Ajudem o Sparky

0
2697

Sempre tive uma reacção física a histórias de animais. Em miúdo, adorava séries como “O Cão Vagabundo”, adorava filmes em que os animais eram heróis ou salvavam-se de situações extremas. Ainda hoje, quando penso em filmes que me emocionaram, lembro-me do ET e da cena em que ele está a morrer no rio. Bem sei que não é um animal, mas é como se fosse.

Hoje conheci a história do Sparky, um cão recolhido em Vila Real, às portas da morte, depois de ter sido arrastado por um carro num parque de estacionamento, aparentemente por gozo puro. Uma mulher perseguiu o carro, que se libertou do animal e fugiu do local deixando-o gravemente ferido.

O Sparky teve de ser levado de urgência para o hospital veterinário da Universidade de Trás-os-Montes, onde está a ser tratado. Claro que tudo isto está a ter custos, e, por isso, foi criada uma página no Facebook para que todos possamos ajudar o Sparky. Se quiserem segui-la podem ir aqui, mas aviso já que as imagens são chocantes. Está lá toda esta triste história que terá ocorrido anteontem.

Estão lá os contactos da Ana Beatriz Loureiro, que está a ajudar o cão, e que o tentará salvar desta atrocidade. Para quem não tem Facebook, deixo-os aqui.

anabeatrizloureiro@iol.pt (917 188 836)

Se quiserem fazer algum donativo, de €1 que seja, pode usar o NIB 0018 0003 2299 1210 0203 5

1 Comentário

  1. Muito obrigada por esta divulgação, Arrumadinho. É realmente urgente alterar o estatuto jurídico dos animais, vistos como coisas no código civil. A esse propósito, há um movimento p alterar esse estatuto no portal do governo, que é liderado pelo Prof. Paulo Borges (PAN). Se pudesses divulgá-lo, seria uma ajuda inestimável p todos os seres sencientes q sofrem estas e outras atrocidades. Obrigada e um abraço. Link do movimento: http://www.portugal.gov.pt/pt/o-meu-movimento/ver-movimentos.aspx?m=1356

  2. Custa-me muito verificar que apenas e só por causa de uma simples entrevista que não correu bem à Senhora Bonet é que as pessoas se insurjam! Mas será que nunca se questionaram antes sobre a existência de um Banco Alimentar que dura há mais de 20 anos em Portugal?! É aqui que reside o problema principal, sobretudo quando faz campanhas de recolha em que se pede à classe média que vá comprar aos hipermercados dos 2 maiores grupos económicos deste país para dar aos pobres!Será que nunca ninguém pensou nisto antes?!! Que sociedade hipócrita é a nossa?! E ainda tem a lata de vir à televisão com aquelas declarações idiotas que nem a Dra. Ferreira Leite, cujo perfil toda a gente conhece, teve palavras para dialogar com ela! Uma coisa é a mudança dos nossos hábitos de vida que estavam altos, sim mas isso é uma situação pessoal que diz respeito a cada um de nós, quaisquer que sejam as circunstâncias do país! Não é possível gastarmos mais do que ganhamos! Sobre isso nem há discussão! Outra coisa é que a estratégia do país passe por empobrecer as pessoas, retirando-lhes todas as oportunidades de serem felizes e de terem acesso a uma qualidade de vida que inclua a boa educação, a cultura, tratamentos de saúde, lazer e muito importante Trabalho!!! isto não é um problema de Esquerda ou Direita é um problema da Sociedade! É um problema do Futuro em que todos temos de "remar" para o mesmo lado e deixar de lado os nossos valores de ganância e de elites idiotas mas poderosas! O que eu não quero é alimentar associações que existem para se dedicar à caridadezinha e que tem líders que sobrevivam anos a fio à custa dos pobres ao invés de contribuirem na criação de uma sociedade que os ajude a ganhar a sua dignidade humana e sejam autónomos e já agora .. felizes! As pessoas têm de acordar mais cedo para as verdadeiras questões, devem ler e informar-se diariamente para não ficarem atónitas quando alguém as decepciona! A sociedade portuguesa tem de evoluir rapidamente senão não tem hipóteses ou então sim, só lhe resta emigrar porque por este caminhar, o país não vai sobreviver uma vez que só cá ficarão aqueles que apoiam esta sociedade hipócrita e que, com desdém, criticam aqueles que com algum bom senso têm uma visão mais alargada sobre a evolução sócio-económica que o país deveria seguir!

  3. Penso que onde esta onda de indignação quer também chegar é mesmo isto: http://www.ionline.pt/opiniao/perigosas-omissoes-isabel-jonet

    "Jonet não falou de pobres, mas de “uma determinada camada da população que tinha previsto viver bem”, aquela classe média que agora tomba de novo para uma pobreza remediada. Falou como se tal aspiração universal fosse estúpida perante todos os incentivos que o Estado, os bancos e a Europa ofereciam."

    Penso também que a senhora se esqueceu de que a instituição a que preside depende essencialmente da solidariedade da faixa da "população que tinha previsto viver bem"…é insultuoso para mim que todos os anos ia para o armazém do banco ajudar aqueles que precisam mais do que eu…e descubro agora que no nosso país não há miséria…há burrice e erro de cálculo…não me parece nada bem que a pessoa que dá a cara pelos necessitados seja a primeira a apontar-lhes o dedo…

    Escrevemos no nosso blog a nossa opinião…
    http://thatsthe-way.blogspot.pt/2012/11/o-outro-lado-da-solidariedade.html

  4. Nem sei o que escrever.
    Peço desculpa ao Sparky em nome da minha espécie pela maldade sem nome nem perdão que lhe fizerem seres que é suposto serem da mesma espécie que a minha! Mas não são.
    Peço desculpa aos mais sensíveis, mas desejo tudo de mal a quem faz mal a animais indefesos! Que a vida seja do mais difícil e duro possível. Um verdadeiro inferno.
    E sim, já há muito que sei donde vêm os caizinhos das lojas dos animais (e gatinhos). Tenho dois gatos e são adoptados! Não compro animais de raça. Só adopto, com ou sem raça. Não haverá dinheiro envolvido nos meus novos amigos para a vida.
    Beijos

  5. É lamentável a falta de humanidade hoje em dia, no mínimo era fazer o mesmo à pessoa… desconheço a nossa a legislação em relação a maus-tratos com animais, mas esta pessoa não pode ser só multada, a justiça tem de ser exemplar!!

  6. Eu queria também saber quem é que fez uma merda dessas!
    Eu própria ia a Vila Real partir-lhe a cara e as pernas!

    Já contribui. Com pouco, mas é uma ajuda!

    As melhoras rápidas para ele, e que haja alguém que lhe possa dar muitos mimos e condições que ele tanto precisa!!!

  7. De facto é triste, revoltante, repugnante… Enfim. O que resta é que há quem queira fazer o bem e ajudar. Seja de que forma for.

    Por falar nisso, enviámos há dias um email a pedir ajuda na divulgação de um campanha de recolha de alimentos, recebeste?

    Obrigada!

  8. Cada vez que tenho conhecimento deste tipo de situações, fico horrorizada. As pessoas que cometem tais actos de violência em animais indefesos metem-me nojo.
    É triste, muito triste. Vou tentar ajudar o Sparky à minha maneira.
    Obrigada por te preocupares e por denunciares este tipo de atitudes cruéis. Temos de mudar mentalidades em Portugal. Pronto, fiquei a chorar, de tristeza pelo Sparky e de raiva pelos homens que cometem estes actos bárbaros. Beijinhos ao Manolo :), Esse pelo menos é bem feliz.

  9. É em casos como este que sou a favor da Lei do Aborto. Era menos um c… neste mundo, a não fazer falta nenhuma. Devia haver uma página do facebook a incitar ao linchamento desse(s) fulano(s). e é por estas e por outras que também não acredito em deus. Gostava de o poder ajudar muito financeiramente. Infelizmente não posso. Mas vou fazer uma pequenina transferência. Se todos contribuirem um pouquito o resultado será grande. De qualquer forma, fica a minha indignação aqui registada.

  10. Sei que a violência nunca tem justificação, mas os autores disto justificam toda e qualquer atitude contra eles.
    Sou de Vila Real e ajudei o Sparky e espero que todos os ajudem, estejam onde estiverem, sejam de onde forem. Ajudem este Sparky e todos os outros.
    Um bem haja para ti, Arrumadinho, por reservares um pouco do teu espaço para o cão que está a emocionar o país.

  11. E aqui está a Carry, como podem ver num estado bem pior que o Sparky, tb ela arrastada por um carro e tb ela a precisar de ajuda. Já foi amputada ….há tb uma conta a pagar. Já que estamos na onda porque não ajudar tb esta menina certo? Ainda há-des ser mto feliz minha princesa!

    http://www.liveloveandcare.org/blog/2012/11/cary-ferida-e-em-sofrimento-por-ter-sido-arrastada-por-um-carro/

    Manuela

  12. Nunca liguei nenhuma a cães, até que o ano passado não resisti a um Sharpei, e de facto a pessoa cria apego a um animal,é um novo elemento da família. Apesar de ser um animal e por isso não devem ter qualquer tipo de punição, preocupa-me pensar que andam por aí pessoas á solta com coragem para cometer um acto destes por pura diversão.

  13. Pois é arrumadinho. Tanto cão abandonado e por adoptar nos canis e há pessoas a gostar um dinheirão a comprar a raça X e a Y. Enfim…

  14. Devo dizer que sou da opinião que crimes deste tipo deviam ser julgados como crimes contra seres humanos.
    Sinceramente não vejo diferenças.
    Quem faz este tipo de coisas a animais devia apanha penas muito severas. Alias devo dizer que pessoalmente acho que maltratar dessa forma um cão é o mesmo que maltratar um bebe/criança. Estamos a falar de seres que não têm as mesmas armas de defesa que os seres humanos.
    Deixo a pergunta : porque razão este tipo de pessoas não "brincam" sozinhos e sem armas um cão de combate com 50 quilos (e.g. Rotweiler etc) ? São uns covardes.

    Mas por outro lado também podemos questionar a razão pela qual ainda se permite as touradas ?
    E quando falo de tourada estou-me e referir especialmente à parte a cavalo e aos ferros que espetam nos touros.
    Pelo menos os forcados são mais menos "honestos". Enfrentam o animal de frente sem armas e sem o ferir.

    Pedro
    Holanda

  15. Há animais que têm de sofrer bastante para terem uma vida feliz. Isto porque mtas das vezes só são resgatados em situações extremas e quando o são. Eu sei bem do que falo por experiencia própria. Passo mtas horas da minha vida c/ esta causa … o sofrimento dos animais! São patas partidas, olhos ao dependuro. A semana passada um completamente sem pêlo que ainda nem sequer dá para ver a cor que tem, animais acorrentados que vamos falar c/ os donos e tentar ao menos que nos deixam por uma casota para o frio e a chuva etc etc etc. É por isso que quem vive todos os dias c/ isto fica assim, e desculpe, um pouco revoltada c/ o facto das pessoas comprarem cães. Há tantos, mas tantos a sofrer e que tanto precisam de uma casinha. Para além do facto de ao comprar cães estar a "alimentar" criadores que fazem as cadelas parir ano atrás de ano, mtas em hotel sem amor e carinho só para que ganhem $ c/ isto. E enquanto as pessoas comprarem heverão sempre grupos organizados, incluindo ciganos, que por ai andam a roubar os vossos animais para os venderem ou para os porem em coelheiras que mal de pé conseguem estar para fazerem criação. E esta gente ganha $ á custa destes indefesos e nem pagam impostos e tudo o resto que n´so pagamos pela sua actividade. Dinheiro fácil mto fácil. Mtos são "abatidos" á nascença pelos criadores. Sim é exatamente isso que estão a ler. Se numa ninhada de labradores nascer um beje c/ uma pinta preta em qualquer sitio do corpo tem morte certa pois labrador que é labrador não pode ter pinta alguma sabiam disto? Isto se passa c/ todas as outras raças que são vendidas. A sociedade ainda não está alertada para este facto, mas o que é certo é que quem está ligado a esta causa sabe. Então na zona sul são roubados todos os dias imensos cães de raça. Mtos são levados para Espanha.
    Uma amiga minha comprou uma cadela que estava em hotel simplesmente pelo sofrimento da mesma. Foi uma vida inteira ali sozinha a parir, e o dono não a queria vender pois ainda "dava outra ninhada" e ela super debilitada ….enfim é a dura e triste realidade que mtos de vós nem imaginam sequer, não fazem a minima ideia de qtos Sparky's há por ai ….
    Tenho 3, e tenho mta experiencia c/ animais, mta mesmo. Um animal adulto, um animal que sofreu, será sempre o nosso melhor amigo. O verdadeiro e fiel companheiro que só nos quer agradar. Inclusivé demoram não mais de 3 dias a perceber onde fazer os xixis e cócós ……..pena que mta gente não tenha esta consciencia.
    Pena que as pessoas sejam egoistas e só olhem para o seu umbigo. Como conseguem passar por um animal que nem se mexe, em agonia e seguir? Eu não consigo …
    Sorry foi um desabafo, mas é a realidade! Manuela

  16. O que li já me deixou a chorar e muito triste… Nem consigo ir ao facebook.
    Infelizmente em Portugal não adianta sequer ir fazer queixa. Só espero que esses seres não humanos recebam em dobro o que fizeram ao Sparky… 🙁
    Obrigado por partilhares esta história.

  17. Eu nem sei o que dizer, estou profundamente chocada, revoltada e com vergonha de pertencer à uma espécie que não respeita o valor supremo da Vida! Quanta barbaridade!!
    Vou contribuir com pouquinho, mas muitos poucos podem fazer muito.

  18. Histórias como esta revoltam-me e muito.
    Que mundo é este em que vivemos?

    Magoar um animal por gozo? Parvalhões.
    A sério, pessoas assim deviam ficar sem um braço ou uma perna, ou pior.
    E não me venham com moralismos. Pessoas crueis merecem castigos crueis.

    Tenho 6 cães e muitos outros animais, tive a felicidade de nascer e viver numa quinta e respeito muito os animais. Por isso estas histórias revoltam-me mesmo.

    Cada vez mais me convenço que os animais são muito melhores do que as pessoas.
    E o Arrumadinho que agora tem o Manolo, vai ver (se é que já não viu) que o Manolo é melhor que muita gentinha que aí anda.

  19. Subscrevo e ainda digo mais, existe uma petição que está a ser feita, que o site se pode encontrar nessa página do facebook e que podem assinar para que algo seja feito para proteger verdadeiramente os animais do nosso país!

    Desculpa a intromissão!

  20. Não tenho coragem de ir à página do facebook… simplesmente porque imagino o tipo de imagens e acho que não aguento!! É um tópico demasiado sensível para mim.
    Mas nem preciso de ver imagens… só quero ajudar. Bem haja a quem ama e respeita os animais e age para ajudar. Bem haja à ana Beatriz.

  21. Olá Arrumadinho!
    Ainda há dias li a reportagem na Sábado que descrevia actos bárbaros de pessoas para com os seus animais de estimação, em especial, cães e gatos.
    Ao ver estas fotografias do Sparky relembrei essa reportagem e, sem dar conta, caíram-me lágrimas, pelo que li e por estas imagens… É absolutamente hediondo ver o que determinadas pessoas são capazes de fazer a um bicho sem defesa. Leva-me a questionar o que farão aos seus pares… A criminalização destes actos impõe-se!

  22. Sparky é o nome da minha gatinha! Espero mesmo que ele recupere. Tenho quatro gatos e todos foram vitimas ou de maus tratos ou abandono. Sei o quanto esses animais podem agradecer o nosso amor.

  23. Sou aluna de Medicina Veterinária da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Tive a oportunidade de visitar o Sparky e vi o estado em que o deixaram. É ultrajante como seres humanos, supostamente racionais, conseguem fazer uma coisa destas a um animal indefeso por puro gozo!
    Infelizmente se o Sparky fosse uma pessoa quem lhe fez isto receberia mais do que uma simples notificação da psp (se é que recebeu alguma…), mas como é um animal e vive em Portugal a possibilidade de estes criminosos virem a ser julgados é nula.

    Obrigada Por ajudares a divulgar este caso 🙂
    As melhores sortes com o Manolo.

    Cumps!
    Alu

  24. Que nojo de pessoa é que faz uma coisa dessas? Infelizmente, volta e meia ouvem-se histórias horríveis como esta.

    Não posso contribuir com muito, mas vou contribuir.

    le-laissez-faire.blogspot.pt

DEIXE UMA RESPOSTA