As amigas e os novos namorados

0
5448

Quando se inicia uma relação é normal que a maior parte do nosso tempo seja passado com a pessoa que começou a fazer parte da nossa vida. Mas isto muitas vezes é mal compreendido pelos nossos amigos. Os homens não ligam assim muito a isto, mas quanto às mulheres, ui, Jesus.

Invariavelmente surgem as bocas do estilo “agora já não queres saber de mim”, ou “agora que tens namorado parece que te esqueceste das amigas”. Isto parece-me tudo um grande absurdo, principalmente quando essa intolerância quase se mistura com uma invejazinha da felicidade alheia, o que é ainda pior.

Claro que quando não estamos numa relação a nossa vida social anda à volta dos amigos. É assim com toda a gente. Mas como é óbvio, a partir do momento em que surge uma pessoa, em que nasce uma relação, em que achamos que pode haver ali um candidato decente a nossa prioridade passa a ser estar com essa pessoa. Isso não significa que deixámos de gostar dos nossos amigos, não significa que eles só servem para os maus momentos, não significa que são segundas opções, não, claro que não, significa que há um momento em que temos de investir noutra pessoa, se queremos que daí nasça qualquer coisa.

Há muita gente que, de facto, quase que corta relações com os amigos. Deixa de estar, deixa de telefonar, deixa de aparecer, deixa de existir enquanto pessoa singular, e só vive no plural, mas a dois, e com a nova pessoa. São os obcecadinhos. Mas mesmo com esses devemos ser mais tolerantes. Se é nosso amigo, e se está feliz, então, deixá-lo estar. Com o tempo, as coisas aproximam-se do normal, porque vidas a dois, e só a dois, são coisas que não funcionam durante anos, mas duram apenas na fase do encantamento, em que parece que o mundo é só para o casalinho e todos os momentos têm de ser aproveitados para estarem juntos, e para pinarem, e para ficarem agarradinhos todos cutxi-cutxi no sofá, aos beijos, a ver comédias românticas e a celebrar as duas semanas de namoro.

Acho, sobretudo, que as mulheres levam tudo muito a sério, muito a peito. Deixem lá as amigas curtir a vida, dar cinco quecas por dia sem vos dar cavaco, que daqui a uns tempos elas voltam. E não voltam por estarem desiludidas ou por sentirem muito a vossa falta. Voltam porque são amigas, e porque uma relação de amor não substituí uma relação de amizade.

Há espaço e tempo para tudo. É preciso é ser paciente. E ser amigo. E quem é amigo, espera, e fica feliz pela felicidade do outro.

1 Comentário

  1. o no meu caso?
    concilio tudo , sempre fui sincera e honesta com todas e só agora com o meu namorado , é que os problemas surgem e fazem dele a origem dos problemas. fui acusada de desligar dos amigos , por pessoas que desligaram dos amigos sem ter namorado… eu sempre que posso e á convite saio com elas , mas 90% das saídas que existem sou eu a organiza-las … já tive uma amiga 'obcecada', gostava de ter sido tolerante se ela me tivesse ouvido. deixou me de falar porque fui sincera com ela. outra tá a ficar semelhante tem um namorado super ciumento que so faz filmes, e ela propria diz que ta farta, agora que tenho namorado já leva a mal aquilo que eu digo

  2. Gostei muito do post, mas não posso concordar quando dizes que as mulheres são mais assim que os homens.. já vi homens fazerem cenas "de ciumes" aos amigos só porque esses querem estar com as namoradas e não querem ir sair com eles para a noite atras de raparigas.. mas é verdade que as mulheres têm esse hábito de se afastar um bocado.. e acho que fazem mal, claro que fazem, mas eu já estive em ambos os lados, já estive do lado de quem tem namorado e já estive do lado da amiga que se sente "abandonada" e a verdade é que a culpa é das duas partes, porque se os amigos têm de ficar felizes pq o outro está feliz, então a pessoa que está feliz também têm de se lembrar da amiga que existia antes de ter o namorado a ocupar-lhe o tempo todo.. dizem que as amigas se afastam, mas também não param para pensar que a própria pessoa q tem namorado novo também acaba por se afastar..

  3. Eu percebo que uma pessoa qdo está apaixonada queira de facto aproveitar a vida nova a 2 e fzr tudo a 2.. mas deixar de estar com os amigos ou deixar de ligar é um grd erro. Para mim é um erro. Sim, eu confesso que levo a peito e cai-me muito mal estas atitudes de algumas das minhas amigas… Sbrtd nas amizades em que há um contacto diário e se passa de uma situação de 8 a 80… Mas a experiencia tb me diz que passado semanas ou anos elas voltam e dizem, "ah que pena não ter feito isto ou aquilo por causa do meu namorado Y ou X que não gostava de fzr desporto ou de viajar naquela altura…" É que as mulheres tb se anulam muito e dedicam-se demasiado. Os homens não deixam de ir ao estadio com os amigos seja benfica para a Liga dos campeões, seja benfica X um amigável com Alguidares-de-Cima (como exemplo) e fazem MUITO BEM. Nós sim… As mulheres deixam de fazer as coisas de que gostam (é um processo gradual) e depois dá merda. É que acaba tudo e olhamos para trás e "ah pois… tu foste aquele festival, aquele concerto, aquele cidade e eu andei aqui a esperar que o telefone tocasse". E ainda PIOR é quando as amigas querem estar connosco quando vamos "encaixar" (que é a expressão correcta) nos horários que lhe dão jeito a ELE. Um exemplo:"Sim sim que podemos estar juntas no dia X, à hora Y que até calha bem porque o "meu tal e não sei qtos" nesse dia também tem uma coisa combinada com os amigos pq de outro modo já não dava.." É que valha-me a Santa! Penso que é bom saber gerir o tempo e é bom também saber que uma coisa é o "nós" e outra coisa é a pessoa continuar a ser o "eu" que era antes de começar a relação e por isso, seguir o contacto próximo com as pessoas que já lhe eram próximas – as AMIGAS. Seremos melhor a dois se formos bons sendo Um.
    Bem, era isto. Já me sinto melhor. Tks arrumadinho!! : ) Matilde

  4. Aconteceu-me isso, comecei a namorar, as "amigas" desapareceram claro que fui muito criticada entre elas e até hoje nem perguntam como estou! É assim, sobra quem interessa! Os meus verdadeiros amigos contam-se com os dedos de 1 mão!

  5. Quem ignora os amigos quando já não precisa deles é que é EGOÍSTA!

    Deviam era aprender a dar mais valor aos amigos verdadeiros…

    E ao contrário do que as meninas andam praí a dizer, a amizade sincera entre duas mulheres é simplesmente espectacular!

    As verdadeiras amigas não desaparecem do mapa… cuidam da amizade!

    E o resto é egoísmo…. É fácil passar a culpa para os outros!

    SM

  6. Apoiado!

    Passei por isso, quando comecei uma relação uma amiga fez-me a vida num inferno… Quase todas as discussões foram por causa dela. Mas no entanto continuamos a ser as melhores amigas. Lá está, porque amizade é amizade. Eu entendo, mas ela continua a não entender!

    Beijinho

  7. Lamento, mas a realidade não é bem assim! Já passei por essa situação algumas vezes e quando vão…. simplesmente não voltam! Até hoje não voltaram e ainda bem! Não vale a pena voltar quando perderam anos da vida dos amigos e perderam acontecimentos muito importantes da vida dos amigos! É claro que um dia se vão arrepender… mas isso… não é problema meu nem dos meus amigos e muito menos dos conjugues que temos hoje e que se encaixaram na perfeição no grupo já existente! Tenho dito! lol

  8. Grande verdade…Arrumadinho, há muito que leio aqui o estaminé mas nunca comento, no entanto hoje não podia deixar de comentar. Também eu, nos meus tempos de rudimentar adolescência, "perdi" a minha melhor amiga para o novo namorado dela, e 1º ainda por cima. Fiquei lixada? Fiquei. Com inveja?? UIII! Mas, a vida muda, nós crescemos, e aprendemos uma série de coisas. As mulheres são complicadas umas com as outras… há amor, há amizade, mas quase sempre pode estalar o verniz por menos de nada, e estupidamente. Costumo dizer que mesmo no caso das mães que têm filho e filha, a "over-protection" delas relativamente aos filhos e exigência mediante as filhas vai muitas vezes buscar os sentidos mais recônditos da mulher.. que é, basicamente, o sentido de competir com a concorrente directa em todos os sentidos. Mas as meninas crescidas devem saber lidar com isso… e hoje, findos 11 anos continuamos amicíssimas, cada uma com o seu homem, e agora sim, acho que nada me faria sentir inveja dela, ou competição, ou o que quer que seja… maturidade? Pois que sim 🙂

  9. também me revi um pouco nesse post. Na altura em que comecei a namorar com o meu actual namorado, tinhamos apenas 2 dias por semana, ou seja o fds, por estudarmos afastados. E mesmo morando ao lado dos meus amigos, eles só queriam combinar saídas de grupo nos unicos dias em que eu podia estar com o rapaz. E por azar (ou não), alguns deles não gostavam mt dele. Resumindo, apenas com 2 dias, em inicio da relação, eu tb preferi dar mais atenção ao meu namorado. Mas tambem queria estar com eles. Eles não perceberam e começaram a afastar-me. Deixaram de me falar, de convidar para sair..etc. Na altura sofri muito com isso, até porque tentei conciliar as "coisas" e dividir-me; por vezes tentei com que saissemos juntos, mas foi como se me obrigassem a escolher entre eles e o namorado. Hoje..sinceramente, não me fazem falta, e só demonstraram que não eram realmente meus amigos. Os verdadeiros amigos ficaram felizes, perceberam que só tinhamos o fim de semana, e passamos a encontrar-nos durante a semana. Claro está, que uns tempos depois tudo voltou á normalidade. Mas é dificil quando as pessoas nos tentam afastar devido aos ciumes, ou a outra coisa qualquer. Mas, como diz o ditado: o que não nos mata deixa-nos mais fortes. 😉
    biju
    sophie

  10. Ora, em vez de levarmos com cinco quecas por dia, levamos três e o tempo que gastariamos nas outras duas, gastamos a ajudar a amiga a encontra outro gajo que também dê cinco quecas por dia. Não é fácil, bem sei, mas se eu encontrei, todas, pelo menos em potências, podem encontrar. Eles andam aí…

  11. Pois eu, que também tenho namorado recente, continuo a achar uma grande vergonha quando uma amiga com quem falávamos todos os dias (e estávamos mts vezes), simplesmente desaparece durante semanas… Deixa de telefonar… de atender o telefone… etc etc…
    E sim senhora fico chateada!
    Obvio que vai haver menos tempo…. mas…. WTF? Então estavam sempre juntas e de repente a outra deixa de existir?
    Nunca deixei de ser amiga de ninguém por causa disto, mas sinceramente dou MUITO mais valor aos amigos que mm super apaixonados dão sinal de vida!!!! (nem q seja a contar que estão felizes!!!)
    Isso sim é verdadeira amizade!!!!
    Sara

  12. Um verdadeiro amigo percebe essas coisas, não precisa de explicações. Uma pessoa tem de perceber que quando uma relação nova começa a amiga é invadida por aquela vontade imensa de viver, estar, amar a toda a hora. Isso não significa que seja menos amiga… apenas está apaixonada.

  13. "E não voltam por estarem desiludidas ou por sentirem muito a vossa falta. Voltam porque são amigas, e porque uma relação de amor não substituí uma relação de amizade." muito bom!

  14. Boa tarde Arrumadinho,

    Apesar de ser seguidora diária para não dizer horária 🙂 pois passo cá muitas vezes ao dia ( não só no seu mas os ouros não adiante dizer 🙂 ) e sigo também pelo Facebook , acabei de ver lá que o problema era do blogue da Cocó na fralda ( outro dos quais sou horária ) , vim dizer até porque sei que pode passar essa informação caso a pessoa ainda não tenha dado conta o Blogue " brilhozinhos " dá a mesma mensagem que dava o da Cocó ou seja que é maligna a página .

    Grata pelos seus bons post´s 🙂

  15. Boa tarde Arrumadinho,

    Apesar de ler diariamente este blogue e não só 🙂 e de seguir o faceook vi agora que comentou que o problema era do blogue da cocó na fralda um dos que também sigo e que também não comento, venho dizer que não sei se já deram conta (sei que pode passar esta informação) o blogue Brilhozinhos está com o mesmo problema a dar a mesma informação de página maligna.

    🙂 Obrigada por todos os seus post´s

  16. Lamento, mas já vi muito boa amiga a ir e a não mais voltar…estranhamente há muitos casais que vivem felizes e contentes no circulo "eu tu, almoços nos pais e sogros e visitar os primos de vez em quando"

  17. Jesus Christ… como me revi neste episódio, sendo eu a "vitima" ou seja, a que arranjou namorado e literalmente perdeu uma "amiga". Já la vão quase 8 anos que conheci o meu actual namorado… mas até hoje sinceramente não percebi a atitude da minha melhor amiga. Simplesmente afastou-se de mim,e só me dizia que "agora já não queres saber de mim…" Tentei durante muito tempo explicar que nunca tinha deixado de gostar dela, e que havia tempo para os dois… mas ela nunca entendeu. Eramos muito chegadas, mas simplesmente deixou de me falar… Hoje quando a vejo diz-me olá,que tem saudades de nos… mas não passa daí. Enfim, estou bem como estou,com novos amigos e um namorado que amo. Quanto a ela o que precisa é também de uma presença masculina 😉

    P.s: Parabéns pelo blog, sigo-o à pouco tempo e fiquei fascinada =)

  18. Subscrevo o que refere…no entanto acho que os Homens têm mais essa vertente de se afastar de tudo e todos em prol da nova relação… Por outro lado as mulheres podem eventualmente se afastar das amigas, mas nunca deixam de comunicar e inclusive cuscar as novidades e o desenvolvimento da relação… Contudo, cada um é como cada qual, e podem aplicar-se a ambos os sexos, tendo sempre em conta a maneira de estar de cada um… Espero que tenham tido uma boa viagem e tenham trazido muitas memorias na bagagem… BW

DEIXE UMA RESPOSTA