As 2 sombras de Grey

0
8877

Dois dos filmes que mais vezes devo ter visto na vida foram “Ferrys Buller Day Off” (“O Rei dos Gazeteiros”, em português) e o “Dirty Dancing” (ou “Dança Comigo”).

O primeiro, porque era um dos filmes que mais gostava quando era miúdo. Tinha-o gravado em cassete, numa altura em que se ia ao vídeo clube alugar filmes em VHS, e acho que todos os meses o via. O segundo, porque era o filme preferido da minha irmã (acho que ainda é), e ela fazia o mesmo. As nossas lutas eram sempre as mesmas: no Spectrum, porque eu queria jogar “Match Day”, “Formula 1”, “Football Director” ou “Laser Squad” e ela ocupava-me o computador com o “Mrs. Pacman” ou o “Perigos na Selva”, o pior jogo da história dos jogos; e no vídeo, porque eu queria ver qualquer coisa de interessante e ela passava o tempo a ver o “Dirty Dancing”, a imitar as coreografias, a imaginar-se aos beijos e a voar nas mãos do Patrick Swayze.

E o que é que estes dois filmes têm em comum? Ambos são com a Jennifer Grey.

Depois do sucesso que teve, a senhora resolveu dar uma volta à cara, cansada do nariz que tinha. E a verdade é que mesmo com o novo look nunca mais a vi, nunca mais entrou num filme decente ou com o mínimo de projecção. Desapareceu do mapa.

Há dias deparei-me com uma foto dela na actualidade e fiquei boquiaberto. Não queria acreditar que era a mesma pessoa. Está irreconhecível. Nem sequer consigo dizer se está melhor, ou pior, é outra pessoa, mudou de cara, de expressão, tudo. Ela é uma sombra da Grey que foi. Terá valido assim tanto a pena?

1 Comentário

  1. Entrou num episódio do Dr. House e eu, que também já vi o Dirty Dancing vezes sem conta, não a reconheci. Mas estava muito bonita no papel de uma senhora, mãe de uma rapariga que deveria ser da idade da sua Baby, ou até mais velha.

  2. Olá , passei pela net encontrei o seu blog e o achei muito bom, li algumas coisas folhe-ei algumas postagens, gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, e espero que continue se esforçando para sempre fazer o seu melhor, quando encontro bons blogs sempre fico mais um pouco meu nome é: António Batalha. Como sou um homem de Deus deixo-lhe a minha bênção. E que haja muita felicidade e saude em sua vida e em toda a sua casa.

  3. Uma sombra da Grey que foi? De todo!
    Quanto anos passaram desde o lançamento dos filmes? imensos e é obvio que isso provoca mudanças. Que bom seria se ficassemos para sempre com o aspecto jovem.
    A passagem do tempo não lhe fez nada mal, pelo contrário. Está optima para os 52 anos que tem.
    Sim mudou o nariz, e não sei se outras coisas, mas os traços principais estão lá. Vejo a mesma Grey, apenas mais velha e, talvez, mais bonita.

  4. Mas 25 anos depois não te sei dizer, que actualmente está girissima, está. Sou inteiramente a favor de cirurgias estéticas de correcção. Ela corrigiu o nariz, algo bem visivel e só fez bem. Mas se for para por mamas grandes já acho inestético e de muito mau gosto.

    Tb vi o dirty dancing so many times, um filme que fazia sonhar bem alto, com excelentes actores.

  5. Depois do texto até pensei que ia ver aquelas plásticas que transformam as pessoas em qualquer coisa que não humano, mas afinal não achei assim tão diferente.
    Alisou o cabelo que ficou logo com um ar mais chique, fez uma rino mas está muito melhor.

  6. Não percebo se é a mesma. Mas se é …. em nova era feia e em cota está bem gira. Quanto ao rei dos gazeteiros igual em vhs e via sempre que nao tinha nada para fazer.

  7. Eu acho que ficou MUITO melhor mas deve ser precisamente por ter feito estas mudanças que nunca mais teve a projeção que teve em tempos…AMO o Dirty Dancing :)))

    Parabéns pelo excelente blog!

  8. Interessantissimo, este espaço. vim lhe deixar um convite Passei por aqui, para lê o seu blogue.
    Admirável. Harmonioso. Eu também estou montando um. Não tem as Cores e as Nuances do Vosso. Mas, confesso que é uma página, assim, meia que eclética. Hum… bem simples, quase Simplória. E outra vez lhe afirmo. Uma página autentica e independente. Estou lhe convidando a Visitar-me, e se possível Seguirmos juntos por Eles. Certamente estarei lá esperando por você, com o meu chapeuzinho em mãos ou na cabeça.
    Insisto que vá Visitar-me, afinal, o que vale são os elos dos sorrisos.

    http://www.josemariacosta.com

  9. Dirty Dancing… Esse grande filme! O preferido de muitas meninas da altura, hoje já mulheres. Oh Deus, como estava bem melhor em 1987… Completamente irreconhecível, não parece de todo a mesma 'Baby'!

  10. O "Dirty Dancing" como não podia deixar de ser é o filme da minha vida, sei diálogos de cor! 🙂
    Nunca mais a tinha visto até a Fox Life ter dado o "Dancing with the stars" este ano onde ela foi vencedora e eu nem queria acreditar na diferença. Continua é a dançar lindamente!

  11. Sem dúvida, era muito mais charmosa antes. Tinha uma cara fora do vulgar e uma beleza diferente. Assim perdeu-se na massa de actrizes "clonadas". Não admira que tenha sumido do mapa.Rinoplastias muito agressivas transformam o rosto todo…

  12. Segundo ela mesmo, não não valeu a pena, já que após a operação nunca mais teve sucesso como actriz. Descobriu que consideravam o seu nariz, que ela não gostava, como imagem de marca…

    R

  13. Concordo Completamente, ela está super diferente. A última vez que a vi foi no "Dancing with the stars" e tive que ir à net confirmar se era a Grey do Dirty Dancing… Perde-se a identidade e a expressão, só para se (um bocado)mais jovem? Para mim não vale mesmo a pena…

  14. Jennifer Gay participou numa 'season' de 'Dancing with The Stars'; está diferente, creio que sofreu algumas lesões que apesar de a limitarem, a mesma está ai (esteve lá, no concurso) a dar cartas; não obstante, é estranho… diferente.

  15. Quando fez a operação, foi criticada até à exaustão por ter decidido corrigir a sua característica mais marcante: o nariz. São opções mas, de facto, não parece sequer a mesma pessoa. Tem muito pouco de Baby [sim, eu pertenço ao mesmo clube de fãs da irmã] 🙂

  16. Não está tão diferente assim, consegue-se reconhecer a mesma pessoa – com nariz novo – mas com as rugas da idade.

    Cláudia Martins

  17. Podes crer! Impressionante! Irreconhecível mesmo! 😛
    O Dirty Dancing também é um dos meus filmes da adolescência.
    Já vi que temos outra coisa em comum: o Spectrum! Eu também adorava e passava horas a jogar. Curiosamente os meus jogos preferidos eram os mesmos que os teus: "Match Day", "Fórmula 1" e "Football Director" 🙂

  18. Não posso concordar menos c o que escreveste. a expressão dos olhos e o jeito da boca no sorriso são exactamente os mesmo nas 2 fotos, acho que se vê perfeitamente que é a mesma pessoa, mas com uns retoques de cirurgião

DEIXE UMA RESPOSTA