desculpa a familiaridade).
    prova viva de que é possível, de vez em quando e quando o assunto merece, falar sério, com rigor e profundidade, e com pistas para um diálogo e debate igualmente sério e rigoroso, esperando eu que muitos comentários surjam a propósito deste post.
    a comparação entre Paulo Portas e Manuela Ferreira Leite é fabulosa!!!!
    Também acabo de ler que a Marina Mota fugiu ao fisco em 1 milhão de euros.
    Não vou dizer que este país está podre, mas precisamos de ser um pouco melhores!!!!
    Aguardo pelos próximos posts e pelos comentários.

DEIXE UMA RESPOSTA