Amor incondicional

147
17190

Há muitas formas de olhar e sentir a derrota no Dragão, a queda do Benfica à beira do fim do jogo, do fim da Liga. Até mesmo entre nós, benfiquistas, há estados de alma diferentes, atitudes diferentes, ainda que unidos por um mesmo sentimento de amor a um clube.

Nunca, na vida, tomei o lado negro, pessimista, derrotista. Não sou de baixar os braços, a cabeça, sou dos que dão o peito às balas e lutam até ao limite das forças, até ao momento em que já não é possível lutar mais. Sou assim no dia-a-dia, sou assim a ver e a sentir futebol.

Quem me conhece diz meio na brincadeira que eu sou dos que acham que o Benfica vai ganhar mesmo que esteja a perder por 4-0. E é verdade. Acredito. Faz parte de mim. Pode não fazer sentido, por ser praticamente impossível, as estatísticas podem mostrar que isso nunca aconteceu, mas enquanto houver vida defendo que se deve lutar, e acreditar.

Nos últimos dias fartei-me de ler mensagens de gozo de portistas que sentem mais prazer na derrota do Benfica do que na vitória do FC Porto. São pessoas que ao invés de festejarem com os deles o triunfo da equipa que amam preferem ir festejar contra os outros, provocando, humilhando, enxovalhando. Há uma imagem que marca este fim-de-semana e que ilustra bem isso, uma foto de Jorge Jesus ajoelhado e, ao fundo, um elemento da equipa técnica do FC Porto aponta-lhe um punho cerrado, de gozo, de “toma lá”. Em vez de correr a abraçar os seus, aquele triste senhor preferiu ir humilhar o adversário, ampliar o seu sofrimento.

Todos estes festejos vêm acompanhados de uma ideia: é bem feita, porque andaram a festejar antes de tempo. Bom, a mim ninguém me viu a festejar antes de tempo. Eu sempre disse que acreditava que o Benfica ia ganhar, como acredito sempre. Ninguém me viu no Marquês ou gritar “Campeões, Campeões”. Como também não vi outros benfiquistas no Marquês a gritar “Campeões, Campeões”. Há quem queira alterar a história para ela encaixar numa realidade que não existiu. Houve festa no Marquês no dia em que o Benfica se qualificou para a final da Liga Europa. E aí, como é óbvio, festejava-se um apuramento histórico, e não uma vitória. Os adeptos saíram à rua em Lisboa como saem em todas as cidades do mundo quando uma equipa local se qualifica para uma final.

Mas o que eu viu ontem e anteontem foram centenas de pessoas nos Aliados a gritar “campeões, campeões”, provavelmente as mesmas pessoas que festejaram a vitória sobre o Benfica porque eles andaram a fazer a festa antes de tempo.

O futebol é também isto. Faz parte. É incoerência, estupidez, irracionalidade. O futebol é uma paixão ardente porque é injusto, porque nos dá chapadas nas trombas, porque hoje nos aproxima, envolve, eleva, e amanhã deita-nos ao chão, despreza-nos, não quer nada connosco. Não há muita diferença entre a paixão de bola e a paixão de cama. E é quando há este jogo do anda-cá/vai-te embora que há mais tesão.

Aos 90 minutos do FC Porto-Benfica, os adeptos do Porto rogavam pragas a Vítor Pereira, realçavam todo o desprezo que lhe foram dando ao longo da época, xingavam do jogo desinspirado da equipa. Pelo contrário, os do Benfica não falavam de Jesus, insistiam na grandeza da equipa, da solidez, da maturidade. Um minuto depois, Jesus passou a ser uma besta, os jogadores uns incapazes, a equipa um grupo de falhados. Do lado do FC Porto, Vítor Pereira foi esquecido, os jogadores passaram a heróis. É esta irracionalidade que faz parte da paixão.

Eu não tenho memória curta, não esqueço o que foi o Benfica deste ano, os mais 100 golos que marcou (e marcou em todos os jogos do campeonato), a classe do Sálvio ou do Enzo, a solidez do Garay, a magia do Gaitan, a irrevência do Ola John, a grandeza do Matic, a surpresa do André Almeida. Esta equipa encheu-me as medidas, mesmo que perca tudo. Nesta equipa, neste treinador, neste futebol, eu acredito.

É por tudo isto que quarta-feira voltarei a vestir a camisola oficial, voltarei a empunhar o cachecol e lá estarei, desta vez em frente à TV, para puxar pelo meu amor. É por isso que domingo irei ver o jogo com o Moreirense, com a convicção que o FC Porto perderá pontos em Paços de Ferreira. É por isso que dia 26 estarei no Jamor a gritar pelos meus.

Quem ama, e ama mesmo, ama sempre, nos dias bons e, sobretudo, nos dias maus.
Se, como eu acredito, ganharmos a Liga Europa, o campeonato e a Taça de Portugal, sentirei estas vitórias de forma muito mais profunda que todos os outros, os descrentes, os maldizentes, os incoerentes, os interesseiros que só gostam de ser Benfica quando o clube dá algo em troca. Isso, não é amor incondicional. Amor incondicional é isto: amar, sempre.

147 Comentários

  1. Arrumadinho li atentamente o seu texto. Permita que discorde pelo seguinte: veja as imagens do final do vosso jogo com o Maritimo. Se aquilo não é um. festejo de campeonato pelos jogadores… então não sei o que será… Mais, no dia seguinte a esse jogo alguem pintou o marquês pombal com a palavra "reservado"… De certeza que não foram os super dragões. Quanto ao punho fechado do elemento portista perante o Jesus… sim talvez tenha sido um "Toma"…mas o que é isso comparado com a reles figura do vosso treinador do basket na final do ano passado?! Por fim não percebo o seu espanto por os adeptos portistas gritarem Campeões nos Aliados… É que o FC Porto ainda é o Campeão em titulo…por muito que isso custe. Por tudo isto e apesar de não concordar consigo respeito a sua opinião e principalmente o seu espaço.

  2. Carolina, eu também tenho um clube, mas não é o seu, daí se calhar a minha falta de sensibilidade emocional.
    O amor que tenho para dar está guardado para aquilo que realmente me interessa, e não é de certeza nenhum clube, entidade, empresa, sad, fundação, instituição de caridade….mas cada um ama aquilo que lhe apetece!!

  3. Caro Arrumadinho, claro que se podem amar muitas coisas. Talvez eu tenha menos amor para dar, ou então ache que não se deva amar sem receber em troca, nada. Eu também tenho um clube de que gosto. Sempre gostei. Gosto apenas. Como gosto de muitas outras coisas. Mas não mais do que isso. Um clube que é gerido por pessoas, com quem se calhar não me identifico.
    Talvez por isso, prefiro amar, no que diz respeito ao desporto, uma ou duas modalidades, que ainda hoje pratico, apesar da avançada idade. Isso é para mim paixão. No que diz respeito a filhos, mulheres ou pais, claro que todos, ou pelo menos grande parte de nós amamos. Mas se calhar é por não ser do benfica que não compreendo essa onda de paixão clubística…

  4. Duas questões:
    1) O mito dos seis milhões. Ora vamos lá ver então. Estimando a 60%/70% de adeptos de futebol no país, o que já acho muito, descontando os adeptos do Sporting e os dos outros clubes e a enormidade dos badalados "6 milhões", não sobram adeptos do FCP praticamente. Engraçado,tenho ideia de ter visto uns cachecois azuis e brancos e não tinham escrito "belenenses"…adiante.
    2)Os "tripeiros", que o somos com muito orgulho e cuja alcunha alcançamos graças a sacrifícios históricos feitos em nome do país e aos quais todos deverão estar agradecidos (google it), os "alfacinhas" e afins, não estão directamente ligados ao futebol. Tenho muitos amigos benfiquistas do norte e do Porto que acabaram de se ofender com esses comentários.
    Viva o Futebol Clube do Porto, clube histórico e com uma grande massa associativa dentro e fora de Portugal.

  5. Há um ponto em todo o argumento que não me agrada: o de colocar o Amor como ponto de barreira para a incoerência! O Amor não mede, não planeia. E por isso acreditamos que ainda vamos conseguir, que foi só um susto…

    Sim, espero ganhar tudo. E ganhar tudo também significa ganhar pelo menos 1 dos 2 jogos com os nossos adversários directos, como se o campeonato fosse só um somatório de eliminatórias distanciadas no tempo… Devíamos ter feito mais e melhor e vez de resistirmos, lutarmos, que são verbos e estados bem diferentes.

    Mas vamos lá! Venham daí as alegrias!!

  6. Pois, é verdade que os adeptos do Benfica obviamente não gostam do FCP, senão seriam portistas e não benfiquistas, não lhe parece?
    Mas olhe que já vi adeptos do Porto num café a festejar um penalty falhado pelo Cardozo, na primeira parte de um jogo (que o Benfica acabou por ganhar) da primeira volta do campeonato do ano passado ou de há dois anos, como se de um golo do Porto se tratasse. E não vê nenhum benfiquista em lugar nenhum do mundo a fazer essas figuras tristes, e outras que tais. Lições de moral ridículas? Não meu caro(a): diferentes formas de estar na vida. Não vale a pena arumentar com tripeirada, nunca irão perceber.
    Só mantenho isto, querem ser grandes sejam-no. Terão o meu respeito. Mas a maioria dos vossos adeptos e dirigentes simplesmente não o são.

  7. ahahahahah!!! Só sabem falar da fruta, como se os dirigentes benfiquistas fossem uns santos! E o balde de água fria que levaram no sábado, também foi da fruta? Cresçam!! Já que são tão grandes em n.º de adeptos, porque e que não começam também a ser grandes em mentalidade? Daqui a 20 anos, quando o FCP continuar a ser o melhor clube português, os frustrados do Benfica ainda vão estar a falar na fruta!!! E comentários desses são ridículos, porque não são só os portistas que não gostam do Benfica, os benfiquistas também não gostam do FCP. Portanto não venham dar lições de moral! Olha, como costuma dizer um idiota Benfiquista num programa da sic notícias (e que por acaso tem um perfil que representa bem a imagem de um benfiquistas!!!): "não diga isso que lhe fica mal!"

  8. Meu Deus… São tão burrinhos que nem sabem o que significa "campeões em título". O FCP é sim o actual campeão! Até ao fim desta época o campeão em título é quem ganhou o campeonato no ano passado.

  9. Exacto! Porque os benfiquistas comentam sempre tudo bem e nunca são ridículos! Em vez de andarem a pedir a Deus para ganharem ao Porto, peçam mas é a Deus que vos dê juizinho!

  10. Engraçado que se fala aqui de amor ao club, que ser benfiquista é algo "espetacular", que não se explica mas quando toca a interpretar o clubismo do rival, já é uma doença ou fanatismo.
    Para o sr "dono do blog" (arrumadinho) só lhe tenho a dizer duas coisas: 1ª – passei o ano todo a levar com os benfiquistas a gozarem com o facto de nós não termos um treinador "em condições"; pareciam cogumelos a nascer, apareciam em tudo quanto era canto, blog, forum, café, esplanada… A cada segunda feira parece que haviam mais e mais benfiquistas. Ainda como se não chegasse o benfica estar a ganhar os jogos todos, o meu clube, F. C. PORTO, não jogava grande coisa… Em suma, fui durante todo o ano gozado e "humilhado" por isso não peçam misericordia…
    2ª para quem esteve no Dragão e assistiu ao jogo como eu assisti, viu as constantes provocações dos jogadores e do banco do benfica… A juntar a isso, o constante anti-jogo dos jogadores do benfica a mando do treinador… A mais expressiva é aquela do ola john que inclusive pergunta ao jesus o sitio onde quer que se atire pro chão… É perfeitamente compreensivel o acto do elemento da equipa do F.C.PORTO.

    Agora em vez de cogumelos parecem marias madalenas, como é costume todos os anos, a tentarem colocar as culpas no principal rival…
    Enfim…

    Boa sorte para a Liga Europa.
    Boa sorte para a taça de Portugal (que vença o Guimarães)

  11. Títulos da fruta, não queremos, obrigado.

    Assinado: 6 milhões.

    E já agora, se querem ser grandes e não viver à sombra das glórias do Maior de Portugal, sejam-no. Não eduquem as vossas criancinhas a odiar o Benfica, mas antes a venerar o FCP. Não metam faixas à porta do hotel a dizer "ides sofrer como cães", apoiem os vossos jogadores. Com atitudes destas…depois não querem que sejamos sobranceiros. Vocês é que se poem a jeito. Para mim o Benfica é o Maior e só isso é que me interessa, mais nada!

  12. Não podia concordar mais. Estive no Dragão no sábado, e se há associados que se fazem sentir quando não gostam do espectáculo são os sócios do Porto. Naquele estádio aos 90 minutos não se ouvia uma crítica, um assobio nada!! Aos 90 minutos estavam as claques de megafone na mão a pedir que os portistas não esmorecessem nos cânticos e no apoio à equipa. Ouvia-se que acontecesse o que acontecesse estávamos todos lá!

    Ser Porto também é ser isto acreditar até ao fim.

    E qto ao Vitor Pereira muitos não o amam, é certo mas e ao contrário do que acontecesse em muitos clubes não foi por ter vencido este jogo importante que passou de besta a bestial. Nem de besta a tolerante.

  13. Ahahahah, lá vem o Benfiquista amargurado!
    Sim porque o LFV fez fortuna a vender pneus e o Porto nunca ganhou uma Liga dos Campeões. Ups…

  14. tem razão o punho fechado era mesmo um TOMAAAAA, EMBRULHAAAA!! não era isso que nos faziam a nós se ganhassem?! ai que de repente é só santos neste país!

  15. hahahaha!!!!! supreendente… ora então vejamos, o Arrumadinho dá-se ao trabalho de comentar com tanta "ódio" um jogo em que perdeu com o FCP, dizendo simplesmente mal dos adeptos e nós (Portistas) é que damos demasiada importância? a sério??????? é por estas e por outras que gostamos de vos ver bem aziados.

  16. Luis o seu comentário roça o rídiculo. Nunca vi um texto que demonstre tanto o meu sentimento. o que se sente por um clube não se explica. o que se sente pelo benfica, não se entende sequer. mas sente-se. Se não percebe o que é sentir isso (é o Luís que perde, acredite!) não desdanhe quem o sente.

  17. Adorei o texto. Gostava de ser assim optimista, mas apesar de não o ser, amo o meu Benfica nas vitórias e nas derrotas. Só tenho pena que este ano tenha sido amar sem receber nada em troca lol foi muito dura a derrota no Dragão e quanto ao jogo de amanhã nem quero falar muito. Seja o que Deus quiser (sim eu sei que não se deve dizer o nome de Deus em vão, mas pronto, é uma força de expressão :P)

    le-laissez-faire.blogspot.pt

  18. Caro Luís, só tem capacidade para amar uma coisa na vida? Acha que por se amar um clube não se pode amar um filho, uma mulher ou uma mãe? Parece-me uma visão um bocadinho redutora. Olhe, eu tenho coração grande, e uma infinita capacidade de amar, seja um clube, seja uma mulher, uma criança ou um cão. Cada um ama-se de maneira diferente, mas ama-se. Eu, pelo menos, amo.

  19. Amar um clube?? Paixão por uma entidade desportiva??
    Não compreendo….amar um desporto ou ter paixão por uma modalidade ainda faz para mim sentido.
    Que tal amar um filho, uma mulher, um pai ou uma mãe já agora??

  20. Festejamos a VITÓRIA DO PORTO, festejamos a possibilidade de sermos novamente campeões, melhor… Tricampeões, festejamos o amor ao clube, quer mais motivos para festejar?
    Já viu se os benfiquistas não torcessem pelo benfica!! 4ª feira também vou torcer pelo seu clube, é certo que há portistas que não o vão fazer… assim como se fosse ao contrário, de certeza que iam haver benfiquistas a torcer pelo clube adversário.
    O que realmente me faz confusão é vocês benfiquistas pensarem que tudo gira à vossa volta, ou se é benfiquista ou antibenfica… POR FAVOR!!!

  21. Ao anónimo as 19.04: Não confunda paixão com irrealidade, estupidez, e ilusão desmedida.
    Coerência pede-se!
    Quanto a corrupção nem vou comentar porque já tive quem lhe respondesse e muito bem falando de taças UEFA e liga dos campeões.

    Só mais uma coisa, o seu problema não é os meus 21 anos de imaturidade ( porque não faz ideia por aquilo que já passei com 21 anos e por isso se fosse a si não falava de assuntos que não conhece. Talvez com 21 tenha muito mais maturidade que muitos com 51 a quem a vida sempre sorriu (o que não foi nem é o meu caso. O seu problema dos meus 21 anos é que com 21 anos talvez já celebrei o dobro que o senhor com a idade que tem (eu sei que é duro mas aguente-se, e em todos os casos se estiver desesperado por gritar compeão pode-se mudar para o FCP que esse sim ainda o é e talvez ainda o será para o próximo ano).

  22. Conseguimnos sim!! Podem ter muitos e muitos adeptos, mas a verdade é que o benfica vive da sua história dos anos 60 e 70. Onde isso já vai!!!! Meus amigos, o melhor clube português é o FCP. E não é de hoje nem de ontem, é desde há 30 anos!!! E se querem falar da globalidade, vejam mas é o número de títulos que o FCP tem e que o Benfica tem. Tão simples quanto isto!

  23. Eu no Marquês não vi ninguém…mas no sábado aqui no Porto, o que não faltou foram festejos…gente na rua aos berros, os carros todos apitar, gente na baixa e aliados a festejar e até foguetes houve..são bem piores que nós…

  24. O sentimento de vingança, por muito bem que os "ilustres" e bem falantes portistas a queiram disfarçar, está lá.Vingança com v grande.Não venham cá com paninhos quentes e conversinhas de tralálá.O punho fechado do senhor da foto, que não é montagem, espelha isso bem.Mais que festejar o golo da sua equipa, realça o sentimento de vingança.Atrás de tempo, tempo vem..mesmo que leve muitos anos.
    Agora indignem-se e barafustem que não é assim…pode ser que no Polo Norte alguém acredite.

  25. É pelos comentários que andam por aqui que se vê que nós não sofremos de benfiquismo agudo, mas vocês é que sofrem de anti-benfiquismo agudo. É UM TEXTO SOBRE O AMOR AO BENFICA, PORQUE É QUE OS PORTISTASSE DÃO AO TRABALHO DE COMENTAR? não estão felizes por terem ganho? então vão festejar e deixem-nos em paz.

  26. Para um jornalista e para quem insiste na imparcialidade no falar de futebol, só se vê críticas ao Vítor Pereira e elogios a Jorge Jesus. É pena, porque como sabe, ambos têm defeitos e ambos os mostraram esta época. Repito, ambos. Jorge Jesus também errou. Errou ao colocar Aimar a titular na primeira mão das meias finais da Liga Europa, por exemplo, jogo em que o Benfica podia ter sofrido mais um ou dois. E o Arruamdinho sabe-o. Errou também ao colocar o Carlos Martins contra o Estoril. Jogos decisivos, jogos em que inventou. No primeiro, correu bem, no segundo, correu mal.
    Além disso, o dito "toma lá"foi precedido de muitas provocações e de muitos gritos de "campeões" depois da Madeira (quem disser que não ou é mentirosos, ou é surdo). Toda a gente ouviu. E era LEGÍTIMO. Não diga é que não aconteceu.
    Os seus leitores vêm cá à procura de imparcialidade, não se esqueça disso.

  27. O problema é que os portistas e os sportinguistas antes de serem portistas e sportinguistas, são anti-benfiquistas, o que se compreende que festejem mais a derrota do benfica do que a vitória do seu próprio clube e não sintam no peito um amor incondicional como o nosso. É uma pena, quem sabe amar, sabe viver 🙂

  28. Não temos culpa de sermos mais adeptos do que metade dos habitantes de Portugal. Se não conseguem suportar isso, e que um clube, como um país, é feeito de história, dediquem o vosso tempo a outra causaq eu não o futebol. Muita importância dão vocês ao Benfica.

  29. Ah, os portistas gabam-de de quê? Do dirigente que têm, não? por favor, sempre esta rivalidade. Se os benfiquistas não vos incomodasses, vocês nem sequer se dariam ao trabalho de virem comentar um post sobre o BENFICA. Porque é isso mesmo, um post sobre o benfiquista que, como é claro, os portistas têm que vir comentar. Vocês têm que vir meter o bedelho em tudo do benfica, nem são felizes se não o fizerem. Dá pena, preocupam-se mais com a infelicidade dos outros do que com a vossa própria felicidade.

  30. Se vamos generalizar, então passo a considerar que TODOS os adeptos do Benfica são como o Rui Gomes da Silva, essa personagem arrogante, mal educada, com mau perder, deselegante, cega, odiosa, etc etc etc

  31. Realmente o que eu acho é que os benfiquistas muitas vezes deviam meter a viola ao saco e baixarem a crista, porque verdade a ser dita o benfica dá demasiada importância ao que os portistas dizem e fazem.
    Portistas festejem porque o facto de terem ganho ao benfica já é uma grande vitória. O dragão papou a águia.

  32. Há que dar mérito ao Benfica: até sábado passado, tal como o Porto, não tinham nenhuma derrota. Se ganharem ao Moreirense, a única derrota no campeonato será frente ao campeão em título, é de valor! Não perderam com uma equipa qualquer, perderam com o campeão em título! 🙂

  33. Bem aqui está a diferença na grandeza dos clubes… enquanto tu no teu és uma minoria, nós no grande SPORTING somos assim na maioria, acreditamos sempre…mesmo quando parece improvavél, porque o SPORTING é nosso grande AMOR.
    E um dia lá chegaremos sem querer ocupar ou destronar o lugar que outros ocupam/manipulam, apenas com a força dentro das 4 linhas.
    Para terminar, acho que os do teu clube são, ou estam a tornar-se muito snobs e ainda não devem/podem usar o argumento de AMOR INCONDICIONAL isso só os SPORTINGUISTAR sabem o que é…

  34. Muito bem dito, Teresa! O Benfica continua a viver da história do clube e não percebem é que já passaram à história!!!

  35. Acho muito engraçado este tipo de texto…julgar todos os portistas segundo uma perspectiva claramente "afectada" por benfiquismo agudo.

    Meu caro, no sábado fiz a festa por não termos dado possibilidade a festejos alheios no Dragão, e não por um campeonato "pseudo-ganho". Felizmente, o bom desempenho do FCP chega-me e sobra-me para me deixar feliz, não preciso de recorrer à humilhação de benfiquistas para tal…

    Já vocês…enfim…o FCP não vive das glórias de um passado remoto, portanto muitas vezes atribui-vos uma importância bem menor do que aquela que vocês pensam…

    Dão-nos vocês muito mais importância a nós, e sabemos bem os motivos 😉

  36. "(…)também é verdade que nesse período o Porto viu-se envolvido em histórias de corrupção que deveriam envergonhar qualquer adepto(…)" A sério, que continuam a bater nessa tecla??? A sério que acreditam mesmo que os títulos ganhos pelo Porto nos últimos anos foram só fruto de corrupção??? E a Liga dos Campeões? E a Liga Europa? Também? Compramos os respectivos árbitros, querem lá ver??? Continuem a pensar assim e não é tão cedo que ganham seja o que for… vão na conversa do LFV, que esse sim é incorruptível, nem foi apanhado em escutas nem nada…
    Anyway…
    O Porto ganhou ao Benfica, e bem!, e por isso se fez a festa: porque ganhamos ao principal rival, porque nos relançamos na corrida ao título, e porque o Benfica festejou cedo de mais. Não sei se o Porto será campeão este ano, não sei o que pode acontecer com o Paços. Mas uma coisa é certa: no Dragão, o Benfica não fez a festa… se ganharem, vão lá para o Marquês, já está reservado e já!

  37. Não me diga que não tinha reparado nos cachecóis dos adeptos do Benfica que diziam Campeões Nacionais 2013…
    Sempre ouvi dizer que não se devem lançar foguetes antes da festa.
    Mas a verdade é que nós somos campeões!!!!
    E sim, a nós custa-nos perder, porque estamos habituados a ganhar.
    Não é normal estarmos fora de competições europeias… Mas ontem ao ver os telejornais, senti-me a ver a RTP Memória com tantas imagens a preto e branco…
    Não mudo de opinião quanto ao nosso treinador. Merecemos melhor que o que temos.
    E espero que o Benfica ganhe amanhã… Estou farta de ver apenas um clube português a elevar o país no ranking da Fifa.

  38. Se o benfica por acaso for campeão tudo isto se esfuma. Vamos ver insultos ao Porto, bocas, piadas, etc. O Porto sempre teve o benfica como maior rival e agora sucede o mesmo. O benfica detesta o Porto e os adeptos estão sedentos de vitórias contra o Porto. Nada mais. Já muita gente comentou o seu post e mostrou o que ele é. Um monte de frases feitas vazias.

  39. Não faltaram factos no seu comentário Cristiano Moreira! E um pouquinho antes do seu comentário, também gostei do do João e da Mag. Muito acertados e partilho das suas opiniões.

    Agora acrescento:

    A situação a que chegou o nosso país futebolistico é deplorável de parte a parte. Estas generalizações, em que, quem é fraco frequentemente incorre, pioram em muito, tarjas com aqueles dizer no Dragão também e o autocarro do Porto apedrejado com Juniores igualmente.

    Vibro com as vitórias do Porto (obviamente também dá-me gozo os trambolhões do Benfica, mas não gozo ninguém!), mas apoio o Benfica nas competições europeias e até já fui à Luz com amigos torcer por vocês, assim como o farei na Quarta-Feira. Mas já estou a chegar ao meu limite… Não o meu limite para tolerar estas guerrinhas mesquinhas e inúteis entre adeptos, as quais os dirigentes de ambos os lados estão constantemente a alimentar com mais lenha, mas … o ponto limite do futebol português. Já chega de tanta ausência de sensatez. Tanta guerra. Tanto escárnio. Que mesquinhez pegada vinda de todos os lados, seja azul ou vermelho.

    Deixando de falar para a generalidade e falando em especifico para os meus amigos benfiquistas… continuo a dizer o que já digo aos anos (entendam como uma crítica sincera e honesta): no dia em que começarem a olhar mais para o vosso umbigo em vez de olharem para o umbigo dos outros, deixando de desculpar os vossos insucessos com fruta, café com leite, árbitros, o tempo, o relvado, o Pinto da Costa, o último mínuto, penalties, etc, etc etc e tal… nesse dia começarão a ter uma mentalidade ganhadora merecedora de sucesso contínuo. A auto-culpabilização deve, sempre, ser feita em primeira lugar, antes de tudo o resto. Sim, vejo muito adepto do Porto a culpar árbitros também (assim como o Vitor Pereira já o fez, os dirigentes do Benfica e o JJ também o fizeram já) mas no Porto (agora generalizando um pouco) culpa-se mais rápidamente um treinador que um árbitro (O V. Pereira teve azar e começaram logo a não gostar dele no 1º dia, mas isso sao outras batalhas). Culpa-se mais rápido um Hulk, que quando chegou, fartava-se de mergulhar e protestar. Culpa-se um Quaresma que nos aquecimentos pré-jogo da equipa no relavado não fazia nadinha. Também costumo dizer que equipa ganhadora, tem a obrigação de ganhar contra tudo e contra todos (ÁRBITROS incluidos aqui), tem de ganhar nem que chovam canivetes.

    Por favor, pare-se com falsos moralismos e com o querer que seja o Benfica o único clube a disputar o campeonato e que se não fosse isto ou aquilo não se teria só 32 campeonatos ter-se-ia o dobro. Mais sensatez. Mais introspecção. Mais culpabilização.

    Pensem na pergunta que o brasileiro fez na conferência de imprensa, quando questionou o JJ se não achava que no final da época os erros dos árbitros para um lado e para o outro se equilibravam.

    Pensem antes de falar. Tenho grandes amigos benfiquistas assim como tenho algumas bestas (dou-lhes um desconto e não discuto futebol com eles) mas … orgulho-me de dizer que sempre que o Benfica ganha e o Porto perde… a mim ninguém me chateia ou pica-me ou goza-me.

    Mais sensatez, para todos. São os meus votos.

  40. Tenho a dizer que a minha frase preferida no meio desta porcaria toda que aqui foi dita em comentários que podiam ser resumidos a uma linha é:
    OS portistas não festejam por antecipação, esperaram até ao fim do jogo e agora ganharam, são campeões e por isso estão a festejar.
    Meus amigos, falta 1 jogo e o Porto só está 1 ponto à frente por isso se não estão a festejar por antecipação estão a fazer o que?

    Os benfiquistas torcem pelo Benfica e quarta-feira, como tantas outra vezes quando o Benfica jogar contra um clube estrangeiro os Portistas vão torcer pelo Chelsea como já ouvi tantas vezes, sou mais portista que português e pessoas assim, só merecem em vez de subsídios e ajudinhas do estado mudarem-se para o Dragão ou para casa do Pinto da Costa. Com tanta maluqueira e roubalheira de certeza que ele não se importa de vos sustentar.

  41. Do alto dos nossos 20 anos vimos o nosso porto a dar-nos mts alegrias se calhar foram feitas na mesma forma de quando o seu clube foi grande.
    O seu era o salazar o nosso o pinto da costa!
    Podem dar voltas mas o resultado do ultimo jogo foi justo. Porque tentamos até à ùltima…
    Mas venha quarta-feira que quero torcer tanto como se fosse benfiquista!

  42. Não, não somos todos iguais, A força do FCPorto baseia-se no ódio visceral ao Benfica e isso sente-se em nos jogadores, nos técnicos e nos adeptos do FCP, que todos os jogos cantam o hino adaptado do SLB. Isso não acontece no Benfica.

  43. oh menina… até parece que o lampião mais lampião não vibra com uma derrota do Porto. vibra sim. Assim como um culé vibra com uma derrota do Madrid e vice-versa. Ou o City com o United. Isto é futebol… Agora virem queixar-se serve para quê mesmo? Daqui a um ano, ou whatever, estão a fazer o mesmo. É assim que se vive o futebol no Mundo todo. e amor, com amor se paga. agora vem a filosofia do mundo e do país para quê?

  44. Parabéns pelo que escreveu, descreve sentimentos através de palavras… por acaso é sobre futebol, desporto que adoro, por acaso é sobre o benfica, clube que amo… eu não sei como se sentem os adeptos de outros clubes, porvavelmente da mesma forma…ou não…Não quero saber…só sei que sinto o mesmo, quando li o que escreveu é como se estivesse a ler a minha alma, mais uma vez parabéns!!!

    Só tenho pena é que nem todos consigam ler o português da mesma maneira e façam interpretações tão erradas do seu texto. Dar opinião é uma coisa, destrocer as ideias de um autor é outra…

    Irei continuar a ler o que escreve…sempre!

  45. Quem ganha um campeonato ou qualquer outra competição é quem mais marca e não sofre, não é quem festeja ou vai para as ruas gritar, e não estou só a falar dos portistas, que também houve Benfiquistas a fazê lo. Quem ganha é quem independentemente do futebol que faz consegue surpreender o adversário e vencer, e quando o Benfica joga assim e o porto faz um jogo deste calibre não se deve menosprezar o adversário, devemos ser coerentes e deixar o orgulho ferido de parte.

  46. Sim claro anónimo. Continua com a lengalenga. Se deixasses de olhar tanto para o teu umbigo talvez soubesses mais umas coisinhas.

  47. Sim claro anónimo. Nem tinhamos vencidos todas as competições europeias que vencemos nos últimos anos, não é?
    Continua a enganar-te a ti próprio.

  48. O primeiro golo do porto foi autogolo porque o guarda-redes não conseguiu parar um remate forte. Ainda tentou mas não teve hipotese. A bola ia lá na mesma. Chamar-lhe autogolo é tirar o mérito do lance e não acho isso válido.
    E não, não precisamos de um prolongamento de 4 minutos. Primeiro porque os prolongamentos são de 30 minutos com 15 para cada lado e segundo porque marcamos aos 91 e isso é o tempo de compensação mínimo que qualquer jogo tem.
    Além disso, 4 minutos de tempo de compensação não é nada quando se fazem palhaçadas como a do JJ mandar o John atirar-se ao chão para perder mais tempo.

  49. Excelente, Arrumadinho! Não diria melhor!

    E uma das coisas que me continua a fazer uma confusão dos diabos é este orgulho desmedido por um clube que é comprovadamente corrupto e desonesto (penso que toda a gente sabe e já ouviu as escutas no youtube, certo?). Eu amo o meu Benfica, do fundo do coração. Sofro por ele, sempre sofri e continuarei a sofrer. Mas bolas, se houvesse provas por aí espalhadas de que o meu Benfica andou a comprar árbitros e a viciar resultados… Seria uma desilusão enorme!! Claro que não deixaria de ser do Benfica, e certamente não iria mudar de clube! Mas jamais iria continuar a vibrar da mesma maneira, sentir-me-ia profundamente envergonhada e triste… O futebol não voltaria a ser a mesma coisa para mim! E no entanto… É vê-los aí todos orgulhosos do seu clube cujo passado recente (e será mesmo apenas só passado?) deixa muito, muito a desejar. Pelos vistos o espírito da coisa é "O que interessa é ganhar, seja como for". Pena isto não ser um país a sério ou então não estarmos em Itália, onde quem foi vigarista pagou por isso…

  50. Os Portistas são os únicos que podem gritar campeões porque são mesmo!
    E na próxima semana vamos jogar para revalidar o título.

  51. "Forma adulta, ponderada e cautelosa"?
    Pois, claro que ganharam dessa forma contra os outros clubes. Mas esses clubes não têm a capacidade física e mental do PORTO.
    Tão simples quanto isso.

  52. Anónimo, nos últimos 30 e tal anos não ganhamos apenas campeonatos, taças de portugal, supertaças. Ganhamos também 2 ligas dos campeões, 1 supertaça europeia, 1 UEFA league e fomos 2 vezes campeões intercontinentais.
    Queres explicar onde está a corrupção? Ou preferes lembrar-te de quando o benfica devia ter descido de divisão pela fuga ao fisco e passou impune?
    Acho melhor seres mais humilde e ver os vossos próprios defeitos!

  53. Eu conheço muito bem o contrário, conheço benfiquistas que ficam mais felizes pela derrota do FCP do que pelos ganhos do SLB. É certo que a atitude dos portistas, não é a melhor, Campeões? Onde? Em lado nenhum.
    Mas também é certo que o futebol não são só adeptos e pelos jogos que têm feito, pelo treinador que têm, merecem a liga Europa na próxima 4ªF.
    Além disso, esta imagem ilustra bem o modo de pensar de alguns adeptos: odeiam mais o adversário do que amam o próprio clube.

  54. essa mania de superioridade moral dos benfiquistas é realmente insuportável. achas mesmo que os portistas preferem ver-vos perder do que ganharem?
    tem juízo.
    futebol é futebol e as pessoas são todas iguais.
    insuportável é ver-vos constantemente a gabarem-se de serem especiais.

  55. Honestamente Arrumadinho, acho que "esse" amor ao seu Benfica o cega. Os adeptos do FCP não são os monstros que pinta… Admira-me uma pessoa com a sua lucidez possa generalizar desta maneira. Sim, fomos muito felizes no sábado! Posso até dizer que foi dos melhores momentos que o Porto me deu, e já não são poucos, como bem sabe… e não foi pelo Benfica perder… foi sim porque quando ninguém esperava, quando já toda a gente desdenhava do Vítor Pereira, quando pensávamos que já tínhamos ficado por ali… o Porto surpreende! Marca! Ganha!! E faz-nos muito, muito felizes, mais uma vez!! A adrenalina de um jogo como este, sabendo o que estava em jogo… não seria de esperar outra coisa! Tenho a certeza que se fosse o seu Benfica sentiria o mesmo!! ps: Sabe o que mais me irrita nos Benfiquistas?! É que para vocês é normal que todo o país tenha que vos venerar e aguentar 30 minutos de telejornal sobre as casas do Benfica que abrem em Paris e dos adeptos que entram para os recordes do Guiness, pelo museu que montaram em casa. É muito show off!! Na altura da verdade, sem museus em Paris, ganha o meu Porto!

  56. lindo… eu também penso de maneira igual, até ao final tudo é possivel. Amo demais o meu clube para deixar de acreditar nele, porque ele já me deu muito, mais, do que algum dia eu lhe poderei dar!!!
    Amo-te Benfica, hoje e sempre!!
    Até ao fim!!

  57. Às vezes estás bem, outras, como hoje, estás mal no que escreves. Em primeiro lugar, a imagem que colocaste mostra apenas um elemento a festejar o golo do seu clube e a olhar para Jorge Jesus. Isso não significa que aquele punho cerrado fosse dirigido a ele. Eu quando festejei o golo do Porto fi-lo com o punho cerrado, tal e qual como o senhor o fez. Se nesse momento um benfiquista caísse de joelhos à minha frente, claro que ficaria a olhar para ele. Foi uma imagem demasiado marcante.
    Em segundo lugar, como portista te garanto que aquilo que os portistas festejaram no sábado foi simplesmente o facto de terem baixado a crista àqueles que durante semanas – logo a seguir à vitória com o Sporting – colocaram comentários tristes no facebook e outras redes sociais, designadamente fotografias do estádio do dragão com uma bandeira do Benfica a dizer "reservado para a festa". Eu não sou muito de guerras clubisticas, mas adorei ver esses mesmos benfiquistas com o "rabinho entre as pernas".

  58. caramba, se em outras questões mais importantes fossemos assim tão fortes e convictos, o pais estava bem melhor.
    todos nós (quer sejam do SLB, FCP e outros clubes) somos contra generalizações.
    há bons e maus adeptos – assim de repente, só me lembro que nunca houve confusões com os adeptos da académica, do belenenses, do vitória de setúbal, etc.;
    há erros, erros graves e há clubes que vão sendo normalmente beneficiados, tipo SLB, FCP e SCP – nunca vi o portimonense, o académico de viseu e o desportivo de chaves ser beneficiado, pelo contrário;
    há bons e maus dirigentes: sou do SLB mas que dizer daquele tipo joao gabriel, director de comunicação, que só deita ódio cá para fora? que dizer da Benfica TV, que perde mais tempo com "escutas" do que, por exemplo, com imagens de vitórias e títulos; isso é certo?
    nunca vi o vitor pereira em escaramuças e quezilias no relvado, mas já vi o jesus por diversas vezes…
    enfim, generalizações e que só demonstram que é confundir o essencial com o acessório.
    o post é sobre a paixao benfiquista. fantástico. que ganhem na próxima quarta.
    mas como benfiquista é – me igual o resultado dos outros clubes, sou do benfica, mais nada.

  59. Ana Rita,
    Vê-se mesmo que não percebes nada de futebol e nada do que é paixão por um clube e isso não se deve aos teus 21 anos. Nunca o saberás! Eu com 12 anos já o percebia. Se é verdade que nos últimos 21 anos o Porto ganhou muito mais que qualquer outro clube em Portugal, também é verdade que nesse período o Porto viu-se envolvido em histórias de corrupção que deveriam envergonhar qualquer adepto e por isso digo que a arrogância do teu comentário bate certo com a ideia de que o que interessa é ganhar, independentemente da forma como se consegue. E neste aspecto também tenho a sensação de que não é pelos teus tenros 21 anos que pensas assim. É uma forma de estar na vida, há quem viva bem com corrupção e mentira e há quem não o faça. Voltando ao teu comentário, dizes que te faz confusão ver os adeptos do SLB festejar antes de tempo, parece-me um tiro bem certeiro no pé tendo em consideração os festejos de sábado por parte dos adeptos do Porto, não?
    Quanto ao motivo que nos leva sempre a achar que vamos ganhar, é isso mesmo que não percebeste da crónica do Arrumadinho, o futebol não é racionalidade, mas sim paixão, não é razão mas sim coração (uma vez mais se aos 21 anos não percebes…). Só isso nos leva a achar que vamos ganhar, mesmo quando temos como principal adversário um clube liderado por quem comprovadamente é corrupto e que convida árbitros e afins à sua própria casa e lhes oferece prostitutas em troca de boas arbitragens. Por fim, não se escreve "ei-de", mas sim "hei de" (com 21 já devias saber escrever…).

  60. Faço minhas as tuas palavras ,até ao lavar dos cestos é vindima,quanto ao senhor que aparece na fotografia isso já é tradição nesse clube .Por isso força Benfica!!!!!!!!!!!!!!!! BENFICA SEMPRE::::(eu sou do norte muito perto do Porto mas como se diz quem nasce benfiquista benfiquista morre.

  61. Concordo consigo Mag, acho que o verdadeiro problema de ALGUNS benfiquistas, é pensarem que tudo gira em torno deles, é falarem muito, é a memória seletiva que afeta muitos deles. Caso contrário, estariam calados em muitas das críticas que fazem, porque não são exemplo.
    Sou portista, ADORO o meu clube, não fiz festa nenhuma, nem acho que devesse ser feita, só faço no fim SE ganharmos, mas ouvi muito benfiquista fazer a festa antes do tempo, isto já de há meses a esta parte, e não venham atirar areia para os olhos a falar da Liga Europa, assumam que alguns dos vossos adeptos (e não só) deram o campeonato como ganho antes do tempo, da mesma forma que vocês agora criticam e não, não é preciso vir gritar "campeões" para demonstrar isso.
    De resto, adeptos que ficam contentes com as derrotas do rival, acho que existem em todos os clubes, em todo o lado, quando existe alguma rivalidade, ou os benfiquistas ficam tristes e caladinhos quando o Porto perde?! MAS não implica que estas sejam mais importantes do que as vitórias do próprio clube. Acho de uma grande arrogância partir desse princípio.
    A sorte faz parte do jogo, a sorte que o Benfica não teve neste jogo, teve-a noutros, e pode vir a ter, no próximo fim de semana, caso o Porto não ganhe. E se for o Benfica a ganhar o campeonato, tudo bem, será justo na mesma. Só não concordo com aqueles que acham os defeitos todos nos adeptos dos outros e não têm a decência de olhar para o próprio umbigo(tendo em conta alguns dos comentários que por aqui vi).

  62. Não podia estar mais de acordo com aquilo que disse. Os adeptos do FCP não são perfeitos mas os do SLB estão também longe de o ser. De facto há pessoas que são um pouco hiprócritas. Imagens como as que se mostrou aqui no blog há hoje , houve ontem e sempre haverá, não só com elementos do FCP mas com os de outros clubes onde o SLB está também incluido. O futebol é isto mesmo, não devia de o ser mas é. Quem vive o futebol seja de que clube for e por muito racional que tente ser, terá ser uma ou outra atitude menos pensada (com isto não quero dizer que tudo é desculpável mas sinceramente acho que não é um punha cerrado assim tão ofensivo).
    Gostaria de apenas salientar mais uma coisa, li em vários blogues, benfiquitas dizerem que estão com o SLB nas vitórias mas sobretudo nas derrotas e que não é por esta derrota que irão esquecer tudo o que o SLB fez nesta época.
    De facto, sou dos tais que acho que devemos apoiar a nossa equipa sempre mas apoiar não significa dar sempre palmadinhas nas costas mesmo quando erram. Li também que os adeptos do FCP não têm garra, amor à camisola, não têm paixão. Sinceramente quando não se sabe o que se diz, quando não se sabe mais vale estar caladinhos. Nós, portistas, temos muitas garra, muita união, muita paixão e muita alma, nós apoiamos o nosso clube (como em todos os clubes, TODOS, há sempre aqueles adeptos que ou o clube é besta ou bestial), simplesmente, quando os nossos jogadores ou dirigentes cometem erros nós tentamos seja de que maneira for fazer-nos ouvir e fazer-lhes perceberem que erraram e não é por fazermos isso que temos menos paixão ou apoiamos menos o nosso clube. Permitam-me uma metáfora: "os amigos não são aqueles que dizem o que queremos ouvir mas são são aqueles que dizem o que precisamos de ouvir" e os adeptos portistas são isso mesmo, não deixando de amar o seu clube (igual ou mais que um benfiquista ama o seu club) dizem o que o clube precisa de ouvir e não é por isso que deixamos de ter alma, paixão e amor à camisola.
    ser benovolentes não significa que se ame menos, é sinal de hipocrisia, de quem faz de conta que não vê oque se está a passar e mais uma vez permitam-me que use outra metáfora "um pai que vê o filho fazer asneiras e em vez de o repreender, ainda o incentiva porque até aí foi um excelente filho, não está a ser bom pai e está apenas a incentivar o filho a cometer mais asneiras" Há que dar valor aos actos anteriores mas repreender as atuais se tal for preciso e sinceramente acho que é isso que falta á grande maioria dos benfiquistas que mesmo perante as maiores asneiras do SLB perferem dar palmadinhas nas costas do que fazer como nós portista que dizemos o que temos a dizer na hora, no momento necessário. Desculpem-me todos os benfiquistas que acham que são melhores que os portistas, mas ninguém é melhor que ninguém, apenas são maneiras totalmente diferentes de agir perante as situações , diferentes códigos de conduta.
    Cumprimentos ao arrumadinho pelos textos qur escreve e por na sua maioria das vezes conseguir manter a imparcialidade, sinceramente, acho que neste post lhe faltou um pouco mas é só a minha sincera opinião.

  63. Ora a ver vamos a todos os benfiquistas que julgam ser os melhores adeptos, os únicos que amam o seu clube e bla bla bla, a treta do costume… vamos já esclarecer aqui uma coisa: "Dragão é o «segundo estádio mais temido do Mundo»" – http://www.zerozero.pt/noticia.php?id=109835
    A votação "teve por base aspetos como a dificuldade sentida pelas equipas visitantes, o apoio dos adeptos e a lotação do estádio", portanto não, vocês não são melhores que os outros, nem amam mais o vosso clube!

    Depois, o senhor (roupeiro do FCP) festejou como bem entendeu, e ele sozinho não demonstra rigorasamente nada, já fez estudos estatísticos sr Arrumadinho, sabe o que são amostras e o que envolve um estudo estatístico?! Sabe se o senhor roupeiro antes festejou com quem tinha ao lado e só depois fez aquilo? Sabe se ele tinha alguém próximo dele para festejar? Ou o mais imporatene, ele fez mal a alguém por festejar daquela forma? Festejou como bem lhe apeteceu, como os adeptos do benfica na banca devem ter festejado quando marcaram o golo… já foi para o meio duma claque? Aconselho-o a ir, vai ver que deixa de ser flor de estufa num instante! A vida é mesmo assim, uns perdem , outros ganham e cada um comemora como quer (desde que não aleije ninguém, claro está).
    Olha agora também queria mandar na forma como o homem festeja, mas afinal vivemos numa democracia, ou quê?!!!

  64. "Nos últimos dias fartei-me de ler mensagens de gozo de portistas que sentem mais prazer na derrota do Benfica do que na vitória do FC Porto."

    Oh senhor, agora estas frases pré-fabricadas para quê? São todos iguais! Se fosse ao contrário o que não faltariam era mensagens de gozo do Benfica para o Porto… Parece que conhece o mundo do futebol há um dia…

  65. Estás um bocado enganado, o FCP fez um bom jogo e acreditou até ao fim, contra um Benfica que fez uma óptima época. Não sei o que lês, com quem te dás, mas quero crer que nem todos os Portistas e nem todos os Benfiquistas são iguais. São pessoas que ficam contentes com o triunfo do seu clube e não com a desgraça do outro. Eu pelo menos sou assim, Portista, orgulhosa do meu clube, vença ele o campeonato este ano ou não. Consigo facilmente ver que o Benfica esteve muito bem este ano e não me aflige se for campeão, porque fez para isso. Fui, sou e sempre serei do FCP e espero que o Benfica ganhe a Liga Europa, porque sou portuguesa e porque muito prestigiaria o nosso país!

    Telma

  66. Senhor S. Pinto, então eu vou generalizar por cima, já que é assim que coloca as coisas: os adeptos de clubes de futebol são TODOS agressivos, selvagens, sem coração, sem paixão, sem fé em nada, uns gozões que só se satisfazem com as vitórias e partem tudo e estão contra todos nas derrotas".

    Para comentário idiota, comentário idiota e meio!

  67. O senhor ao fundo, de punho cerrado, não é mais do que o técnico de equipamentos, vulgo roupeiro. Um homem que vibra com o FC Porto desde que nasceu, que sente as dores dos seus jogadores e que naquele momento explodiu e não explodiu para Jorge Jesus por acaso. Explodiu para ele porque é um fanfarrão (basta consultar as muitas frases dele); explodiu para quem levantou quatro dedos para Manuel Machado; explodiu para quem se envolve em escaramuças em muitos fins de jogos, no centro do terreno; explodiu para quem se acobardou no estádio que o fez descer à terra (desta vez de joelhos). Aquele senhor ao fundo, de punho cerrado, não é um catedrático, não ganha quatro milhões de euros por ano, mas é humilde e sente-se. Sim, porque ele também lê as babuseiras do Jorge Jesus; sim, porque ele também tem televisão para ver a arrogância de quem antes do jogo dizia que o Vitor Pereira não sabe como vai jogar o Benfica porque o Benfica joga de muitas formas, não é como o Porto (pois não, não é mesmo! O Porto joga sempre da mesma forma, seja qual for o adversário); aquele senhor que leva os casacos aos seus heróis quando são substituidos explodiu como todos os outros portistas que passaram os últimos meses a serem massacrados com comentários dos supostos campeões nacionais, e agora, na hora da resposta, os benfiquistas que massacraram as redes sociais e aqueles com quem lidavam estão ofendidos. Esperavam o quê? Um festejar silencioso? Os benfiquistas são culpados pelo sentimento de repulsa que os outros adeptos têm por eles. Nós portistas festejamos o que temos na mão, assim como fizemos no sábado passado, depois de ajoelhar Jesus, Cardozo e Sálvio e de calar os milhões que já brindavam com a mesma arrogância com que Lima e Gaitan o fizeram. Nós, mesmo vencedores consagrados, somos humildes e esperamos pelo fim. Nós não vivemos de capas de jornais, nós vivemos de troféus. E domingo, enquanto os seis milhões estiverem a rezar pelo Paços de Ferreira, nós estaremos de corpo e alma na Mata Real, com todo o nosso querer e, digam o que disserem, ninguém quer mais do que nós. E lembrem-se que não basta rezar pelo adversário do FC Porto. O Estoril também já estava derrotado.
    O campeonato não está ganho, os adeptos, os treinadores e os jogadores do Bi Campeão Nacional sabem disso melhor que ninguém, não precisam de nos lembrar disso, mas de qualquer forma somos humildes para agradecer tal auxiliar de memória.
    E aos noventa minutos ninguém rogava pragas ao Vitor Pereira. Aos noventa minutos apenas se elogiava Jesus. Não se digam mentiras porque parece mal. Aquele estádio quando está descontente faz-se sentir e ninguém é mais critico que os adeptos portistas, a nós não nos basta o quase, nós queremos sempre mais e aos noventa minutos não se ouvia qualquer assobio nem critica ao Vitor Pereira. E hoje, depois da vitória, não se ouvem os portistas a pedir a renovação do treinador, nem a dizer que ele é muito bom. Nós, graças a Deus, somos diferentes.

  68. É isso Ricardo, 4ºfeira vamos estar a puxar pelo nosso amor, porque com ele estamos nas vitórias e nas derrotas. E enquanto há vida, há esperança! E mesmo que não ganhemos nada, temos uma grande equipa, excelentes jogadores e o melhor treinador em Portugal!! Joana Marques

  69. "Um adepto do clube assumidamente corrupto ou um lagarto" não está mau para quem se define " por valores positivos e não pelo lado vil, negro, provinciano, tacanho, mesquinho, invejoso e execrável…"

    Nem percebeste bem o que escreveste, pois não?

  70. Acho que este texto está para lá de espectacular! Sou um bocadinho pessimista, confesso, mas não sou daquele grupo que esquece tudo o esta equipa fez ao longo da época (e das épocas anteriores) ou tudo o que Jorge Jesus já fez por esta equipa. Sou do grupo dos que acreditam que ainda há hipóteses de ganhar tudo. E quarta-feira estarei a vibrar pelo meu Benfica, a sentir o coração a bater no estômago e a ficar sem fome dos nervos. Porque futebol é paixão mesmo! E esta equipa enche-me realmente as medidas!

    http://itsktime.blogs.sapo.pt/

  71. Caro anónimo. Diz que não falo daquilo que o Benfica não fez para ganhar no Dragão. Não falo por uma razão: o meu post não é sobre o jogo do Dragão, não é uma crónica ao jogo – isso fazem os jornais desportivos. O meu texto é sobre amor a um clube, não é, sequer, uma palmadinha nas costas, é uma manifestação de um sentimento que me une a um clube e que é muito maior do que um jogo de futebol.
    Não fale em comentários azedos de benfiquistas, porque, como bem sabe, há-os em adeptos de todos os clubes. A discussão de quem é mais mesquinho, mais violento, mais intolerante leva ao mesmo resultado que a discussão de quem nasceu primeiro, se o ovo ou a galinha, por isso não a travo. Não falo em nome dos benfiquistas, falo por mim. Há adeptos tolerantes e desportivistas em todos os clubes, como há bestas inqualificáveis. Ninguém é mais santo que ninguém. Falas-me da festa da Madeira, eu falo-te da festa no Dragão. Também eu vi os jogadores do FC Porto a festejarem como se já fossem campeões. É exactamente a mesma coisa. O que não vi foi uma multidão de adeptos do Benfica na rua a gritar "campeões, campeões", como vi de portistas nos Aliados.
    Quando àquilo que devemos exigir do nosso clube, bom, recomendo-te que leias o que normalmente escrevo sobre futebol. E o que escrevo é isso mesmo, que é preciso exigir e cobrar e querer sempre mais. Agora, quando se falha, há duas atitudes possíveis: virar costas ou continuar de mãos dadas. E as minhas estão dadas com o meu clube, sobretudo num momento difícil. Não acho que o Benfica tenha perdido no Dragão porque o FC Porto foi muito superior. Acho que o Benfica jogou como deveria jogar, de forma adulta, ponderada, cautelosa, precisamente porque estava a jogar em casa de um grande clube. Foi assim que jogámos em Braga e ganhámos, que jogámos em Paços e ganhámos, que jogámos no Estoril e ganhámos. No Dragão, não tivemos sorte. Sofremos um auto-golo e um golo (fantástico) nos descontos, numa altura em que dominávamos o jogo. Sofremos, como poderíamos ter marcado num qualquer pontapé de longe. Faltou-nos a sorte de outras alturas, a que sobrou ao FC Porto neste jogo.

  72. Anónimo das 14:05, A sorte procura-se. Sorte teria sido o Benfica empatar o jogo ou ganhar sem ter feito nada para isso. Isso sim seria sorte. Se os vossos jogadores não travaram em falta, o que é mentira, mas até assumindo isso como sendo verdade, mais uma vez foi porque não tem capacidade de arriscar, não joga para vencer, fica à espera do erro contrário . O Benfica perdeu no Dragão porque quis. Reitero o que escrevi, os adeptos têm espirito de campeões, a estrutura do Benfica não. O clube não. Os jogadores do Benfica não têm raça, chama, vontade. Pelo menos não a mesma que os jogadores do Porto têm. Quanto *A provocação da mentalidadezinha mediocre, é mais do mesmo. Baixaria Benfiquista, de quem não tem capacidade de resposta,de assumir as evidências, o clube regional de que fala, foi buscar um treinador que não servia para vocês e deu-lhe a oportunidade de ser o melhor do mundo. O clube regional de que fala, vende jogadores por milhões, o clube regional de que fala , ganhou ao grande clube nacional que é o Benfica. É triste perder com um clube regional. Eu sei. É triste. Dói.

  73. Generalizaçoes ou nao, os portistas sao isso tudo: "agressivos, selvagens, sem coração, sem paixão, sem fé em nada, uns gozões que só se satisfazem com as vitórias e partem tudo e estão contra todos nas derrotas".
    Na derradeira noite, no Porto, saí à rua e o que vi foi os ditos adeptos a festejar a derrota do benfica, a insultá-los com os canticos do costume. Ser benfiquista na cidade do Porto nao é nada fácil!!!!!

  74. Sou Portista e vibrei com a vitória do meu porto, muito mais do que com a derrota do benfica.. Fiquei orgulhosa do meu clube, da garra que mostraram, da luta e estao de parabéns…Seria hipocrita se dissesse que nao me deu algum prazer ver-vos cair no fim, deu…Como vos daria a vós… Sao os maiores rivais do futebol portugues… é normal.. Mas nao significa que os portistas estejam mais feliz com a vossa derrota do que com a nossa vitória… Quanto à imagem em questao, a imagem completa mostra o Vitor Pereira a vibrar de alegria.. e a desilusao patente do Jesus.. Acho que é uma imagem que vale ouro..Independentemente de quem ganhou ou perdeu, mostra o amor ao futebol…Mostra a vitória e a derrota… é uma imagem tocante…

  75. Pois, ainda faltava cá este argumento: quando o Benfica perde é porque o árbitro ajudou o adversário; em última instância, se o árbitro não tiver jogadas para ajudar o adversário do Benfica, então vai ser o próprio Benfica a ajudar o adversário. Como? Ora lá estão bons exemplos: um auto-golo que ocorre de forma claramente propositada por um jogador que certamente também recebeu uma boa maquia desse mafioso asqueroso corrupto que é aquele tal de Pinto da Costa; ou então o Benfica decide levar uma boa porrada de tempo a repor as bolas e perde muito tempo no chão a queixar-se de alguma dor imaginária, que é para o árbitro dar aí uns bons 4 minutos de compensação, que assim pode ser que o adversário chegue lá ao resultado que quer!! (Certamente se não ocorresse um golo do adversário aos 92 aos 93:30 teríamos mais um auto-golo) Isto sim, é argumentação altamente fundamentada! E vêm esses senhores para a televisão falar, falar, falar,… para quê? A verdade é esta!!!
    O Porto ganhou ao Benfica porque o Benfica ajudou, porque o Benfica não resiste em ajudar o seu adversário quando vê que o árbitro não está em dia de ajudar! Portanto, que esses índios do norte se vergam à imensa misericórdia e solidariedade dos senhores da Luz!

  76. Su, poupe-me foi mesmo isso que os portistas comemoraram e referiam-se mesmo à época passada quando gritavam campeões!

  77. Já o Porto fez muito, imenso para ganhar um jogo que tinha, ao contrário do Benfica (a quem bastava o empate), obrigatoriamente que ganhar: um golo que foi autogolo, uma bola ao poste num fora de jogo de metros e finalmente um golo fora de tempo quando o Benfica estava por cima. Nunca vi, por muito errados que muitos adeptos do benfica sejam, a escrever "ides sofrer como cães"… e o benfica e os benfiquista é que são arrogantes?

  78. Tá tudo dito! Acho que devíamos ser todos benfiquistas, que é para isto ter tudo mais piada mesmo. Afinal o universo divide-se entre os que amam o Benfica e os que odeiam o Benfica. Temos todos em comum isto: algum tipo de sentimento, seja ele positivo ou negativo, pelo Benfica.

    Aqui está verdadeiramente um pensamento tacanho, mesquinho, execrável…!

  79. Lá está aí a velha ideia que também posso generalizar: os adeptos do Benfica amam intensamente o seu clube, enquanto os outros, que não amam nada, contentam-se com as derrotas do Benfica. Ou seja, na cabeça do benfiquista está a ideia que tudo gira em torno do Benfica. Mas não, não vou acreditar nisto…

    O que eu quero dizer mesmo é que também não festejei antes do tempo; se chegar a festejar será apenas no Domingo; e quero ainda partilhar que acreditei no meu clube até ao fim, de mãos unidas olhando o campo, sempre com muita fé; quando aquele golo aconteceu celebrei de mãos dirigidas ao céu, porque o futebol é assim esta coisa irracional, é verdade.

    Detesto generalizações, estou cansada dessa imagem que teimam em passar dos adeptos do Porto agressivos, selvagens, sem coração, sem paixão, sem fé em nada, uns gozões que só se satisfazem com as vitórias e partem tudo e estão contra todos nas derrotas, incapazes de defender a sua equipa nos momentos maus… Estou farta que confundam a nossa alegria com o gozo de alguns ao vosso JJ de joelhos no relvado.

    Eu também acredito até ao fim. E o fim ainda não chegou. Que vença quem lute mais! Este ano qualquer um dos 2 clubes será um justo vencedor.

  80. Boa tarde,

    Sou um leitor assiduo diário, e comungo de muitas das opiniões, de muitas vivências, mas como bom critico, também tenho opinião própria e sei defender as minhas convicções.

    Sou PORTISTA assumido, daqueles que sofre e vive cada momento do jogo, que esteve em várias finais, inclusive na ultima conquista europeia. Sou também treinador de futebol, nível II, e ex-jogador, ainda que a nivel amador.

    Um adepto ou um grupo de adeptos não espelha o todo, nem do lado Portista, nem do lado Benfiquista. A imagem do Jorge Jesus de joelhos, mostra a desilusão, ao invés do seccionista portista, de punho cerrado, que mostra a força, o acreditar. Desta forma, não a interpreto a imagem como negativa, ou afronta, mas como acreditar, com a confiança que a maioria da familia Portista comunga.

    O Benfica, tal como o Porto chegaram a 2 jornadas do fim sem derrotas, e isso prova que são equipas competentes, que foram cumprindo os objectivos traçados. o Porto começou a perder pontos cedo, mas o Benfica foi abaixo nos ultimos jogos, e num derbi em que o Benfica apenas dependia de si, fez um jogo que não foi digno de um lider!

    Apostou numa atitude defensiva, calculista, sem espetaculo, e sem iniciativa! Marcou um golo, numa desconcentração Portista, devido aos jogos de bastidores de banco, que prjudicaram os indices de concentração e pagaram por esses mesmos jogos de bastidores.

    Apesar de tudo, o Porto, com alguma sorte também, conseguiu dar a volta ao resultado. Mas provou que estava atrás do unico resultado que lhe permitia sonhar na revalidação do titulo. Esse mesmo titulo que não está ganho, nem de longe nem de perto, mas está mais fácil, uma vez que apenas depende de sim, e não acredito que nenhum treinador que procura singrar e mostrar competência queira descurar a consolidação do 3º lugar, e ter uma palavra a decidir neste campeonato.

    Quanto aos treinadores, à os que apreciam Jorge Jesus e aqueles que criticam, assim como os que defendem Vitor Pereira e os que só sabem dizer mal. Treinadores que chegam a esta fase da epoca com estes resultados, independentemente do plantel, e da sua gestão, são treinadores que nada precisam provar.

    Eu não concordo com todas as opções de Vitor Pereira, nem com os seus discursos, mas a nível de resultados, está prestes a garantir mais um campeonato, sendo o seu segundo, se conseguir levar de vencido o Paços de Ferreira. O Jorge Jesus como tecnico não precisa de mostrar mais nada, pois tornou o Benfica numa equipa capaz e competitiva como não se via à um par de anos, mas peca também por não ter um bom relacionamento com as palavras e com as emoções.

    Penso que o campeonato tanto seria bem entregue ao Porto como ao Benfica por tudo que conseguiram, mas como Portista, defendo o clube do meu coração, aquele que ao longo de 33 anos sempre encheu de alegrias.

    Quanto à preferência dos adeptos pelas derrotas do adversário ao invés da vitória do clube, é um mero exercicio de opinião! A mim dá-me prazer ver o meu clube ganhar, mas não fico indiferente obviamente às derrotas dos adversários.

    Quem comigo partilhou o jogo sentiu o meu nervoso, a minha emoção, e satisfação por ver o meu clube triunfar. E com a cautela de quem sabe que nada está ganho, esta semana será de ansiedade, semana que espero que termine com mais uma conquista.

    Insisto, o comportamento de uma pessoa ou grupo de pessoas não pode manchar todos os outros.

    Continuação de bons posts

    Abraço

  81. Arrumadinho,

    Sabes o que aconteceu depois da vitória do Benfica na Madeira, não sabes? O que é que aconteceu no Marquês e no final do jogo lá na Madeira, quando os jogadores do benfica ainda estavam em campo? Sabes-me dizer?

    Isto não quer dizer que os Portistas também já não o tivessem feito. E é errado seja quem for que o faça.

  82. Boa tarde,

    Sou um leitor assiduo diário, e comungo de muitas das opiniões, de muitas vivências, mas como bom critico, também tenho opinião própria e sei defender as minhas convicções.

    Sou PORTISTA assumido, daqueles que sofre e vive cada momento do jogo, que esteve em várias finais, inclusive na ultima conquista europeia. Sou também treinador de futebol, nível II, e ex-jogador, ainda que a nivel amador.

    Um adepto ou um grupo de adeptos não espelha o todo, nem do lado Portista, nem do lado Benfiquista. A imagem do Jorge Jesus de joelhos, mostra a desilusão, ao invés do seccionista portista, de punho cerrado, que mostra a força, o acreditar. Desta forma, não a interpreto a imagem como negativa, ou afronta, mas como acreditar, com a confiança que a maioria da familia Portista comunga.

    O Benfica, tal como o Porto chegaram a 2 jornadas do fim sem derrotas, e isso prova que são equipas competentes, que foram cumprindo os objectivos traçados. o Porto começou a perder pontos cedo, mas o Benfica foi abaixo nos ultimos jogos, e num derbi em que o Benfica apenas dependia de si, fez um jogo que não foi digno de um lider!

    Apostou numa atitude defensiva, calculista, sem espetaculo, e sem iniciativa! Marcou um golo, numa desconcentração Portista, devido aos jogos de bastidores de banco, que prjudicaram os indices de concentração e pagaram por esses mesmos jogos de bastidores.

    Apesar de tudo, o Porto, com alguma sorte também, conseguiu dar a volta ao resultado. Mas provou que estava atrás do unico resultado que lhe permitia sonhar na revalidação do titulo. Esse mesmo titulo que não está ganho, nem de longe nem de perto, mas está mais fácil, uma vez que apenas depende de sim, e não acredito que nenhum treinador que procura singrar e mostrar competência queira descurar a consolidação do 3º lugar, e ter uma palavra a decidir neste campeonato.

    Quanto aos treinadores, à os que apreciam Jorge Jesus e aqueles que criticam, assim como os que defendem Vitor Pereira e os que só sabem dizer mal. Treinadores que chegam a esta fase da epoca com estes resultados, independentemente do plantel, e da sua gestão, são treinadores que nada precisam provar.

    Eu não concordo com todas as opções de Vitor Pereira, nem com os seus discursos, mas a nível de resultados, está prestes a garantir mais um campeonato, sendo o seu segundo, se conseguir levar de vencido o Paços de Ferreira. O Jorge Jesus como tecnico não precisa de mostrar mais nada, pois tornou o Benfica numa equipa capaz e competitiva como não se via à um par de anos, mas peca também por não ter um bom relacionamento com as palavras e com as emoções.

    Penso que o campeonato tanto seria bem entregue ao Porto como ao Benfica por tudo que conseguiram, mas como Portista, defendo o clube do meu coração, aquele que ao longo de 33 anos sempre encheu de alegrias.

    Quanto à preferência dos adeptos pelas derrotas do adversário ao invés da vitória do clube, é um mero exercicio de opinião! A mim dá-me prazer ver o meu clube ganhar, mas não fico indiferente obviamente às derrotas dos adversários.

    Quem comigo partilhou o jogo sentiu o meu nervoso, a minha emoção, e satisfação por ver o meu clube triunfar. E com a cautela de quem sabe que nada está ganho, esta semana será de ansiedade, semana que espero que termine com mais uma conquista.

    Insisto, o comportamento de uma pessoa ou grupo de pessoas não pode manchar todos os outros.

    Continuação de bons posts

    Abraço

  83. ah e tal… vamos festejar o campeonato ao dragão. há muito se ouvia!!! azar…levaram a champanhe de volta a lisboa…

  84. O amor é para o bem e para o mal…o meu amor é verde e branco e como todos sabemos está nas ruas da amargura mas tenho que continuar a acreditar que vamos melhor,este ano não será mas para proxima época estarei lá novamente com a mesma alegria que tinha quando aos 10 anos o meu pai me levou ao estádio pela primeira vez :)Por seu lado sou solidária com o Benfica , visto lá em casa haver um ferrenho e muitas vezes acompanho-o ao estádio por isso (mesmo sem ele saber), já simpatizo com o Benfica e de facto foi muito triste perder daquela maneira…agora quarta-feira devemos TODOS os portugueses estar com o Vosso clube , visto ser uma representação do nosso Pais. Força Benfica 🙂 *

  85. a análise de um lado e do outro. justa? esta última!!! bibó FCP… tá claro…. jogar para empate ? não dá com nada… há tanta palha para falar acerca deste jogo. mas o vencedor é quem luta do inicio eté ao fim.. nunca podemos ir com o espirito do nim.

  86. Ricardo,
    amar também é saber quando se errou e não desculpabilizar tudo. É respeitar as falhas e amar na mesma.
    O Benfica de sábado errou. Quarta-feira, tem uma nova oportunidade e nós lá estaremos para gritar por toda a equipa 🙂

  87. Eu amo e amarei sempre o Sport Lisboa e Benfica.
    Quarta feira lá estarei de cachecol a torcer e a desejar pela concretização de um sonho: um titulo europeu.

    Mas esse amor incondicional não me faz cego perante os problemas do meu clube.

    Sobre a festa na Madeira…ainda hei-de perceber que mal tem. Os jogadores do fcp não festejaram a vitória sobre o SLB?
    É normal, em qqr parte do mundo, os jogadores festejarem uma vitória difícil e importante.

  88. E o senhor esqueceu-se de referir que o seu porto teve, apenas e só, a sorte do jogo. Para começar, o golo do empate resulta de uma infelicidade de um jogador do Benfica e o segundo golo, apesar de fantástico, aconteceu quando já nada o fazia prever. Se há algo a apontar aos nossos jogadores é apenas o facto de não terem travado em falta o vosso jogador, tal e qual os vossos faziam de cada vez que o Benfica partia para o ataque. Era arrumar logo com o jogador, ainda que isso nos valesse um vermelho e a consequente expulsão.
    Ainda assim, eu continuo e continuarei a acreditar no meu clube e a torcer por ele. E vocês, por muitos campeonatos que ganhem, enquanto mantiverem essa mentalidadezinha medíocre, nunca vão deixar de ser aquilo que sempre foram: um clube regional que vive à custa da fruta e dos cafés com leite!

  89. Ahahaha O SLB nunca beneficiou de nenhuma vitória através de um auto-golo? Espera lá, então agora descontos de 4min já não são permitidos? Só se o SLB marcar nesse período é isso??? E relembro, a compensação até podia ter sido de 2 min, chegava à mesma, visto que o golo foi marcado no 1º.
    E se há equipa que tem tido ajudinhas, essa não é o FCP, pelo menos não este ano 😉

  90. ah e ainda bem q apesar de ir suspender o contrato com a edp (diz ele) o pinto da costa não vos apagou a luz.. já que nós festejamos às escuras, para vocês chorarem também servia perfeitamente.. humilhavam-se menos!

  91. Sim, realmente inferioridade não nos falta..até andamos a incendiar autocarros..ey espera! isso foram os adeptos do benfica.
    oh pah aprendam a ganhar e a perder… no futebol não há santos nem no porto, nem no benfica, nem em clube nenhum!

  92. Concordo quando diz que essa irracionalidade e paixão é comum a todos os adeptos de diferentes clubes, mas ainda assim os portistas são completamente diferentes dos Benfiquistas. Pela história, pelo hábito de vitória cá e lá fora, somos muito mais exigentes. Um Portista nunca ficaria satisfeito com os tais 100 golos, com algumas exibições muito acima da média, por estar a fazer uma época que ja não havia memória no clube, e no fim não ganhar nada! O que fica são os troféus! É isso que fica para a história, que na época X, o campeão foi o clube Y. Não interessa se estes foram campeões mas os outros é que fizeram uma época muito melhor, ninguém se vai lembrar disso. Eu enquanto Portista nunca pensaria dessa forma, o que interessa são os títulos, as Taças, os Troféus, as vitórias morais de nada servem. De que serve ao Benfica estar a jogar tão bem, ter uma equipa tão fantástica e depois não cumprir com o principal objectivo?

  93. É tão triste que a única maneira que tem para argumentar seja com parvoíces como as que escreve.
    Esse tipo de comentários já começam a ser ridículos e a cair em deduso. Quer falar de compensação? Quer que fale de um penalti que o SLB marcou aos 94 minutos logo no início desta época ? Era penalti sim senhora mas não deixou de ser aos 94 minutos.
    Falar em jogo sujo?? Está tão batida essa desculpa que até dá pena só de falar nela.

  94. Grande comentario sobre o nosso clube, e sobre o jogo de sabado.
    Não sou tão optimista talves porque já cá cantam 56 anos e já tive muitas desilusões mas o amor pelo Benfica será ate ao meu ultimo dia de vida.
    Força SLB
    Serás sempre o maior!
    Teresa

  95. Até me arrepiei! Adorei o texto, principalmente por dizer tudo aquilo que eu sinto também. Eu também acredito e acreditarei até ao fim! Força, Benfica!!!

  96. Sou Vitoriana e adoro o meu Vitória de Guimarães e no dia 26 estarei a torcer para que possa trazer a taça para a minha cidade, mas dá gosto ler alguém que escreve e pensa como tu Arrumadinho! Pensassem todos assim e o futebol seria aquilo que deveria ser: uma festa 🙂
    Eu também acredito!

  97. 1- Sinceramente, vamos acabar com as hipocrisias. Não são só os dirigentes portistas que fazem isto, todos , mas todos o fazem e simplesmenet não são "apanhados" pelas objetivas.
    2- O que a mim me faz confusão (e não só no SLB) é festejarem antes de conquistarem seja o que for (quer seja porque passaram à final da liga europa, quer porque ganharam ao SLB e já se acham campeões). Para mim festeja-se quando se ganha efetivamente alguma coisa (mas é apenas a minha opinião, claro está).
    3- Eu só tenho 21 anos, pouco sei da vida no geral mas sempre, desde sempre, que adorei futebol tentando estar sempre atualizada. Vibro com as vitórias do FCP, não me vejo a ser de outro clube que não o FCP, e portanto tento-me por no lugar dos benfiquistas e talvez assim consiga perceber o amor que sentem por esse clube.
    Apenas não entendo uma coisa e sinceramente não sei se ei-de dar valor aos benfiquitas ou achar ridículo: Em 21 anos que tenho foram poucas as vezes que vi o SLB a ganhar fosse oque fosse (em comparação ao FCP por exemplo estes últimos 21 anos , pouco ou nada ganhou) mas todos os anos, sem exceção os benfiquistas começam a época com a expressão " é este ano que vamo ser campeões, somos a melhor equipa de Portugal". Juro que não entendo como todos os anos acontece a mesma coisa e dizem-se as mesmas expressoõs tendo em conta que ano após ano o SLB pouco ganha, porque razão dizem que são a melhor equipa de Portugal? porquê? Não há nada que o demosntre (nº de adeptos não é proporcional a qualidade)! porquê tanto entusiasmo todos os começos de época ? Na época passada e na passada nada ou pouco ganharam!!! Juro que não entendo. Tudo bem serem positivos mas um pouco de realismo não ficava nada mal.
    Os adeptos benfiquitas (generalizando claro está) assim como o clube em si faz-me lembrar um pouco aquelas divas /atrizes/cantoras que não entendem que já não são como eram à 40 anos atrás, já não têm o mesmo brilho e talento que tiveram outrota, e apenas têm uma coisa que é o amor à camisola e a si mesma.

  98. Tivesse eu, metade do seu dom da palavra e escreveria exactamente o mesmo! É um amor incondicional, daquele que nos enche o peito, mas que também nos sufoca. E quem ama assim, ama sempre. Eu sou do "seu clube", o clube dos que amam sempre. (: E acredito e também acArdito!

  99. Bom dia Arrumadinho.
    Certo é que o Benfica que tanto amas , e isso não dizes, não fez nada para ganhar o jogo no Dragão. Não teve espirito de campeão. Todos os comentadores televisivos o têm dito. O golo que marcou, fê-lo na primeira vez que foi à baliza do Porto, um golo atabalhoado, sem saber ler nem escrever.
    O Benfica foi com medo ao Dragão. Medo de arriscar, medo de levar 4 ou 5 golos.
    O Benfica não tem , reitero, espírito de Campeão. Já os seus adeptos têm. Mas têm muito mais que o Benfica enquanto clube.
    Os Portistas que viste ficarem contentes com a derrota do Benfica, são os mesmos que tiveram de levar com comentários azedos de benfiquistas a dedicarem-lhes a final da liga europa. Os mesmos benfiquistas que, e em 6 milhões são muitos, vibram com as derrotas do Porto. Recordo-te da festa que fizeram na Madeira. Disso não falas. No meio do campo todos aos pulos, a festejar o quê ?! A arrogância benfiquista das ultimas semanas pagou-se cara. O Porto que saiu aos Aliados, do qual não fiz parte, foi o Porto que tem nas mãos a oportunidade não de ser campeão, mas TRICAMPEÃO. Gritaram campeões ?! Claro, são os actuais campeões em título. Festejou-se como se festeja sempre a vitória do Porto sobre o Benfica ou vice versa.
    Quanto à foto que publicas do braço em punho de um portista sobre o desespero do Benfica. Não me lixes,nem arranjes maldade em algo que é o mais comum do mundo. Quando jogares festejam golos assim , face Às bancadas adversárias….
    Assumam a derrota com a certeza de que voces adeptos tÊm espirito de campeão, mas o vosso clube não. Exijam do vosso clube, em vez de lhes darem palmadinhas nas costas. Critiquem-nos pela forma como jogaram com o estoril, no porto, etc.
    Com azar ainda perdem em moreira de conegos.
    E se o Benfica não tem pernas porque está em muitas frentes, então isso só significa que não tem capacidade para disputar a primeira liga portuguesa. Quem disputa a primeira liga portuguesa, tem de se sujeitar a ganhar outras competições, e ter estrutura para isso. Só mais uma coisa, deverias, como homem sensato que és, por em simultâneo com esta foto, a foto de um adepto do Benfica no inicio do jogo, com as calças em baixo, de rabo à mostra para a claque do porto. Isso sim, é humilhante.

  100. Eu agora espero ansiosamente é que recuperem a força na 4a! E que não se deixem ir abaixo com a derrota de Sábado. Não consigo ser optimista como tu, mas dá-me forças ver que esse optimismo ainda existe. 😉

    Pippa Coco blog (pippacoco.blogspot.pt)

  101. este jogo e o que se seguiu é bem o exemplo do que eu penso há muito tempo: por mais campeonatos que o Porto ganhe, e não há dúvidas que nas últimas décadas tem sido o melhor clube do país, nunca mas nunca serão o maior clube de Portugal, porque os seus dirigentes, técnicos e também adeptos (não todos felizmente) enfermam de um complexo de inferioridade tão grande em relação ao Benfica, que tomam atitudes como tão bem o Arrumadinho salientou no texto: quem é grande não precisa de humilhar o adversário ou ficar mais contente com a derrota do benfica do que com a sua vitória. Ser grande é como muitos benfiquistas fazem que torcem pelo Sporting ou pelo Porto nas competições europeias…

  102. A verdade é que o FCPorto ainda é campeão! O campeonato deste ano ainda não terminou, por isso, são efectivamente campeões!
    E é verdade que deu muito gozo porque todos já festejavam antes do tempo, os suplentes do Benfica já esperavam de pé o final da partida para festejar e não o conseguiram.
    Foi um balde de água fria… Mais do que a derrota do Benfica, foi o não poderem fazer a vossa festa na nossa casa, como nós já o fizemos na vossa.
    Foi ver os comentadores a gozarem com a entrada do Kelvin e ver que foi ele que decidiu o jogo.
    E desculpa discordar, mas o Porto jogou… e jogou muito! Como eu não o via jogar há muitas jornadas! E por isso soube ainda melhor!
    Espero sinceramente que tragam o título da Liga Europa para casa.
    Mas como li no bolgue do Pedro Ribeiro da Rádio Comercial: "Eles é que ganham milhões e tu é que estás para aí a chorar?"

  103. Depois de dois dias a ler o quanto os Portistas tão de parabéns…..pois bem, deviam por a mãozinha na consciência e ver que foi preciso um auto golo nosso e um prolongamento de 4 minutos para ganharem o jogo, senão nem o marcador teriam aberto…..por isso em vez de andarem por aí a receitar rennie aos Benfiquistas vejam bem as ajudas que tiveram todo o campeonato e já agora as que tiveram ontem…..o FCP sim faz jogo sujinho, muito sujinho….
    Por favor, nao abram a boca quando o que tem são telhados de vidro, e daquele vidro muito fininho….perdemos uma "batalha" mas estamos longe de ganhar a "guerra"….

  104. Adoro este argumento, eu, que me estou a cagar para futebol: "Porque os outros são umas bestas, eu também posso ser". Depois ficamos muito admirados com o mundo (e o país) onde vivemos. Espectacular.

  105. POr isso é que o meu comentario a esses senhores so pode ser um…ponham a mao na consciencia…pois depois de dois dias a ler o quanto os Portistas tão de parabéns…..pois bem, estes deviam por a mãozinha na consciência e ver que foi preciso um auto golo nosso e um prolongamento de 4 minutos para ganharem o jogo, senão nem o marcador teriam aberto…..por isso em vez de andarem por aí a receitar rennie aos Benfiquistas vejam bem as ajudas que tiveram todo o campeonato e já agora as que tiveram ontem…..o FCP sim faz jogo sujinho, muito sujinho….. e eu ate nem sou uma adepta ferranha….mas revolta ouvir e ver certos srs que de srs nao teem nada falarem como se fossem os melhores dos melhores quando o que teem são "ajudinhas"…

  106. Um benfiquista define-se somente pelo seu amor ao Benfica. E só isso. Um adepto do clube assumidamente corrupto ou um lagarto define-se não tanto por gostar do seu clube, mas mais ainda pelo ódio que nos tem (daí o cântico que nos 'dedicam' sempre que marcam um golo em qualquer jogo). Por isso, é que nos seremos sempre superiores. Mesmo que às vezes não ganhemos. Porque nos definimos por valores positivos e não pelo lado vil, negro, provinciano, tacanho, mesquinho, invejoso e execrável que essa criaturazinha de pé tão bem representa.

  107. dizer "espero que a Académica desça" não é humilhar nem provocar, pois não?
    somos assim, todos iguais, uns contra os outros.

  108. Grande Arrumadinho! Confesso que não sou tão optimista. Nunca sou. Li o texto da Pipoca e acho que me identifico mais com o dela. Até à parte em que ela diz perder um pouco do seu amor, do seu benfiquismo. Aí não. Não me identifico nada. Mas lá está, são diferentes posturas. Cada um vive a paixão com o futebol – ou com outra coisa qualquer – à sua maneira. Mas esta equipa e este treinador também me enchem as medidas. Eu também acredito neles. Cresci numa época em que o Benfica teve a Operação Coração, o Vale e Azevedo, os 7 a 0 em vigo… Acho que estou calejada. Mas continuo a orgulhar-me sempre de ser do Benfica. E a vestir a camisola. E a assumir, com orgulho, esta minha paixão. E esta equipa e este treinador mostraram-me que o Benfica, agora, está no bom caminho.

  109. Assim cm ha mts benfiquistas q tb desfrutam mais das derrotas do Porto q as vitorias do Benfica… adeptos desses dispensam-se bem!!! Sou tao assim cm tu em relacao ao Porto 🙂 fazem falta mais adeptos assim 🙂 haja fair play 🙂 continua assim!!

DEIXE UMA RESPOSTA